Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4385
Tipo do documento: Dissertação
Title: Avaliação da ação tripanocida e leishmanicida de extratos de Eugenia pyriformis
Other Titles: Evaluation of the trypanocidal and leishmanicidal action of extracts from Eugenia pyriformis
Autor: Souza, João Henrique de 
Primeiro orientador: Menolli , Rafael Andrade
Primeiro membro da banca: Menolli , Rafael Andrade
Segundo membro da banca: Gandra, Rinaldo Ferreira
Terceiro membro da banca: Jankevicius , Jose Vitor
Resumo: A doença de Chagas e a leishmaniose são doenças consideradas negligenciadas, presentes principalmente em países subdesenvolvidos e em desenvolvimento. A doença de Chagas, além de ser transmitida pelo inseto vetor, pode ocorrer também por meio de transfusão de sangue contaminado, que atinge cerca de 5 a 20% dos casos. Os fármacos mais frequentemente usados para o tratamento da tripanosomíase são os compostos nitroheterocíclicos Nifurtimox e Benznidazol, os quais causam toxicidade sistêmica e efeitos adversos. A leishmaniose é um grupo de doenças causadas por parasitas protozoários de mais de 20 espécies do gênero Leishmania, para as quais, historicamente, o tratamento tem sido baseado no uso de antimônios pentavalentes, para os quais há evidências de resistência no tratamento. Assim sendo, o desenvolvimento de estratégias terapêuticas alternativas para tratar a doença de Chagas e as leishmanioses tem se tornado de alta prioridade. Este estudo avaliou a ação leishmanicida e tripanocida, assim como a ação imunomodulatória em macrófagos dos extratos obtidos por extração por CO2 supercrítico (extrato 1) e extração assistida por ultrassom (extrato 2) de folhas de uvaia (Eugenia pyriformis). Os resultados mostram, para formas promastigotas de L. amazonensis, uma inibição do crescimento, com CI50 de 3.15 μg/mL para o extrato 1 e 12.39 μg/mL para o extrato 2. Já com relação à ação tripanocida, uma queda na contagem, semelhante ao controle benznidazol, foi detectada, principalmente na forma infectante (tripomastigota) com um CL50 de 16.62 μg/mL para o extrato 1 e de 6.23 μg/mL para o extrato 2. Ambos os extratos apresentaram segurança com a L. amazonensis, sendo para o extrato 1 até a concentração de 100 μg/mL, e com a forma infectante do T. cruzi (promastigota) avaliada pelo seu Índice de Seletividade (IS). Na avaliação da capacidade de estimular a produção de óxido nítrico e superóxido, os dois extratos se mostraram capazes de estimular em algumas concentrações. A capacidade fagocítica foi avaliada, não apresentando diferenças significativas em relação aos controles utilizados. Sendo assim, este estudo revelou a capacidade de ação dos extratos de uvaia contra os microrganismos causadores da doença de Chagas e da leishmaniose, assim como alguma ação sobre macrófagos murinos, justificando estudos mais aprofundados para futuros testes in vivo como uma alternativa terapêutica potencial para as patologias tratadas neste estudo.
Abstract: Chagas disease and Leishmaniasis are diseases considered neglected, present mainly in underdeveloped and developing countries. Chagas disease, beside to being transmitted by the insect vector, can also occur through transfusion of contaminated blood, which affects about 5 to 20% of cases. The most frequently drugs used for the treatment of trypanosomiasis are nitroheterocyclic compounds Nifurtimox and Benznidazole, which cause systemic toxicity and adverse effects. Leishmaniasis is a group of diseases caused by protozoan parasites of more than 20 species of the genus Leishmania, for which treatment has historically been based on the use of pentavalent antimony for which there is evidence of resistance. Thus, the development of alternative therapeutic strategies to treat Chagas' disease and Leishmaniasis has become a high priority. This study evaluated leishmanicidal and trypanocidal action as well as immunomodulatory action on macrophages of extracts obtained by supercritical CO2 extraction (extract 1) and ultrasonic assisted extraction (extract 2) of Uvaia leaves (Eugenia pyriformis). The results show a growth inhibition of promastigotes of L. amazonensis with IC50 of 3.15 μg/mL for extract 1 and 12.39 μg/mL for extract 2. In trypanocidal tests, an action similar to Benznidazole was detected, mainly in the infective form (trypomastigote), with an LC50 of 16.62 μg/mL for extract 1 and 6.23 μg/mL for extract 2. Both extracts showed safety with L. amazonensis, for extract 1 up to the concentration of 100 μg / mL, and with the infective form of T. cruzi (promastigote), evaluated by its Selectivity Index (IS). In the evaluation of the ability to stimulate the production of nitric oxide and superoxide, the two extracts were able to stimulate in some concentrations. The phagocytic capacity was evaluated, not presenting significant differences to those of the controls used. Thus, this study revealed the ability of Uvaia extracts to act against microorganisms that cause Chagas disease and Leishmaniasis, as well as some action on murine macrophages, justifying further studies for future in vivo tests as a potential therapeutic alternative, for the pathologies treated in this study.
Keywords: Trypanosoma cruzi
Leishmania spp
Extratos naturais
Ação imunomodulatória
Uvaia.
Trypanosoma cruzi
Leishmania spp
Natural extracts
Immunomodulatory action
Uvaia
CNPq areas: CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Médicas e Farmacêuticas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
Campun: Cascavel
Citation: SOUZA, João Henrique de. Avaliação da ação tripanocida e leishmanicida de extratos de Eugenia pyriformis. 2019. 5 f. Dissertação( Mestrado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4385
Issue Date: 29-Mar-2019
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Farmacêuticas (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOÃO_SOUZA_2019.pdfArquivo completo1.12 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons