Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3449
Tipo do documento: Dissertação
Title: Legitimação social das empresas de capital aberto por meio da divulgação sobre meio ambiente natural no relato integrado
Other Titles: Social legitimation of public companies by disclosure about The natural environment in the integrated report
Autor: Borçato, Edileusa Cristina 
Primeiro orientador: Zanchet, Aladio
Primeiro membro da banca: Soutes, Dione Olesczuk
Segundo membro da banca: Marques, Claudio
Resumo: O Relato Integrado – RI como instrumento de divulgação voluntária de informações financeiras e não financeiras tem sido objeto de análise e investigação sobre sua adoção e implantação pelas empresas e seus benefícios. Este estudo avança nesta discussão e, de forma inovadora explica, a partir da análise do discurso e do modelo de Suchman, de que maneira as divulgações voluntárias sobre meio ambiente natural têm sido utilizadas pelas companhias de capital aberto como mecanismo de legitimação social por meio dos Relatos Integrados – RIs, inclusive comparando o comportamento das companhias conforme o impacto ambiental de suas atividades operacionais. O modelo de Suchman considera que os gestores podem, estrategicamente, por meio de instrumentos de divulgação voluntária, ganhar, manter ou recuperar a legitimidade de forma pragmática, moral ou cognitiva, a partir de diferentes estratégias e dinâmicas comportamentais. Foram analisados 1.821 discursos sobre meio ambiente natural, contidos nos RIs divulgados em 2016, referentes ao ano-base 2015, de 11 (onze) companhias abertas com atividades de alto, médio e baixo impactos ambientais, que participaram do pregão da BM&FBOVESPA em junho de 2016 e declararam que elaboraram os relatórios com base no framework proposto pelo International Integrated Reporting Council (IIRC). Este estudo, quanto ao problema, se classifica como qualitativo; quanto ao objetivo, descritivo; quanto ao procedimento de coleta de dados documental, em uma perspectiva temporal transversal, visto que o estudo foi realizado no período de outubro de 2016 a junho de 2017. Os resultados demonstram que os discursos sobre meio ambiente natural contidos nos RIs analisados têm sido utilizados como mecanismo de legitimação social pelas empresas de maneira semelhante entre as companhias de capital aberto com atividades de alto, médio e baixo impactos ambientais. A categoria predominante nos discursos foi para ganhar legitimidade de forma cognitiva, prevalecendo às dinâmicas comportamentais para construir reputação, formalizar as operações, falar do assunto com naturalidade e demonstrar sucesso, e as estratégias foram as que visam adaptar-se aos modelos, às exigências e aos ideais e proteger pressupostos. Pode-se concluir que os RIs estão sendo utilizados como mecanismo de gerenciamento de legitimidade social através das divulgações de informações voluntárias sobre meio ambiente natural, propagadas em diferentes seções do relato, apresentando-se em forma de textos, tabelas e imagens, com estratégias implícitas e explícitas. Estas constatações oportunizam aos preparadores dos RIs e aos shareholders e stakeholders compreender que nem todas as intenções dos gestores estão evidentes na comunicação voluntária de informações sobre o meio ambiente natural. Para estudos futuros sugere-se: analisar os discursos dos demais capitais divulgados nos RIs; reaplicar o estudo em períodos futuros, na mesma amostra, para constatar se houve mudança na maneira de buscar legitimidade social incluindo procedimento de levantamento das intenções, através de entrevista estruturada com os preparadores dos RIs; aplicar o estudo em companhias de capital aberto estrangeiras para fins de comparação dos comportamentos em relação à busca pela legitimidade social, no modelo de Suchman.
Abstract: The Integrated Report – IR as an instrument of voluntary disclosure of financial and non- financial information has been object of study and investigation regarding its usage and implementation by companies and its benefits. This study advances on such discussion, and, in an innovative way, explains, through discourse analysis and using the Suchman’s model, on what ways the voluntary disclosure about the natural environment have been used by open capital companies as a form of social legitimation through Integrated Reports (IR), including comparing the companies’ behavior according to its environmental impact of their operational activities. Suchman’s model considers that the managers may, strategically, through instruments of voluntary disclosure, gain, maintain, or recover the legitimacy on pragmatic, moral, or cognitive levels, employing different strategies and behavioral dynamics. The amount of 1,821 discourses about the natural environment have been analyzed, in the IR published in 2016, regarding the base year 2015, of eleven open capital companies with activities of low, medium and high environmental impacts, that participated on the BM&FBOVESPA stock market in June 2016, and declared that elaborated the reports based on the framework proposed by the International Integrated Reporting Council (IIRC). This study is categorized as qualitative, regarding the research problem; as for the objective, it is descriptive; as for the proceedings of documental data collecting, as a temporal cross- sectional perspective, since the study was carried out the period between October 2016 and June 2017. The results demonstrate that the discourse about the environment contained in the analyzed IRs have been used as ways of social legitimation by the companies in a similar manner among open capital companies with low, medium, and high environmental impacts. The predominant category employed in the discourses was to gain legitimacy in a cognitive manner, especially regarding behavioral dynamics to build reputation, formalize operations, talk naturally about the subject, and demonstrate success, and the strategies were to adapt to a model, to demands, ideals, and that protect assumptions. It can be concluded that the IRs are being used as means of management of social legitimation through voluntary disclosure of information about the natural environment, spread in different sections of the report, appearing as texts, tables, and images, with implicit and explicit strategies. These findings make it possible for report writers, shareholders, and stakeholders to understand that not all of the managers’ intentions are evident in voluntary information communication about the natural environment. For future studies, it is suggested to analyze the discourse of other capitals disclosed in the IRs; reapply this study in future periods, on the same sample, to investigate if there was any change in the way social legitimacy is sought, including procedures of intention examination, through structured interview with the IR writers; apply the study in foreign open capital companies, in order to compare behavior regarding the search for social legitimacy, in Suchman’s model.
Keywords: Relato integrado
Legitimidade social
Contabilidade
Análise do discurso
Integrated reporting
Social legitimacy
Accounting
Discourse analysis
CNPq areas: ADMINISTRACAO PUBLICA::CONTABILIDADE E FINANCAS PUBLICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Program: Programa de Pós-Graduação em Contabilidade
Campun: Cascavel
Citation: BORÇATO, Edileusa Cristina. Legitimação social das empresas de capital aberto por meio da divulgação sobre meio ambiente natural no relato integrado. 2017. 120 f. Dissertação (Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Contabilidade) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3449
Issue Date: 18-Sep-2017
Appears in Collections:Mestrado em Contabilidade (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Edileusa_Borçato2017.pdf2.7 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons