Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5414
Tipo do documento: Tese
Title: O Enígma da Esfinge: a emergência do mito Ulisses na arte e no cinema sob a interface Junguiana
Other Titles: The Enigma of the Sphinx: the emergence of the Ulysses myth in art and cinema under the Jungian interface
Autor: Lopes, Adriana Goreti de Oliveira 
Primeiro orientador: Silva, Acir Dias da
Primeiro membro da banca: Silva, Acir Dias da
Segundo membro da banca: Sirino, Salete Paulina Machado
Terceiro membro da banca: Camargo, Hertz Wendel de
Quarto membro da banca: Schroeder, Tânia Maria Rechia
Quinto membro da banca: Alves, Lourdes Kaminski
Resumo: Esta tese tem por objetivo investigar a narrativa mítica presente em diversas artes como o cinema, a literatura e suas inter-relações com a interface da Psicologia Analítica, relacionando a jornada de Ulisses, das obras de Homero e James Joyce, com os pressupostos metodológicos da literatura comparada. O corpus da pesquisa é constituído pelo escopo teórico da obra de Homero, A Odisseia; os filmes E aí, meu irmão, cadê você?, dirigido pelos irmãos Joel e Ethan Coen em 2000; Brazil, o filme: do outro lado do sonho, de 1985 por Terry Giliam e O Lobo da Estepe, dirigido pelo americano Fred Haines, em 1974. Estes filmes são pertencentes ao gênero introvertido. O último filme analisado será Bloom: toda uma vida em um único dia. Uma adaptação da Obra Ulisses, de James Joyce, de 2003, representando o gênero extrovertido. A metodologia de análise de imagens de Aby Warburg (2015), denominada “iconografia”, permite demonstrar o ressurgimento da imagem, sua vida póstuma e a dialética entre mito e logos para exemplificar, no drama de Ulisses, a metáfora da condição humana retomando como um eco do passado, mas sempre trazendo o zeitgeist, sob uma nova textualidade. Assim, foi utilizado o corpo teórico da Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung (2011) e autores pós-Junguianos como Hillman (2011); mitólogos como Campbell (2007) e Kerényi (2015); a adaptação da Jornada do herói para o cinema de Vogler (2015) e de Canevacci (1990), correlacionando a linguagem desses campos com os pressupostos teórico-metodológicos da Literatura Comparada, considerando-se estudos de Nitrini (2000) e Coutinho (2003).
Abstract: This thesis has the objective to study the mythic narrative that is present in several arts, such as the movie, the literature and its connections with Analytical Psychology interfacing. It is about Ulysses’s journey, Homer’s and James Joyce’s work, the methodological assumption of the compared literature. The research is done by the theoretic objective of Homer ’s work, The Odyssey, the films o Brother, Where Art Thou? directed by the Brothers Joel and Ethan Coen in 2000. What is Brazil, in 1985, by Terry Giliam and Steppenwolf, directed by the American Fred Haines, in 1974. These movies belong to introverted genre. The last movie that will be analyzed is Bloom, all life in only one day. Ulysses’s Work adaptation, by James Joyce, in 2003, represented by the extroverted genre. Aby Warburg’s method image analyses (2015) called “iconographies” allows to show the image reappearance, his posthumous and dialectic life between myth and logo to illustrate the figure of the human condition going back to a past echo, through Ulysses drama, but Always bringing the zeitgeist, under a new textuality. As a result, it was used the theorycal body of Analytical Psychology of Carl Gustav Jung (2011) and Jungian authors as Hillman (2011), mythologist as Campbell (2007) and Kerényi (2015); the adaptation of the hero’s journey to the movie of Vogler (2015) and Canevacci (1990), the relation of this language to these bodies with the theorycal presupposition method of the Compared Literature, considering Nitrini and Coutinho’ s study (2003).
Keywords: Mito
Cinema
Psicologia Analítica
Arte e Literatura Comparada
Myth
Movie
Analytical Psychology
Arts and Compared Literature
CNPq areas: Letras
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Comunicação e Artes
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Campun: Cascavel
Citation: LOPES, Adriana Goreti de Oliveira. O Enígma da Esfinge: a emergência do mito Ulisses na arte e no cinema sob a interface Junguiana. 2020. 264 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5414
Issue Date: 24-Apr-2020
Appears in Collections:Doutorado em Letras (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriana_Lopes2020.pdf11.55 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons