Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/673
Tipo do documento: Dissertação
Title: Avaliação da reposição hormonal sobre o tecido ósseo alveolar de ratas ovariectomizadas com doença periodontal induzida
Other Titles: Evaluation of the phytoestrogens action upon the alveolar bone tissue of female ovariectomized rats with periodontal disease induced
Autor: Boamorte, Carolina de Cassia 
Primeiro orientador: Nassar, Carlos Augusto
Primeiro membro da banca: Brandão, Christian Giampietro
Segundo membro da banca: Bombonatti, Roberto
Resumo: A relação da osteoporose na pós-menopausa é controversa, mas pode ser um fator de risco para doença periodontal, bem como possuir uma atuação direta e indireta no tecido ósseo devido a ação do estrógeno, uma vez que este pode inibir a produção de citocinas pró-inflamatórias como o TNF-alfa e a IL-6 que favorecem a reabsorção óssea.Uma das alternativas na terapia de reposição hormonal atualmente é a isoflavona, um fito-hormônio que vem se estabelecendo como terapia substitutiva por ter sua ação similar ao estrógeno, porém com efeitos protetores contra as doenças cancerígenas, osteoporose, entre outras. Assim, o objetivo foi avaliar a ação da isoflavona no tecido ósseo alveolar de ratas ovariectomizadas com peridontite induzida. Sessenta (60) Ratas fêmeas com 8 semanas de vida foram divididas aleatoriamente em 6 grupos: 1) Grupo Controle (CON); 2) Grupo Ligadura(LIG); 3) Grupo Ovariectomia (OVX+DMSO); 4) Grupo Ovariectomia e Fitoestrógeno (OVX+FIT); 5) Grupo Ovariectomia e Ligadura (OVX+LIG+DMSO); 6) Grupo Ovariectomia, Fitoestrógeno e Ligadura (OVX+FIT+LIG).Todos os animais receberam dieta padrão e água a vontade. Aos 70 dias de vida, os animais foram anestesiados (xilazina 10 mg/Kg e quetamina 75 mg/Kg) e foram posicionados em mesa operatória apropriada, a qual permitia a manutenção da abertura bucal das ratas facilitando o acesso aos dentes da região posterior da mandíbula. Com o auxílio de uma pinça modificada e de uma sonda exploradora, foi colocado um fio de algodão número 40 ao redor do primeiro molar inferior direito e esquerdo. Após este procedimento, aos 79 dias de vida, as ratas também foram submetidas à anestesia e à cirurgia de ovariectomia para mimetizar a ausência de hormônios sexuais femininos da menopausa em mulheres. A ligadura atuou como irritante gengival por 30 dias e favoreceu o acúmulo de placa bacteriana, enquanto a reposição hormonal (isoflavona) se realizou por 21 dias (0,25g/kg/dia s.c.) nos grupos anteriormente citados. Aos 100 dias de vida, as ratas foram eutanasiadas. Foram realizadas análises macroscópica, microscópica e radiográfica com as mandíbulas esquerda e direita de cada rata, bem como com amostras do tecido gengival para avaliar os tecidos periodontais e seus efeitos induzidos pela reposição hormonal. Como resultado das análises, foi observado que os grupos com fitoestrógeno apresentaram menor perda óssea alveolar do que os grupos que não receberam terapia com isoflavona (p< 0,05), bem como os grupos tratados com fitoestrógeno apresentaram uma maior quantidade de osteoblastos e osteócitos e menor de osteoclastos do que os grupos que não receberam terapia de reposição hormonal (p<0,05). Logo, a isoflavona pode conferir um efeito protetor à perda óssea alveolar, na progressão da doença periodontal, agravada pela osteoporose.
Abstract: The ratio of osteoporosis in postmenopausal women is controversial, but may be a risk factor for periodontal disease, as well as having a direct or indirect role in bone due to estrogen action, since this can inhibit production of proinflammatory cytokines -inflammatory such as TNF-alpha and IL-6 that favor bone resorption. One of the alternatives in hormone replacement therapy is the isoflavone, a phyto-hormone that has established itself as replacement therapy for having a similar action to estrogen, but with protective effects against cancers, osteoporosis, among others. The objective was to evaluate the effect of isoflavone on alveolar bone of ovariectomized rats with induced periodontitis. Sixty (60) Female rats with 8 weeks of age were randomly divided into 6 groups: 1) control group (CON); 2) Bandage Group (LIG); 3) Group Ovariectomy (OVX); 4) Ovariectomia and Phytoestrogen group (OVX + FIT); 5) Ovariectomia and ligature group (OVX + LIG); 6) Ovariectomia Group, Phytoestrogen and Ligation (OVX + FIT + LIG) .All the animals received standard diet and water at will. After 70 days of life, the animals were anesthetized (xylazine 10 mg / kg and ketamine 75 mg / kg) and were placed in proper operating table, which allowed the maintenance of the mouth opening of the rats facilitating access to the teeth of the posterior region jaw. With the aid of a modified forceps and an explorer, it was placed a cotton yarn number 40 around the mandibular first molar right and left. After this procedure, after 79 days of life, the rats were submitted to anesthesia and ovariectomy surgery to mimic the absence of female sex hormones of menopause in women. Ligation served as irritating gums for 30 days and favored the accumulation of plaque, while hormone replacement therapy (isoflavone) was held for 21 days (0.25 g / kg / day sc) in the above-mentioned groups. At 100 days of life, the rats were euthanized. Macroscopic, microscopic and X-ray analyzes were performed with the left and right jaws of each rat as well with samples of gingival tissue to assess the periodontal tissues and their effects induced by hormone replacement. As a result of analysis, it was observed that the groups of phytoestrogen showed less bone loss than the groups that received no therapy isoflavone (p <0.05) and the treated groups had a higher phytoestrogen osteoblasts and osteocytes osteoclasts and lower than the groups not receiving hormone replacement therapy (p <0.05). Therefore, the isoflavone may confer a protective effect on bone loss in periodontal disease progression, compounded by osteoporosis.
Keywords: Doença periodontal
Menopausa
Osteoporose
Isoflavona
Periodontal disease
Menopause
Osteoporosis
Isoflavone
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biociências e Saúde
Citation: BOAMORTE, Carolina de Cassia. Evaluation of the phytoestrogens action upon the alveolar bone tissue of female ovariectomized rats with periodontal disease induced. 2016. 74 f. Dissertação (Mestrado em Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/673
Issue Date: 16-Jun-2016
Appears in Collections:Mestrado em Biociências e Saúde (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
CAROLINA BOAMORTE.pdf1.37 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.