Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/917
Tipo do documento: Dissertação
Title: Os desafios da política de educação para jovens e adultos: o analfabetismo e as medidas para ampliação da escolarização no município de Cascavel-PR (2006-2008)
Autor: Dolla, Margarete Chimiloski 
Primeiro orientador: Figueiredo, Ireni Marilene Zago
Resumo: Neste trabalho examinamos a forma de constituição e de organização da Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Estado do Paraná, a partir do início da década de 1970 até a atualidade, bem como a sua oferta no município de Cascavel, no período de 2006 a 2008. Tratamos, desse modo, da oferta dos Cursos de EJA do Ensino Fundamental Fase I (1ª a 4ª séries), de responsabilidade da rede pública municipal, e do Ensino Fundamental Fase II (5ª a 8ª séries) e Ensino Médio do Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos CEEBJA Professora Joaquina Mattos Branco, de responsabilidade da rede pública estadual. Retomamos, para tanto, os antecedentes históricos da EJA no Brasil, a partir dos movimentos do Entusiasmo pela Educação e do Otimismo Pedagógico . Neste retorno histórico, a década de 1990 foi fundamental para traçarmos as bases de nossa análise, uma vez que a EJA teve o direito formalizado em lei, como dever de oferta obrigatória pelo Estado brasileiro a partir da Constituição de 1988. Na década de 1990, portanto, foi possível constatar os compromissos assumidos com a modalidade de EJA nas Conferências Internacionais, Nacionais e Fóruns Estaduais de Educação, os quais foram decisivos para elaboração de políticas educacionais que resultaram em programas/projetos para enfrentar o quadro de analfabetismo no Brasil e no estado do Paraná contribuíram para fortalecer a implantação da proposta pedagógica presencial. Constatamos que, num período de aproximadamente três décadas, a legislação paranaense referente a oferta de EJA sofreu inúmeras alterações no que diz respeito à forma de atendimento (semipresencial para presencial), à carga horária e a idade exigida para o ingresso nos cursos e inscrição para os Exames Supletivos. Em relação aos dados da oferta de EJA no município de Cascavel podemos afirmar que os índices de não concluintes nos Cursos e as reprovações nos Exames Supletivos foram exorbitantes desmistificando, de certa forma, a suposta crença de que o ingresso na EJA, por meio dos Exames Supletivos, é um caminho fácil e rápido para a obtenção de certificação.
Abstract: In this study we examined how the formation and organization of Youth and Adults (EJA) in Paraná State, from early 1970 until the present, and its offer in Cascavel, in the period 2006 to 2008. We deal, thus the provision of adult education courses in Basic Education - Phase I (1st to 4th grades), the responsibility of the public health system, and elementary - Phase II (5th to 8th grades) and Secondary Education State Center Basic Education for Youths and Adults CEEBJA Teacher Joaquina Mattos Branco, the responsibility of the state public. Let us resume, for both the historical antecedents of adult education in Brazil, from the movements of the "Enthusiasm for Education" and "Teaching Optimism." In this historic return, the 1990s was fundamental for establishing the basis for our analysis, since the EJA had the right formalized into law, a duty of a mandatory bid for the Brazilian from the 1988 Constitution. In the 1990s, so it was possible to verify the commitments to the kind of adult education at the International Conferences, National and State Boards of Education, which were decisive for the elaboration of educational policies that led to programs / projects to meet the literacy framework in Brazil and the state of Paraná contributed to strengthen the implementation of pedagogical presence. We found that over a period of about three decades, the legislation Parana on the provision of adult education has undergone many changes with regard to the form of care (for face semi-distance), the workload and the age required for admission and enrollment in courses for Supplemental Examinations. Regarding the data in the supply of adult education in Cascavel we can say that the indices did not finish the courses and enrollment in Supplemental Examinations were exorbitant demystifying to some extent, the supposed belief that the ticket for adult education, through the Examinations Supplemental is a quick and easy route to obtain certification.
Keywords: Educação de Jovens e Adultos
Exclusão social
Políticas sociais
Social Exclusion
Adult / Young education
Education Politics
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Sociedade, Estado e Educação
Program: Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Educação
Citation: DOLLA, Margarete Chimiloski. Os desafios da política de educação para jovens e adultos: o analfabetismo e as medidas para ampliação da escolarização no município de Cascavel-PR (2006-2008). 2009. 174 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Estado e Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/917
Issue Date: 9-Dec-2009
Appears in Collections:Mestrado em Educação(CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Margarete Dolla.pdf2.27 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.