Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3384
Tipo do documento: Dissertação
Title: Uma análise das políticas educacionais para as pessoas com deficiência visual no Estado do Paraná
Other Titles: An analysis of educational policies for people with visual impairment in the State of Paraná
Autor: Zanetti, Patricia da Silva 
Primeiro orientador: Zanardini, Isaura Monica Souza
Segundo orientador: Tureck, Lúcia Terezinha Zanato
Primeiro membro da banca: Duarte, Newton
Segundo membro da banca: Iacono, Jane Peruzo
Resumo: A educação de pessoas com deficiência visual apresenta uma concepção de deficiência que parte da visão mística e biológica ingênua, assim, o extermínio ou abandono, institucionalização, integração e inclusão são as práticas que têm sido adotadas na educação deste segmento social. Isto pôde ser verificado no estudo histórico de como as pessoas cegas e com baixa visão foram tratadas e educadas nas sociedades primitivas e nos modos de produção escravista, feudal e capitalista, que compõem a parte inicial desta pesquisa. Contudo, a perspectiva sócio-psicológica, que tem como seu principal expoente Lev Semenovitch Vigotski (1896-1934), nos apresenta aspectos sobre a pessoa com deficiência que superam as visões deterministas até então preponderantes nesse campo de estudo. A referida teoria entende que junto com o defeito estão dadas as possibilidades para a sua superação que ocorre através de uma reorganização psíquica que permite o desenvolvimento distinto dos órgãos dos sentidos remanescentes, levando a um processo denominado de supercompensação. Objetiva-se com a presente investigação compreender como o Estado do Paraná efetivou e efetiva a educação para pessoas com deficiência visual, contudo para isso é preciso que nos situemos em que perspectiva de educação desejaríamos encontrar essas políticas, assim se faz necessário também compreender quais os princípios que orientam a concepção de educação. Desta forma, apresenta-se a pedagogia histórico-crítica como a teoria pedagógica que oferece a possibilidade de que a aprendizagem possa levar ao desenvolvimento integral destes alunos. Nesta perspectiva, apresenta-se como ocorreu a educação de pessoas com deficiência visual no Brasil e no Paraná e, de forma mais específica, como essa tem ocorrido a partir da década de 1980 do século XX nesse Estado. A opção por esse período decorre do fato de ser nesse momento histórico que, de forma mais efetiva, o Estado do Paraná ofereceu um atendimento às pessoas com deficiência visual no contratuno, embora ainda pautado no paradigma de integração, superado como política apenas a partir do ano de 2000, a partir do paradigma de inclusão. Assim, através de uma revisão bibliográfica e documental apresenta-se e analisa-se os seguintes documentos: na década de 1980, a Deliberação n.º 004/83 - CEE e a Deliberação n.º 020/86 - CEE; na década de 1990, o documento Fundamentos Teórico-Metodológicos para a Educação Especial, de 1994; na década de 2000, a Deliberação n.º 02/03 - CEE e o documento Diretrizes Curriculares da Educação Especial para a Construção de Currículos Inclusivos da SEED, de 2006. Constata-se o quanto a política para a educação de pessoas com deficiência visual se mantém no campo da conservação das velhas práticas assistencialistas, segregativas e filantrópicas, dificultando o processo de supercompensação.
Abstract: The education of visually impaired people presents a conception of deficiency that starts from the naive biological and mystical vision, thus extermination or abandonment, institutionalization, integration and inclusion are the practices that have been adopted in the education of this social segment. This can be seen in the historical study of how blind and low-vision people were treated and educated in primitive societies and in the modes of slave, feudal, and capitalist production that make up the initial part of this research. However, the sociopolitical perspective, whose main exponent, Lev Semenovitch Vygotsky (1896-1934), presents us with aspects about the person with a disability that surpass the determinist visions hitherto preponderant in this field of study. The said theory understands that together with the defect are given the possibilities for its overcoming that occurs through a psychic reorganization that allows the distinct development of the remaining sense organs, leading to a process called supercompensation. The objective of this research is to understand how the State of Paraná has made effective and effective education for people with visual impairment. However, we must place ourselves in the perspective of education that we would like to find in these policies. Principles that guide the conception of education. In this way, historical-critical pedagogy is presented as the pedagogical theory that offers the possibility that the learning can lead to the integral development of these students. In this perspective, it is presented how the education of persons with visual impairment occurred in Brazil and Paraná and, more specifically, how this has occurred since the 1980s of the 20th century in this State. The option for this period is due to the fact that it is in this historical moment that the State of Paraná offered a service to people with visual impairment in the contract, although still based on the integration paradigm, surpassed as a policy only from the year of 2000, from the inclusion paradigm. Thus, through a bibliographical and documentary review, the following documents are presented and analyzed: in the 1980s, Deliberation No. 004/83 - EEC and Deliberation No. 020/86 - EEC; In the 1990s, the document Theoretical-Methodological Foundations for Special Education, 1994; In the 2000s, Deliberation No. 02/03 - CEE and the document Curricular Guidelines of the Special Education for the Construction of Inclusive Curricula of SEED, of 2006. It can be observed that the policy for the education of people with visual impairment remains in the field of conservation of the old welfare practices, segregativas and philanthropic, difficult the process of overcompensation.
Keywords: Política educacional
Pessoa com deficiência visual
Estado do Paraná.
Educational policy
Visually impaired person
State of Parana
CNPq areas: CIENCIA POLITICA::ESTADO E GOVERNO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Comunicação e Artes
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Campun: Cascavel
Citation: ZANETTI, Patricia da Silva. Uma análise das políticas educacionais para as pessoas com deficiência visual no Estado do Paraná. 2017. 258 f. Dissertação (Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3384
Issue Date: 29-Mar-2017
Appears in Collections:Mestrado em Educação(CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Patricia_Zanetti2017.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons