Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5482
Tipo do documento: Dissertação
Title: Imidacloprido e fipronil em mel de Apis mellifera
Other Titles: Imidacloprid and fipronil in Apis mellifera honey
Autor: Rosa, Karine Medina 
Primeiro orientador: Sampaio, Silvio César
Primeiro membro da banca: Sampaio, Silvio César
Segundo membro da banca: Corrêa, Marcus Metri
Terceiro membro da banca: Reis, Ralpho Rinaldo dos
Resumo: Os defensivos agrícolas desempenham um papel importante na qualidade da colheita e proteção dos alimentos, proporcionando benefícios para o aumento da produção e redução de pragas. Porém, quando atingem além do alvo desejado, as consequências são danos causados aos ecossistemas. A contaminação das abelhas por defensivos ocorre durante a coleta de néctar e pólen através de visitas a flores contaminadas e partículas suspensas no ar. Por esse motivo, abelhas e seu principal produto, o mel, podem ser ferramentas de monitoramento ambiental. As abelhas encontram-se em processo de desaparecimento, em várias partes do mundo, o que deixa a segurança alimentar ameaçada. Por essa razão, foi estabelecido como objetivo deste trabalho extrair e quantificar os defensivos agrícolas imidacloprido e fipronil em méis orgânicos e convencionais, comercializados em supermercados e lojas de produtos naturais e comparar os resultados encontrados com os limites máximos de resíduos estabelecidos pela legislação. As amostras de mel foram analisadas no Laboratório de Análises Agroambientais da Unioeste, sendo quatro de mel orgânico e quatro convencional. A extração foi realizada utilizando cartuchos SPE C18 em um minifold. A eluição dos analitos foi realizada em TurboVap® LV. Os analitos foram ressuspendidos em metanol e transferidos para vials de cromatografia. A determinação de imidacloprido foi por HPLC e fipronil por CG-ECD. A fim de atestar a confiabilidade do método, foram estudados alguns parâmetros de validação: seletividade, linearidade, limites de detecção, limites de quantificação e recuperação. Os resultados encontrados nos parâmetros de validação foram satisfatórios. Três amostras apresentarm contaminação por imidacloprido, sendo duas amostras de mel orgânico e uma de mel convencional, com concentrações entre 0,45 µg mlˉ¹ a 4,55 µg mlˉ¹, já o fipronil foi detectado em sete das oito amostras, sendo três de mel orgânico e quatro de mel convencional, com concentrações entre 0,04 µg mlˉ¹ a 0,14 µg mlˉ¹, todas acima dos LMR determinado pela FAO e UE. O mel orgânico apresentou contaminação maior que o convencional. Por esse motivo, sugere-se que sejam implementadas mais pesquisas voltadas para a análise de alimentos orgânicos, a fim de garantir mais segurança aos consumidores que adquirem esses produtos. Por fim, recomenda-se às autoridades um trabalho de conscientização dos agricultores, alertando sobre o desaparecimento das abelhas em todo mundo e a importância delas para a atividade agrícola e orientar sobre a necessidade do bom senso durante a aplicação de defensivos.
Abstract: The utilization of agricultural pesticides plays an important role in the quality of the crop and food protection, providing benefits for increasing productivity and reducing pests. However, when they hit beyond the desired target, the consequences are damage caused to ecosystems. The contamination of bees by pesticides occurs during the collection of nectar and pollen through visits to contaminated flowers and airborne particles. For this reason, both the bees and honey, their main product, can be environmental monitoring tools. Bees are in the process of disappearing in various parts of the world, which results in the menace of food security. Therefore, it was established as the objective of this thesis the extraction and quantification of pesticides Imidacloprid and Fipronil in organic and conventional honeys, commercialized in supermarkets and health food shops, as well as the comparison of the results found with the maximum residue limits established by legislation. The honey samples were analyzed in the Laboratory of Agro-Environmental Analyses of the Western Paraná State University (Unioeste), with four of the samples being organic honey and the other four, conventional honey. Extraction was achieved by using SPE C18 cartridges in a minifold. Analyte elution was performed in TurboVap® LV. Analytes were resuspended in methanol and transferred to chromatography vials. The determination of imidacloprid was by HPLC and fipronil by CG-ECD. In order to attest the reliability of the method, some validation parameters were investigated: selectivity, linearity, detection limits, quantification and recovery limits. The results found in the validation parameters were satisfactory. Three samples were contaminated by imidacloprid, two of them being organic honey and one, conventional honey, with concentrations ranging from 0.45 µg ml-1to 4.55 µg ml-1, whereas fipronil was detected in seven of the eight samples, three of which were organic honey and four of conventional honey, with concentrations ranging from 0.04 µg ml-1 to 0.14 µg ml-1, all above the LMRs determined by FAO and EU. Organic honey showed greater contamination than the conventional one. For this reason, it is suggested that more research aimed at the analysis of organic foods be implemented, in order to ensure more safety for consumers who purchase these products. Ultimately, it is recommended that the authorities work to raise awareness among farmers, warning them about the disappearance of bees around the world and their importance for agricultural activity, as well as to provide guidance on the need for common sense when applying pesticides.
Keywords: Segurança alimentar
Apicultura
Neonicotinóide
Pirazol
Food security
Apiculture
Neonicotinoid
Pyrazole
CNPq areas: Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola
Campun: Cascavel
Citation: ROSA, Karine Medina. Imidacloprido e fipronil em mel de Apis mellifera. 2021. 80 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5482
Issue Date: 16-Jul-2021
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Karine_Rosa2021.pdf1.23 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons