Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/978
Tipo do documento: Dissertação
Title: Mais tempo para quê?: A organização do currículo em uma escola em tempo integral da rede municipal de educação de São João - PR
Other Titles: More time for what?: The organization of the curriculum of a full-time school in São João Education - PR
Autor: Souza, Fernanda Ribeiro de 
Primeiro orientador: Antonio, Clésio Acilino
Primeiro membro da banca: Zanella, José Luiz
Segundo membro da banca: Corá, Élsio José
Resumo: A educação em tempo integral tem sido foco de intensos debates e estratégias governamentais para sua implementação no âmbito da escola pública brasileira. Tendo em vista o Programa Mais Educação, criado em 2007 como estratégia para a indução da ampliação do tempo escolar, buscamos analisar as configurações curriculares em curso em uma escola pública, vinculada ao Programa, pertencente à rede municipal de educação de São João, PR. A pesquisa teve como objetivo analisar e compreender os delineamentos curriculares que se materializam, a organização dos tempos, espaços e do currículo na jornada ampliada, bem como identificar entraves e avanços para a construção de uma escola em tempo integral numa perspectiva democrática e emancipadora. A pesquisa, de cunho qualitativo, foi realizada por meio de um estudo de caso. Desenvolveu-se mediante análise de documentos oficiais que orientam a proposta do Programa Mais Educação, bem como da rede municipal de educação de São João (Projeto de Educação Integral e Proposta Pedagógicas Curriculares para a Educação Integral e para o Ensino Fundamental de nove anos) e da Escola Municipal do Campo Imaculada Conceição - EIEF (Projeto Político-pedagógico e Plano de Ação), cenário deste estudo. Foram aplicados questionários aos gestores das escolas que ofertam os anos iniciais do Ensino Fundamental para a contextualização da educação em tempo integral na rede e realizadas entrevistas semiestruturadas com docentes e gestores que atuam na escola pesquisada e na Secretaria Municipal de Educação. Os resultados demonstram que a expansão do tempo reproduz elementos da escola em turno parcial, atendendo principalmente às demandas sociais e de socialização, com poucos avanços no sentido de propiciar uma nova significação a um projeto curricular emancipador e implicado na formação completa das crianças e adolescentes. Não identificamos o questionamento da matriz curricular e dos conhecimentos já postos, e, do mesmo modo, o esforço em pensar novas formas para socializar o conhecimento, numa perspectiva transformadora. Verificamos algumas tendências centrais nas práticas formativas e curriculares da escola pesquisada: foco no complemento do currículo formal, o currículo voltado para o desenvolvimento de comportamentos que favoreçam aprendizagens do currículo comum e com menor ênfase, o currículo voltado para aprendizagens de diversas linguagens e áreas (dança, música, arte, esporte, recreação). Algumas fragilidades foram evidenciadas no paralelismo turno/contraturno, na dificuldade em promover a integração curricular, na justaposição das atividades, na ausência de discussão e consenso sobre a concepção de educação integral almejada, bem como sobre a função social da escola na perspectiva da educação integral. A escola em tempo integral tem buscado ampliar as possibilidades formativas e melhorar a qualidade da educação pública, no entanto, são muitos os desafios a serem superados, dentre eles, emerge a necessidade de formação continuada, investimentos na estrutura física, melhorias nas condições de trabalho dos docentes, para que tenham suporte material e teórico para reorganizar o currículo e ressignificar suas práticas.
Abstract: The full-time education has been the focus of intense debats and government strategies for its implementation in the Brazilian public school. In view of the More Education Program, created in 2007 as a strategy for inducing the expansion of the school time, we analyze the curricular settings in a public school, linked to the program, belonging to the municipality's education of São João, PR. The research aimed to analyze and to understand the curriculum designs that materialize, the organization of time, space and curriculum in the extended school day, as well as identify obstacles and advances for building an full-time school in a democratic and emancipatory perspective. The research of qualitative nature was performed by a case study. It was developed through analysis of official documents that guides the proposal of the More Education Program as well as the São João public education (Project of Integral Education and Pedagogic Curriculum Proposal for Integral Education and for the nine years elementary school) and the Municipal Countryside School Imaculada Conceição - EIEF (Politicalpedagogical Project and Plan of Action), scenery of this study. Questionnaires were administered to the managers of schools that offer the early years of elementary school to contextualize the full-time education and conducted semi-structured interviews with teachers and administrators who work in the researched school and in the Municipal Department of Education. The results show that the school time expansion reproduces the same elements of the partial shift, especially in view of the social demands and socialization, with little progress towards propitiating a new meaning to an emancipatory and implicated curricular project in full development of children and adolescents. We have not identified the question of curriculum and knowledge already laid and in the same way the effort to think new ways to socialize knowledge, in a transforming perspective. We found some key trends in training and curricular practices of the studied school: focus on the complement of the formal curriculum, the curriculum focused on the development of behaviors that promote learning of the common curriculum and, with less emphasis, the curriculum that targeted the learning of several languages and areas (dance, music, sport, recreation). Some weaknesses were found in the turn/reverse turn parallelism, in the difficulty of promoting curricular integration, in the juxtaposition of activities, in the absence of discussion and consensus on the conception about the Integral education longed, as well as on the school's social function in the Integral education perspective. The full-time school has sought to expand the formative opportunities and to improve the quality of public education, however, there are many challenges to overcome, among them emerges the necessity of continuing education, investments in infrastructure, improvements in the working conditions of the teachers, aiming that they have theoretical and material support to reorganize the curriculum and reframe their practices.
Keywords: Educação em tempo integral
Educação integral
Programa Mais Educação
Currículo
Full-time education
Integral education
More Education Program
Curriculum
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centros de Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Campun: Francisco Beltrão
Citation: SOUZA, Fernanda Ribeiro de. Mais tempo para quê?: A organização do currículo em uma escola em tempo integral da rede municipal de educação de São João - PR. 2016. 232 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Francisco Beltrão, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/978
Issue Date: 26-Feb-2016
Appears in Collections:Mestrado em Educação (FBE)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fernanda de Souza.pdf1.7 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.