Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5244
Tipo do documento: Dissertação
Title: Iniciação à ciência: uma análise de atividades investigativas com crianças
Other Titles: The initiation to science: an analysis of investigative activities with children
Autor: Vogt, Catherine Flor Geraldi 
Primeiro orientador: Cunha, Marcia Borin da
Primeiro membro da banca: Rezzadori, Cristiane Beatriz Dal Bosco
Segundo membro da banca: Strieder, Dulce Maria
Terceiro membro da banca: Ritter, Olga Maria Schimidt
Resumo: A iniciação à Ciência para as crianças deve propiciar atitudes que promovam a construção do conhecimento científico escolar, frente à exploração do mundo físico e químico. Em vista disso, buscamos desenvolver essa performance, apoiando nossa pesquisa em atividades investigativas, pois uma das possibilidades de fazer Ciência, na escola, é por meio da Experimentação. Os sujeitos são estudantes de oito e nove anos de idade, pertencentes a uma turma multisseriada de 3º e 4º ano de uma escola rural pública localizada no interior do município de Toledo/PR. Por meio de uma adaptação de atividades de Ciências em níveis progressivos de investigação, de autoria de Banchi e Bell (2008), as crianças tiveram a oportunidade de participar de uma sequência de atividades experimentais em quatro níveis de investigação. No Nível 1, as crianças receberam uma questão, o procedimento e a solução, de forma que foram orientadas num roteiro fechado. A proposta era que confirmassem quais métodos conservam os alimentos. Na atividade de Nível 2, as crianças receberam apenas uma questão e o procedimento, cuja proposta foi encontrar quais são os componentes do leite. No Nível 3, as crianças receberam apenas uma questão, sendo, portanto, uma proposta mais aberta, que foi a de elaborar uma receita de bolo e prepará-lo. No Nível 4 de investigação, as crianças receberam apenas um tema de pesquisa, devendo, assim, desenvolver um projeto (com uma questão, procedimento e solução) abordando o assunto “reutilização e/ou reciclagem de restos de alimentos”. Para cada atividade propusemos situações de ensino - Questão, Procedimento, Solução e Observação, metodologia que determina o quanto de informação o professor fornece ao estudante. Esse esforço objetivou investigar as contribuições dessas atividades para a iniciação científica escolar, sob a ótica de uma “grelha de indicadores” de autoria de Astolfi et al. (1998). Para a construção de dados utilizamos uma câmera de vídeo, transcrições das falas das crianças e registros fotográficos produzidos por elas. Para tanto disponibilizamos uma câmera fotográfica digital para que as crianças fizessem os registros. A partir de tais elementos, construímos narrativas para a análise. Como resultado, foi possível identificar a capacidade que as crianças demonstraram ao trabalhar nas atividades de investigação nos níveis 1, 2 e 3. Já no Nível 4, algumas delas apresentaram dificuldades de elaborar por conta própria uma investigação aberta. Optamos por esse tipo de abordagem por acreditar que as crianças se sentem confiantes dentro desse processo, o qual lhes permite desenvolver sua capacidade de iniciativa, de questionamento e de criação, o que leva à iniciação à ciência escolar.
Abstract: The initiation to Science for children should provide attitudes that promote the construction of school scientific knowledge, in view of the exploration of the physical and chemical world. In view of this, we seek to develop this performance, supporting our research in investigative activities, because one of the possibilities of doing Science, at school, is through - Experimentation. The subjects are students from eight to nine years old, belonging to a multi-grade class of 3rd and 4th year of a public rural school located in the interior of the city of Toledo / PR. Through an adaptation of science activities at progressive levels of investigation, authored by Banchi and Bell (2008), children had the opportunity to participate in a sequence of experimental activities at four levels of investigation. At Level 1, children receive a question, procedure and solution, so they are guided in a closed script. The proposal is to confirm which methods conserve food. In the Level 2 activity, children receive only one question and procedure, the purpose of which was to find out which components are present in the milk. At Level 3, children receive only one question, so the proposal is more open, to prepare a cake recipe and prepare it. At Level 4 of investigation, children receive only one research topic, so they must develop a project (with a question, procedure and solution) addressing the subject “reuse and / or recycling of food scraps” and present at a Food Fair. Sciences. For each activity, we propose teaching situations - Question, Procedure, Solution and Observation, which determines how much information the teacher provides to the student. This effort aimed to investigate the contributions of these activities to school scientific initiation, from the perspective of a “grid of indicators” by Astolfi et al. (1998). We made a digital photo camera available for the children to make records. For the construction of data, we used a video camera, transcriptions of the children's speeches and photographic records produced by them. From these elements, we build narratives for analysis. As a result, it was possible to identify the ability that children demonstrated to work in research activities at level 1, 2 and 3. At level 4, some of them had difficulties to develop an open investigation on their own. We chose this type of approach because we believe that children feel confident within this process and at the same time develop the capacity for initiative, questioning and creation that lead to school science initiation.
Keywords: Ensino de Ciências
Atividades experimentais
Níveis progressivos de investigação
Iniciação Científica
Crianças
Science teaching
Experimental activities
Progressive levels of research
Scientific research
Children
CNPq areas: Educação em Ciências e Educação Matemática
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Educação Matemática
Campun: Cascavel
Citation: VOGT, Catherine Flor Geraldi. Iniciação à ciência: uma análise de atividades investigativas com crianças. 2020. 191 f. Dissertação( Mestrado em Educação em Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5244
Issue Date: 9-Mar-2020
Appears in Collections:Mestrado em Educação em Ciências e Educação Matemática (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Catherine Flor Geraldi Vogt.pdf5.07 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons