Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5031
Tipo do documento: Dissertação
Title: As práticas avaliativas no processo de formação: Estudo sob o enfoque da Teoria Histórico-Cultural
Other Titles: Evaluative practices in the training process: study from the focus of historical-cultural theory
Autor: Santos, Gracielly Vieira dos 
Primeiro orientador: Silva, Sidnei Celerino da
Primeiro membro da banca: Silva, Sidnei Celerino da
Segundo membro da banca: Garcia, Elias
Terceiro membro da banca: Szymanski, Maria Lidia Sica
Quarto membro da banca: Tessaro Leonardo, Nilza Sanches
Resumo: Para refletir sobre as práticas avaliativas no processo de escolarização, o estudo teve como objetivo analisar as concepções e práticas avaliativas dos docentes e seus impactos na formação dos discentes do curso de ciências contábeis a luz da Teoria Histórico-Cultural, de Lev Vygotsky. Foram selecionados alunos do curso de Ciências Contábeis em estágio intermediário do curso (2.º, 3.º e 4.º ano) contando a participação de 68 respondentes do questionário originado do estudo de Berbel et l., (2001), e também contou com a participação de 13 professores entrevistados do colegiado de contabilidade de uma universidade estadual paranaense, considerando as concepções classificatórias e formativas da avaliação. Os dados coletados foram analisados com o auxílio dos softwares SPSS 21 e Atlas TI 7.0, por meio de análise de diferencial semântico e análise de conteúdo. Os dados encontrados apontam para a percepção dos discentes a respeito do impacto das avaliações em suas formações tanto no âmbito positivo quanto negativo. No que se refere a dimensão pedagógica da avaliação, os alunos assumiram que as avaliações tiveram impactos positivos nos seus processos de formação, quanto a dimensão emocional, os mesmos perceberam que os aspectos pertencentes a essa dimensão impactaram positiva e negativamente em suas formações e ao tratar da dimensão ética os discentes julgaram que os aspectos inerentes dessa dimensão impactaram negativamente nas suas formações. Quanto às concepções docentes referentes à avaliação, foi observada uma predominância da perspectiva classificatória da avaliação. As análises feitas nas respostas dos professores e dos alunos, por meio das categorias “contradição”, “totalidade” e “mediação”, oriundas da Teoria Histórico-Cultural de Lev Vygotsky, pudemos compreender como as práticas avaliativas impactaram/impactam na formação dos discentes do Curso de Ciências Contábeis. A primeira categoria, “contradição”, nos informa que o fenômeno “avaliação”, necessita movimentar-se para superar a barreira de instrumento classificatório e regulador e se transforme em elemento de alcance dos fatores emocionais e éticos. Para segunda categoria, “totalidade”, podemos destacar as marcas históricas impressas nas trajetórias de vida de seus professores interferem na maneira como eles os avaliam, seja limitando ou diversificando os instrumentos avaliativos. E por fim, a categoria “mediação”, nos informa que a diversificação dos instrumentos avaliativos proporciona maior interação com os alunos e reconhecendo que desenvolvimento se dá por meio da interação entre os sujeitos. Os achados da pesquisa expõem que há praticas avaliativas elaboradas pelos docentes que precisam ser repetidas; há aquelas que precisam ser modificadas; e há aquelas que precisam ser eliminadas em nome de uma formação discente direcionada para a constituição de um estudante mais satisfeito, que se entende mais preparado para a vida.
Abstract: To reflect on the evaluative practices in the schooling process, the study aimed to analyze the conceptions and evaluative practices of teachers and their impacts on the formation of students of the accounting science course in the light of Lev Vygotsky's Historical-Cultural Theory. We selected students from the Accounting course at an intermediate stage of the course (2nd, 3rd and 4th year) with the participation of 68 respondents from the questionnaire originated from the study by Berbel et l., (2001), and also It was attended by 13 teachers interviewed from the accounting board of a state university of Paraná, considering the classificatory and formative conceptions of the evaluation. The collected data were analyzed with the aid of SPSS 21 and Atlas TI 7.0 software, through semantic differential analysis and content analysis. The data found point to the perception of the students about the impact of evaluations on their formations in both positive and negative. Regarding the pedagogical dimension of the evaluation, students assumed that the evaluations had positive impacts on their training processes, regarding the emotional dimension, they realized that the aspects pertaining to this dimension had a positive and negative impact on their training and when dealing with the dimension. ethics students considered that the inherent aspects of this dimension had a negative impact on their training. Regarding the teaching conceptions related to the evaluation, a predominance of the classification perspective of the evaluation was observed. Analyzing the responses of teachers and students, through the categories “contradiction”, “totality” and “mediation”, derived from Lev Vygotsky's Historical-Cultural Theory, we can understand how the evaluative practices impacted on the formation of the students. students of the Accounting Science Course. The first category, "contradiction", informs us The phenomenon "evaluation" needs to move to overcome the barrier of classificatory and regulatory instrument and become an element of reach of emotional and ethical factors. For the second category, “totality” we can highlight the historical marks imprinted on their teachers' life trajectories interfere with the way they evaluate them, either by limiting or diversifying the evaluation instruments. Finally, the category “mediation” informs us that the diversification of assessment instruments provides greater interaction with students and recognizing that development occurs through interaction between subjects. The research findings show that there are evaluative practices developed by teachers that need to be repeated; there are those that need to be modified; and there are those that need to be eliminated in the name of student education directed toward the constitution of a more satisfied student who understands himself or herself more prepared for life.
Keywords: Avaliação da aprendizagem
Teoria Histórico-Cultural
Concepções avaliativas
Learning assessment
Historical-Cultural Theory
Evaluative conceptions
CNPq areas: Formação - teoria histórico-cultural...
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Program: Programa de Pós-Graduação em Contabilidade
Campun: Cascavel
Citation: SANTOS, Gracielly Vieira dos. As práticas avaliativas no processo de formação: estudo sob o enfoque da Teoria Histórico-Cultural. 2019. 131 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Contabilidade) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5031
Issue Date: 17-Dec-2019
Appears in Collections:Mestrado em Contabilidade (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Graciely_Santos2019.pdf1.16 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons