Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3603
Tipo do documento: Dissertação
Title: O processo de trabalho dos avicultores parceiros da Sadia S.A: controles, mediações e autonomia
Autor: Zen, Rosane Toebe 
Primeiro orientador: Cêa, Georgia Sobreira dos Santos
Primeiro membro da banca: Murofuse, Neide Tiemi
Segundo membro da banca: Viriato, Edaguimar Orquizas
Resumo: Esta pesquisa foi originalmente concebida para compreender a formação para o trabalho dos avicultores, sujeitos responsáveis pela produção da matéria-prima frango para a indústria avícola. A partir da constatação de que o aprendizado da atividade acontece no exercício do trabalho, dispensando a capacitação formal para o trabalho, a pesquisa foi redimensionada, e o “processo de trabalho dos avicultores” assumiu a centralidade da investigação. A realização da pesquisa contou com a utilização de fontes primárias e secundárias, sendo que as primeiras consistiram na aplicação de questionários, visitas às propriedades e análise de documentos solicitados aos avicultores. As fontes secundárias foram levantadas por meio de pesquisa bibliográfica. O estudo revela que as marcas do capitalismo contemporâneo se fazem presentes na avicultura industrial: eminente participação política e econômica do Estado no desenvolvimento do setor; reestruturação produtiva; e heterogeneidade na composição do trabalhador coletivo no processo de produção. De forma genérica, este estudo identificou os limites e possibilidades dos avicultores exercerem o controle sobre o processo de trabalho que realizam. Indústria e avicultores estabelecem uma relação na qual a primeira exerce forte controle sobre estes. O controle se faz mediante a assistência técnica, o preenchimento de formulários e de informações que são prestadas à indústria por meio de telefonemas. Ainda que o controle da agroindústria sobre todo o processo de produção seja preponderante, existem situações em que tal controle lhe escapa, pois entre as orientações e cobranças da empresa e o agir cotidiano dos avicultores estão situados os espaços de mediação, que são explorados pelos avicultores para, em momentos propícios, atuar autonomamente no processo de produção. Ainda que exerçam alguma autonomia, esta se faz com o objetivo de alcançar melhores resultados produtivos, que incidem diretamente sobre sua renda. Sendo assim, o ganho do capital industrial sobre o trabalho dos avicultores acontece mesmo nos espaços de autonomia que estes sujeitos conquistam no processo produtivo. Este estudo revela que os avicultores, embora problematizem o controle a que se submetem, não reivindicam maior autonomia no processo de trabalho: em essência, suas disputas com a indústria giram em torno da busca por maiores retornos econômicos na atividade.
Abstract: This research was originally designed to understand the training for the work of poultry farmers, subject responsible for the production of raw chicken in the poultry industry. Upon finding that the learning activity is the pursuit of work, with the formal training for work, the search was scaled, and the “work process of the poultry assumed the centrality of research”. The completion of the research involved the use of primary and secondary sources, and the first consisted in the application of questionnaires, visits to the properties and analysis of documents requested to poultry farmers. The secondary sources were raised by means of literature search. The study shows that the marks of contemporary capitalism are present in the poultry industry: an eminent political participation and economic development in the state sector, production restructuring and heterogeneity in the composition of the collective worker in the production process. In general, this study identified the limits and possibilities of the poultry farmers to exercise control over the process of their work. Poultry industry and poultry farmers establish a relationship in which the first exerts strong control over them. The control is through technical assistance, the completion of forms and information are provided to industry through phone calls. Although the control of agribusiness over the entire production process is paramount, there are situations where such control eludes him, because between the guidelines and charges of the company and the daily act of poultry farmers are in the areas of mediation, which are operated by poultry farmers to in opportunity, act independently in the production process. While exercising some autonomy, it is aiming to achieve better production results, which focus directly on their income. Thus, the gain of the industrial capital on the work of poultry farmers case even in the spaces of autonomy that these subjects earn in the production process. This study shows that the poultry farmers, while the control question as subject, not demanding more autonomy in the workplace: in essence, their disputes with the industry revolve around the search for greater returns in economic activity.
Keywords: Avicultura
Avicultores
Processo de trabalho
Formação
Poultry
Poultry farmers
Formation
Work process
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Comunicação e Artes
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Campun: Cascavel
Citation: ZEN, Rosane Toebe. O processo de trabalho dos avicultores parceiros da Sadia S.A: controles, mediações e autonomia. 2009. 124 f . Dissertação( Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3603
Issue Date: 12-Mar-2009
Appears in Collections:Mestrado em Educação(CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rosane Toebe Zen.pdf28.93 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons