Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/881
Tipo do documento: Dissertação
Title: Do saber sábio ao saber ensinado: indicativos sobre a transposição didática do conceito evolução biológica
Autor: Servat, Alexandre 
Primeiro orientador: Meglhioratti, Fernanda Aparecida
Primeiro membro da banca: Andrade, Mariana Aparecida Bologna Soares de
Segundo membro da banca: Justina, Lourdes Aparecida Della
Terceiro membro da banca: Polinarski, Celso Aparecido
Resumo: A produção científica realizada nas múltiplas vertentes da ciência defronta-se com uma problemática significativa que é a seleção, a adaptação ou reformulação do conhecimento produzido pelos cientistas de modo a torná-lo acessível ao ensino. O conceito de evolução biológica foi selecionado para esta pesquisa por ser considerado um conceito unificador e estruturante do conhecimento biológico. Ao entender que o processo de transposição didática do conceito de evolução biológica tangencia substancialmente instâncias sociais, culturais e epistemológicas, adotamos o modelo KVP (Conhecimento (K), Valores (V) e Práticas Sociais (P) de transposição didática) para guiar a análise dos dados. Nesse contexto, o objetivo geral da pesquisa é investigar indicativos do processo de transposição didática do conceito de evolução biológica, desde os níveis de produção científica até os processos de ensino e aprendizagem da Educação Básica. Para tanto, o processo de execução nos levou a investigar sobre o conceito de evolução biológica presentes nos últimos cinco anos em duas revistas científicas brasileiras que discutem aspectos epistemológicos da biologia; a explicitar as pesquisas realizadas sobre evolução biológica em livros didáticos do Ensino Médio e as pesquisas realizadas sobre concepções de evolução biológica de professores de biologia (Ensino Superior e Médio) bem como aquelas sobre concepções de evolução biológica de alunos da Educação Básica sempre mediante a análise do banco de teses e dissertações da capes. Além disso, analisamos as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Ciências Biológicas, de modo a verificar se apresentam o conceito de evolução biológica como elemento unificador da biologia, e o papel que o conceito de evolução biológica assume nos Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio para, assim, identificarmos aproximações e distanciamentos do conhecimento científico sobre evolução biológica e os saberes construídos no contexto de sala de aula. O trabalho constituiu-se em uma pesquisa de Estado da Arte, realizada mediante a análise dos PCNEM, das Diretrizes Curriculares para os cursos de ciências biológicas, do banco de teses e dissertação da Capes e de revistas científicas que abordam aspectos epistemológicos da biologia. Os resultados de nossa pesquisa demonstram que a produção acadêmica do Saber Sábio (TDE), referente à evolução biológica, apresenta tanto de discussões referentes à construção da teoria sintética da evolução como elementos ix de períodos pré-síntese e pós-síntese. Quanto às discussões mais contemporâneas, que propõe a expansão da teoria sintética da evolução, tem-se apontamentos sobre a evo-devo, epigenética, plasticidade e acomodação fenotípica, construção de nicho, seleção multiníveis e exaptações. As discussões mais recentes propõem a superação da visão genecentrista e a exclusividade da seleção natural como fundamento explicativo para o processo evolutivo. Entretanto, a pesquisa indicou que há um período de demora da transposição didática relativamente grande entre as discussões ampliadas de conceitos como evolução, gene e epigenética e a inserção desses conceitos nos programas de ensino e nos manuais didáticos. Além disso, há limitações na apresentação da teoria sintética da evolução nos manuais didáticos e na prática de ensino dos docentes.
Abstract: The scientific production undertaken in multiple strands of science is faced with a significant problem that is the selection, adaptation or reformulation of the knowledge produced by scientists in order to make it accessible to teaching. The concept of biological evolution was selected for this study because it is considered a unifying concept and structuring of biological knowledge. By understanding the process of didactic transposition of the concept of biological evolution substantially tangent social, cultural and epistemological instances, we adopt the KVP model (Knowledge (K), values (V) and Social Practices (P) of didactic transposition) to guide the analysis data. In this context, the general objective of the research is to investigate indicative of the didactic transposition of the concept of biological evolution, since the levels of scientific production to the processes of teaching and learning process of basic education. To do so, the implementation process has led us to investigate the concept of biological evolution present in the last five years in two Brazilian scientific journals that discuss epistemological aspects of biology; clarify the research on biological evolution in textbooks of secondary education and research on conceptions of biological evolution of biology teachers (Higher and Secondary Education) as well as those on conceptions of biological evolution of Basic Education students - always by bank analysis of theses and dissertations of capes. Furthermore, we analyzed the National Curriculum Guidelines for courses in Biological Sciences, in order to verify that introduce the concept of biological evolution as a unifying element of biology, and the role that the concept of biological evolution assumes the National Curricular Parameters for High School to thus identify similarities and differences of scientific knowledge about biological evolution and knowledge built in the context of the classroom. The work consisted in a survey of state of the art, conducted by analysis of PCNEM, the Curriculum Guidelines for courses in biological sciences, dissertation and thesis database Capes and scientific journals that discuss epistemological aspects of biology. The results of our research show that the academic production of knowledge Wise (TDE), referring to biological evolution, presents both discussions regarding the construction of the synthetic theory of evolution as elements of pre-synthesis and post-synthesis. As for more contemporary discussions, proposing the expansion of the synthetic theory of evolution, it has notes about evo-devo, epigenetics, plasticity and phenotypic xi accommodation, niche construction, multilevel selection and exaptations. Recent discussions suggest overcoming the genecentrista vision and uniqueness of natural selection as an explanatory foundation for the evolutionary process. However, research indicated that there is a delay period of relatively large didactic transposition between the expanded discussions of concepts such as evolution, epigenetics and gene and inserting these concepts in school curricula and textbooks. In additio
Keywords: Evolução Biológica
Transposição Didática
Ensino de Biologia
Biological Evolution
Didactic Transposition
Teaching of Biology
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Sociedade, Estado e Educação
Program: Programa de Pós-Graduação stricto sensu em Educação
Citation: SERVAT, Alexandre. Do saber sábio ao saber ensinado: indicativos sobre a transposição didática do conceito evolução biológica. 2014. 147 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Estado e Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/881
Issue Date: 8-May-2014
Appears in Collections:Mestrado em Educação(CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
1ALEXANDRE SERVAT.pdf1.79 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.