Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3845
Tipo do documento: Dissertação
Title: A violência infantil e seus reflexos no processo de aprendizagem na Comarca de Marechal Cândido Rondon - PR
Other Titles: Children's violence and its reflections on the learning process in Marechal Cândido Rondon - PR
Autor: Peres, Katiucia de Oliveira 
Primeiro orientador: Santos, José Carlos dos
Primeiro membro da banca: Santos, José Carlos dos
Segundo membro da banca: Silva, João Carlos da
Terceiro membro da banca: Luft, Hedi Maria
Resumo: A aprendizagem pode ser prejudicada devido a vários problemas, que direta e/ou indiretamente, afetam a concentração e aquisição dos conhecimentos, principalmente quando advém de uma violência sofrida. O estudo teve como objetivo buscar junto a Vara da Infância e Juventude da Comarca de Marechal Cândido Rondon, índices de crianças vítimas de violência e realizar um levantamento, se esta violação de direitos era uma das causas de dificuldade de aprendizagem. Caracterizou-se como do tipo descritivo. A população foi composta pelas crianças da faixa etária de 04 a 12 anos, ligadas as Secretarias Municipais de Educação - SMED, perfazendo um total de 157 crianças que apresentavam dificuldades de aprendizagem. A amostra foi composta por 135 crianças ligadas aos CREAS - Centro de Referência Especializado de Assistência Social, por apresentarem comportamentos indevidos causados por condições de violência sofridas no período de 2014 a 2016. Os instrumentos para coleta de dados foram processos que correram em segredo de justiça, através de autorização judicial e fichas de acompanhamento fornecidas pelo CREAS e SMED. As análises foram realizadas através de uma abordagem quanti-qualitativa e fenomenológica. Os resultados obtidos foram que 71% das crianças atendidas pelo CREAS apresentavam dificuldades de aprendizagem e, em dois municípios da Comarca, pelos três anos do estudo, este percentual chegou a 100% e no ano de 2016 todas as crianças dos municípios que sofreram violência apresentaram problemas de aprendizagem. Detectou-se que em algumas escolas, somente ocorria a transferência de informações e as crianças que apresentavam problemas, tanto comportamentais como de dificuldade de aprendizagem, eram deixadas de lado, excluídas, estigmatizadas, rotuladas. O município 6 foi o que apresentou o maior índice de violência contra as crianças. As principais violências apresentadas foram Agressão Física, Violência Sexual, Negligências, Violência Psicológica, Bullying, Abandono e Violência Moral. Dentre estas a que mais se destacou foi à Violência Sexual. Vitimas apresentavam comportamentos de fobias, pânico, isolamento, sentimentos de estigmação, ansiedade, dificuldades de concentração e de relacionamento, utilizando tratamentos psicológicos e médicos com receituários. Podemos de forma conclusiva afirmar que as violências sofridas pelas crianças, interferem diretamente na aprendizagem, prejudicando na concentração e bem estar da criança na sala de aula, mas devido aos órgãos de proteção, estão ocorrendo mudanças altamente significativas nos municípios, os casos vistos estão sendo devidamente acompanhados e através do apoio e incentivo das Secretarias Municipais de Educação, estão sendo desenvolvidas ações junto as escolas no sentido de prevenção e respeito a este abominável crime que é a violência infantil.
Abstract: Learning can be hampered due to several problems, which directly and / or indirectly affect the concentration and acquisition of knowledge, especially when it comes from suffered violence. The objective of this study was to search the Child and Youth Court of the District of Marechal Cândido Rondon, indexes of children victims of violence and to conduct a survey, if this violation of rights was one of the causes of learning difficulties. It was characterized as of the descriptive type. The population was composed of children aged between 4 and 12 years, linked to the Secretariats of Education (SMED), making a total of 157 children who had learning difficulties. The sample consisted of 135 children linked to the CREAS - Specialized Reference Center for Social Assistance, for presenting undue behaviors caused by conditions of violence suffered in the period from 2014 to 2016. The instruments for data collection were processes that ran in secrecy of justice , through judicial authorization and accompanying forms provided by CREAS and SMED. Analyzes were performed using a qualitative quantitative approach. The results obtained were that 71% of the children attended by CREAS presented learning difficulties and in the two municipalities of the Comarca for the three years of the study, this percentage reached 100% and in 2016 all the children in the municipalities that suffered violence presented learning problems. It was found that in some schools, only information transfer occurred and children with problems, both behavioral and learning difficulties, were left out, excluded, stigmatized, labeled. Municipality 6 was the one that presented the highest rate of violence against children. The main violence presented were Physical Aggression, Sexual Violence, Neglect, Psychological Violence, Bullying, Abandonment and Moral Violence. Among the most prominent was Sexual Violence. Victims had behaviors of phobias, panic, isolation, feelings of stigma, anxiety, difficulties of concentration and relationship, using psychological and medical treatments with prescriptions. We can conclusively affirm that the violence suffered by children directly interferes with learning, impairing the concentration and well-being of the child in the classroom, but due to the protection organs, there are significant changes in the municipalities, the cases are being seen duly accompanied and through the support and encouragement of the Secretariats of Education, actions are being developed together with the schools, with capacitations of new pedagogical actions in this environment and carrying out activities with the society in the sense of prevention and respect to this abominable crime that is the infantile violence .
Keywords: Maus tratos
Educação
Família
Estigmação
Afetividade
Maltreatment
Education
Family
Stigma
Affectivity
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Comunicação e Artes
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Campun: Cascavel
Citation: PERES, Katiucia de Oliveira. A violência infantil e seus reflexos no processo de aprendizagem na Comarca de Marechal Cândido Rondon - PR. 2018. 131 f. Dissertação (Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3845
Issue Date: 16-Mar-2018
Appears in Collections:Mestrado em Educação(CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Katiucia_Peres2018.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons