Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3867
Tipo do documento: Dissertação
Title: Proficiência em leitura e Prova Brasil: (re)avaliando habilidades leitoras
Other Titles: Proficiência em Leitura e Prova Brasil: (Re)Avaliando Habilidades Leitoras
Autor: Bertin, Diana Maria Schenatto 
Primeiro orientador: Costa-Hübes, Terezinha da Conceição
Primeiro coorientador: Castela, Greice da Silva
Primeiro membro da banca: Costa-Hübes, Terezinha da Conceição
Segundo membro da banca: Castela, Greice da Silva
Terceiro membro da banca: Jung, Neiva Maria
Quarto membro da banca: Busse , Sanimar
Resumo: A Avaliação Nacional do Rendimento Escolar – Anresc (Prova Brasil) é um instrumento que faz parte das avaliações externas em nosso país, cujo objetivo é avaliar, por meio de um teste, se os alunos do 5º e do 9º anos dominam os conhecimentos básicos que se esperam em Português e Matemática. Por atuarmos como professora do ensino fundamental em um município da região Oeste do Paraná, cujo IDEB, em 2015, foi o melhor do Estado, despertou-nos o interesse de, nesta pesquisa, olharmos para a proficiência leitora de alunos do 5º ano que participaram dessa avaliação. Assim, o propósito é responder aos seguintes questionamentos: Em quais habilidades se destacam os alunos que foram avaliados pela Prova Brasil/2015? É possível (re)avaliar a compreensão leitora dos alunos a partir dos resultados aferidos pela Prova Brasil/2015, recorrendo a outras atividades de leitura, organizadas com questões subjetivas? Na perspectiva de responder a tais questionamentos, traçamos, como objetivo geral, identificar as habilidades de leitura de alunos do 6º Ano, avaliados pela Prova Brasil/2015 quando estudavam no 5º Ano. Para atingir o proposto, recorremos, inicialmente, a dados disponibilizados na Plataforma do INEP, através das devolutivas, e à página do QEdu Redes. Posteriormente olhamos para os resultados de atividades de leitura que foram elaboradas com base nos descritores da Prova Brasil, porém organizada, em sua maioria, com questões abertas. Aplicamos essas atividades a 38 alunos que apresentaram um bom desempenho na Prova Brasil de 2015. Trata-se, assim, de uma pesquisa que se inscreve na Linguística Aplicada, observando os pressupostos teóricos dessa área de conhecimento; de base qualitativa interpretativista, de cunho etnográfico, e se configura como um estudo de caso. Teoricamente, para refletir sobre a leitura e suas diferentes concepções, amparamo-nos em Solé (1998), Rojo (2002) Bakhtin (2003), Geraldi (1997), Martins (2006), Menegassi (2010a, 2010b, 2010c), Costa-Hübes (2015) e outros. Recorremos ainda a pesquisadores como Fuza (2010), Hoppe e Costa-Hübes (2013), Casaril (2014), Costa-Hübes (2015) e outros que abordam a Prova Brasil e seus descritores e ainda Solé (1998) e Menegassi (2010a) que abordam questões sobre a Avaliação em leitura. Esse estudo nos propiciou maior compreensão dos descritores contemplados pelas Matrizes de Referência de Língua Portuguesa (MRLP) (BRASIL, 2011), de como eles avaliam a proficiência leitora dos estudantes e possibilitou-nos reconhecer em quais habilidades os alunos avaliados pela Prova Brasil/2015 demonstraram desempenho satisfatório, conforme pressupostos das MRLP. Os resultados confirmaram também que é possível sim (re)avaliar essas habilidades por meio de outro instrumento e que elas precisam ser consolidadas, independente da metodologia empregada na avaliação. Todavia, o trabalho com os conteúdos de leitura previstos pelos descritores, apenas, não basta para garantir a proficiência em leitura do aluno; precisamos ir além, ampliar essa abordagem, de modo que consigam ler para além do texto e compreender que os elementos contextuais incidem diretamente na constituição do(s) sentido(s) do texto.
Abstract: The Avaliação Nacional do Rendimento Escolar – Anresc (National Evaluation of the Education Outcome), known as Prova Brasil, is an instrument that is part of the external evaluations in our country. The aim is to evaluate, through a test, if the students of the 5th and 9th years dominate the basic knowledge expected in Portuguese and Mathematics. I act as a primary school teacher in a municipality in the Western region of Paraná, whose IDEB in 2015 was the best in the State. Thus, aroused our interest regarding looking at the reading proficiency of 5th year students included in IDEB evaluation. Thus, the purpose was to answer the following questions: In what skills do the students that were evaluated by the Prova Brasil/2015 highlighted? Is it possible to (re)evaluate the reading comprehension of the students based on the results of Prova Brasil/2015 using other reading activities, organized with subjective questions? In order to answering these questions, we described as a general objective to identify the reading skills of students of the 6th year, evaluated by the Prova Brasil/2015 when they studied in the 5th year. We initially used data available in the INEP Platform through the returns and the QEdu Networks website. After we look at the results of reading activities that were elaborated based on the descriptors of the Prova Brasil, but organized mostly, with open questions. We applied these activities to 38 students who had good performance in the Prova Brasil/2015. This research is part of Applied Linguistics considering the theoretical assumptions of this area of knowledge. It include a qualitative interpretative basis, of an ethnographic nature, which is configured as a case study. Theoretically, in order to reflect on reading and its different conceptions we considered Solé (1998), Rojo (2002) Bakhtin (2003), Geraldi (1997), Martins (2006), Menegassi (2010a, 2010b, 2010c), Costa-Hübes (2015) and others authors. We also resorted to researchers such as Fuza (2010), Hoppe and Costa-Hübes (2013), Casaril (2014), Costa-Hübes (2015) and others that they approached Prova Brasil and its descriptors and still Solé (1998) and Menegassi (2010a) which address questions about assessment in reading. This study gave us a better understanding of the descriptors contemplated by the Reference Matrices of Portuguese Language (MRLP) (BRASIL, 2011), how they evaluate the students' reading proficiency allowing us to recognize in which skills the students evaluated by the Prova Brasil/2015 demonstrated satisfactory performance, according to the MRLP assumptions. The results also confirmed that it is possible to (re)evaluate these skills through another instrument and that they need to be consolidated, regardless of the methodology used in the evaluation. However, the research with the reading contents provided by the descriptors, alone, is not enough to guarantee the reading proficiency of the student. We need to go further and broaden this approach so that they can read beyond the text and understand that the contextual elements have a direct bearing on the constitution of text sense.
Keywords: Proficiência leitora
Prova Brasil
Habilidades de leitura
Reading Proficiency
Prova Brasil
Reading skills
CNPq areas: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Comunicação e Artes
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Campun: Cascavel
Citation: BERTIN, Diana Maria Schenatto. Proficiência em leitura e Prova Brasil: (re)avaliando habilidades leitoras. 2018. 174 f. Dissertação (Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Letras) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3867
Issue Date: 28-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Letras (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diana_Bertin2018.pdf2.93 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons