Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3375
Tipo do documento: Tese
Title: Duas sendas do discurso psicótico em O dia em que matei meu pai: esse silêncio... Você ainda está aí?
Other Titles: Two paths of psychotic discourse in The day I killed my father: that silence... Are you still there? 2017. 91p. Thesis (PhD in Arts) – Western Paraná State University
Autor: Versa, Cezar Roberto 
Primeiro orientador: Soares, Alexandre Sebastião Ferrari
Primeiro membro da banca: Souza, Pedro de
Segundo membro da banca: Maluf-Souza, Olimpia
Terceiro membro da banca: Cattelan, João Carlos
Quarto membro da banca: Fortes, Rita das Graças Felix
Resumo: O presente trabalho produz a Análise do Discurso de uma obra literária, entendida como o relato de um homem que alega ter matado o pai. O romance O dia em que matei meu pai, de Mario Sabino, constitui o corpus textual para a análise discursiva. A metodologia e base teórica dessa análise se filiam à escola francesa da Análise de Discurso, baseada nos pressupostos conceituais de Michel Pêcheux. Nessa acepção, a opacidade da língua, o assujeitamento dos sujeitos e a clivagem do inconsciente interpelam os sujeitos por meio de discursos. O discurso da loucura será visto a partir de FD da racionalidade e da FD da loucura, entendida como uma desrazão, em que os efeitos de sentido vão sendo construídos nesse jogo dual de razão e desrazão, de lógica e ilógica, de forma antinômica. Entendida essa dualidade, o processo analítico se desenvolveu por meio de duas sendas analíticas distintas. Na primeira, analisou-se o discurso paranoico de um homem que cometeu o assassinato do pai e cumpre medida de segurança, o qual tenta racionalizar a todo momento os motivos que levaram a tal ato, embora seja considerado incapaz, por isso, inimputável. Na segunda senda, o discurso paranoico é de um homem que dentro de sua lógica de foraclusão constitui sua racionalidade para a materialização desse fato, de matar o pai, em nível de seu discurso psicótico, num movimento de descompesação, em que lhe falta a função paterna, a qual elimina com o assassinato desse mesmo pai. Para a composição desses quadros analíticos, utilizou-se de teorias como a criminologia e a psicanálise, tomando como referências FD técnico-científicas do direito e da medicina. Percebeu-se a complexidade de definição da racionalidade no discurso psicótico, a qual aconteceu devido ao advento da psicanálise. A loucura como falta de razão se efetua nas mais variadas FD, contudo entender como a lógica existe no discurso psicótico possibilita uma leitura diferenciada desse fenômeno, graças aos conceitos basilares das teorias de Freud e Lacan. O grande desafio dos dois caminhos analíticos desses discursos paranoicos que tomamos foi o de perceber que tanto a condição de produção de alguém que mata o pai, num parricídio materializado, quanto a de um sujeito que o faz no nível de sua paranoia, se constituíram no ideal de realidade em níveis da FD da racionalidade, embora estejam intrínsecos a discursos psicóticos por excelência.
Abstract: The present term paper produces the Discourse Analysis of a literary work, it was understood like the report of a man who claims to have killed the father. The novel The day I killed my father, by Mario Sabino, constitutes the textual corpus for discursive analysis. The methodology and theoretical basis of this analysis are based on the French School of Discourse Analysis, based on the conceptual assumptions by Michel Pêcheux. In this sense, the opacity of the language, the subjection of the subjects and the cleavage of the unconscious, they transverse the people through discourses. The discourse of madness will be seen from DF (Discourse Formation) of rationality and DF of madness, it was understood as an unreason, in which the effects of meaning are being constructed in this dual game of reason and unreason, of logic and illogical, antinomically way. It was understood this duality, the analytic process developed through two distinct analytical paths. In the first one, the paranoid discourse of a man who committed the murder of the father and he serves a sentence of security measures, this man tries to rationalize at all times the reasons that led to such an act, although it is considered incapable, therefore, in imputable. In the second path, the paranoid discourse is from a man who, within his logic of foreclusion, he constitutes his rationality for the materialization of this fact, of killing the father, at the level of his psychotic discourse, in a movement of decomposition, in which he lacks the paternal function, which eliminates with the murder of this same father. For the composition of these analytical frameworks, theories have been used as criminology and psychoanalysis, taking technical and scientific DF references to law and medicine. The complexity of the definition of rationality in the psychotic discourse was perceived, which happened due to the advent of psychoanalysis. Madness as lack of reason takes place in the most varied DF, yet understanding how logic exists in psychotic discourse enables a differentiated reading of this phenomenon, thanks to the basic concepts of the theories by Freud and Lacan. The great challenge of the two analytical paths of these paranoid discourses we took was to realize that both the condition of production of one who kills the father, in a materialized parricide, and that of a person who does so in the level of his paranoia, these discourses were in ideal of reality at DF levels of rationality, although they are intrinsic to psychotic discourses par excellence.
Keywords: Análise do discurso
Psicanálise
Discurso psicótico
Discourse analysis
Psychoanalysis
Psychotic discourse
CNPq areas: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Comunicação e Artes
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Campun: Cascavel
Citation: VERSA, Cezar Roberto. Duas sendas do discurso psicótico em O dia em que matei meu pai: esse silêncio... Você ainda está aí?. 2017. 91 f. Tese( Doutorado em Letras) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3375
Issue Date: 10-Mar-2017
Appears in Collections:Doutorado em Letras (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cezar_ Versa2017.pdf975.44 kBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons