Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2465
Tipo do documento: Tese
Title: Nelson Rodrigues e seus múltiplos: uma escritura performática
Other Titles: Nelson Rodrigues and his multiples: a performance writing
Autor: Radaelli, Patricia Barth 
Primeiro orientador: Alves, Lourdes Kaminski
Primeiro membro da banca: Ghirardi, Ana Luiza Ramazzina
Segundo membro da banca: Menon, Maurício Cesar
Terceiro membro da banca: Molin, Beatriz Helena Dal
Quarto membro da banca: Silva, Acir Dias da
Resumo: Este trabalho apresenta um estudo sobre a obra de Nelson Rodrigues, com enfoque para indissolúvel relação entre o autor, o narrador e seus múltiplos na produção literária de suas crônicas e contos. Ressaltam-se, na análise, as ressonâncias históricas e sociais que se depreendem da obra ficcional desse autor, que, com um itinerário latente, produziu mais de dois mil textos, durante cinco décadas, num trânsito entre gêneros textuais. A partir dos processos de hibridização na composição do narrador rodrigueano, evidenciou-se a criação e a recriação de arquétipos emoldurados por temáticas sobre relacionamentos amorosos, traição e morte, cingidas de aspectos trágicos, míticos e psicológicos, numa escrita denominada, nesta pesquisa, de performática. Figuram, neste estudo, trechos das obras: O óbvio ululante (1968), A vida como ela é... (de 1961), A menina sem estrela: Memórias (de 1967) e O reacionário: memórias e confissões (do ano de 1977) e A vida como ela é... O homem fiel e outros contos (1992). A partir desse corpus, buscou-se explorar o modo como Nelson Rodrigues registra e reflete o cotidiano de seu tempo e as problemáticas humanas. O estudo deu-se a partir de uma pesquisa bibliográfica, qualitativa, com a base metodológica amparada em análises da literatura comparada, com abordagens teóricas que subsidiaram reflexões sobre o estatuto do autor, do narrador e dos processos intertextuais. Além disso, também foram buscadas as bases teóricas da mitocrítica e a crítica de base psicanalítica. O texto encontra-se organizado em três capítulos. Um primeiro que apresenta uma abordagem sobre a literatura como forma de apreensão estética do real e pontua aspectos que evidenciam Nelson Rodrigues como um sujeito criador, com uma produção permeada de ecos entre realidade e ficção. Como fonte teórica, estão explicitadas as contribuições de Freud (2011), Benjamin (1996), Santiago (2002), Bakhtin (2002) e Lejeune (2008). Depois, um segundo capítulo, que teve por proposta exemplificar o tom de uma narrativa autobiográfica, com retrospectivas e seções de autorretrato, em demarcações de tempo e espaço, buscando-se evidenciar como Nelson Rodrigues põe em cena o duplo como personagem narrador, para transcender o espaço real , resgatar a memória, numa criação ficcional híbrida, com demarcações e ritos de passagem de amor e, principalmente, de morte, envolvendo figuras históricas da literatura e de outras práticas culturais, sociais e políticas. Para as discussões sobre a memória, foram utilizadas as contribuições da tríade de autores franceses Ricoeur (2007), Nora (1993) e Halbwachs (2006). Por fim, um terceiro capítulo com o estudo sobre os diferentes elementos estéticos presentes nos contos com o objetivo de desvendar os efeitos expressivos desses projetos ficcionais e analisar como essas composições, ao dialogarem com outros textos, refletem uma escritura nelsonrodrigueana arquetípica e performática; as análises estão amparadas em estudos de Goffman (1985) e Paul Zumthor (2005/2014). Com a integração dos três capítulos, buscou-se evidenciar as inserções das estruturas textuais e contextuais rodrigueanas, com a interpretação das ressonâncias provocadas pelos diálogos e adaptações dos textos de Nelson Rodrigues com seu contexto de produção e com suas memórias.
Abstract: This work presents a study about the work of Nelson Rodrigues, with a focus on the indissoluble relationship among the author, the narrator and his multiples in the literary production of his chronicles and short stories. Stand out in the analysis, the historical and social resonances which are understood from the fictional work of this author, with a latent itinerary, produced more than two thousand texts, during five decades, in a transit among textual genres. From the hybridization processes in the composition of the Rodriguean narrator, it was evidenced the creation and recreation of archetypes framed by themes about love relationships, betrayal and death, bounded by tragic, mythical and psychological aspects, in a writing denominated, in this research, of Performance. In this study, excerpts from the works include: O óbvio ululante (1968), A vida como ela é...(de 1961), A menina sem estrela: Memórias (de 1967) e O reacionário: memórias e confissões (do ano de 1977) e A vida como ela é... O homem fiel e outros contos (1992). From this corpus, it was searched to explore how Nelson Rodrigues records and reflects the daily life of his time and human problems.The study was based on a qualitative bibliographical research, with a methodological basis based on analyzes of the comparative literature, with theoretical approaches that subsidized reflections on the status of the author, the narrator and the intertextual processes. Besides that it also was searched the theoretical bases of the mitochristian and the critical of psychoanalytical basis. The text is organized in three chapters. The first one that presents an approach on literature as a form of aesthetic apprehension of the real and points out aspects that evidence Nelson Rodrigues as a creative subject, with a production permeated by echoes between reality and fiction. As a theoretical source, there are the contributions of Freud (2011), Benjamin (1996), Santiago (2002), Bakhtin (2002) and Lejeune (2008). Then, a second chapter, whose purpose was to exemplify the tone of an autobiographical narrative, with retrospectives and sections of self-portrait, in time and space demarcations, trying to show how Nelson Rodrigues puts the double as a narrator character in order to transcend The "real" space, to rescue the memory, in a fictional hybrid creation, with demarcations and rites of passage of love and, mainly, death, involving figures of literature and other cultural, social and political practices. For the discussions about memory, the contributions of the triad of French authors - Ricoeur (2007), Nora (1993) and Halbwachs (2006) were used. Finally, a third chapter with the study about the different aesthetic elements present in the stories with the objective of unveiling the expressive effects of these fictional projects and analyzing how these compositions, when dialoguing with other texts, reflect an archetypal and performatic nelsonrodrigueana script; the analyzes are supported by studies by Goffman (1985) Zumthor (2005/2014). With the integration of the three chapters, it was searched to highlight the insertions of the textual and contextual structures of Rodrigues, with the interpretation of the resonances provoked by the dialogues and adaptations of the texts of Nelson Rodrigues with his context of production and with his memories
Keywords: Nelson Rodrigues
Narrador híbrido
Lugares da Memória
Escritura performática
Nelson Rodrigues
Hybrid Narrator
Places of Memory
Performative writing
CNPq areas: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Linguagem e Sociedade
Program: Programa de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Letras
Citation: RADAELLI, Patricia Barth. Nelson Rodrigues and his multiples: a performance writing. 2016. 166 f. Tese (Doutorado em Linguagem e Sociedade) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2465
Issue Date: 16-Dec-2016
Appears in Collections:Doutorado em Letras (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
PATRiCIARADAELLI.pdf931.31 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.