Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5015
Tipo do documento: Dissertação
Title: Species turnover drives grasshopper’s community across different landscapes configuration
Other Titles: A substituição de espécies direciona as comunidades de gafanhotos atraves de diferentes configurações da paisagem
Autor: Prasniewski, Victor Mateus 
Primeiro orientador: Sampaio, Silvio César
Primeiro coorientador: Szinwelski, Neucir
Primeiro membro da banca: Sampaio, Silvio César
Segundo membro da banca: Szinwelski, Neucir
Terceiro membro da banca: Guimarães, Ana Tereza Bittencourt
Quarto membro da banca: Souza, Thadeu Sobral de
Resumo: Landscape modification and subsequent habitat loss is cited as a main driver of biodiversity loss in terrestrial ecosystems and drives of changes in species composition in Atlantic forest, mainly for species turnover. Here, we aimed to test the effect of landscape modification on grasshoppers’ species composition in Atlantic Forest, hypothesizing that changes on grasshopper species composition would be resulted of species turnover rather than species nestedness. To test the hypothesis, we sampled grasshopper communities in sites with different landscape configuration along the Iguaçu National Park and then restrict spatial and environmental factors in the community analysis to assess only the effect of landscape modification on grasshoppers’ species composition. Our findings suggest that landscape modification affects grasshopper’s communities by species turnover. Here, we identified that the gradient of anthropic-forest-urbanized landscapes was the main anthropic factor acting on species turnover, beyond the naturally expected spatial and environmental turnover. Also, our results show that anthropic and urbanized sites benefit different species. This may indicate that natural grasshopper’s communities, and probably others groups, are in only 11% remaining of Atlantic forest, while others new and contrasting synanthropic communities are formed in with association with anthropic and urbanized areas. In the point-ofview of ecosystems functioning the alteration of grasshopper’s communities may lead loss of process and species associated with this group, such as plants and vertebrates. Therefore, for conservation and management actions it is necessary to maintain natural communities to the maximum in order to avoid possible changes in the entire regional ecosystem.
Abstract: A modificação da paisagem e a subsequente perda de habitat é citada como o principal direcionador da perda de biodiversidade nos ecossistemas terrestres e de mudanças na composição das espécies na Mata Atlântica, principalmente pela substituição de espécies. Aqui, objetivamos testar o efeito da modificação da paisagem na composição de espécies de gafanhotos na Mata Atlântica, hipotetizando que as mudanças na composição das espécies de gafanhotos seriam resultado da substituição de espécies e não do aninhamento de espécies. Para testar a hipótese, amostramos comunidades de gafanhotos em locais com diferentes configurações de paisagem ao longo do Parque Nacional do Iguaçu e depois restringimos fatores espaciais e ambientais na análise da comunidade para avaliar apenas o efeito da modificação da paisagem sobre composição das espécies de gafanhotos. Nossos resultados sugerem que a modificação da paisagem afeta as comunidades de gafanhotos por meio da substituição de espécies. Aqui, identificamos que o gradiente das paisagens antrópico-florestais-urbanizadas foi o principal fator antrópico atuando na substituição de espécies, além da substituição espacial e ambiental naturalmente esperada. Além disso, nossos resultados mostram que os locais antropizados e urbanizados beneficiam diferentes espécies. Isto pode indicar que as comunidades de gafanhotos naturais, e provavelmente outros grupos, estão em apenas 11% restantes da Mata Atlântica, enquanto outras comunidades sinantrópicas novas e contrastantes são formadas em associação com áreas antrópicas e urbanizadas. No ponto de vista do funcionamento dos ecossistemas, a alteração das comunidades de gafanhotos pode levar à perda de processos e espécies associadas a este grupo, tais como plantas e vertebrados. Portanto, para ações de conservação e manejo é necessário manter ao máximo as comunidades naturais a fim de evitar possíveis mudanças em todo o ecossistema regional.
Keywords: β-diversity
Orthoptera
Land-use
Atlantic Forest
Partial-dbRDA
β-diversity
Orthoptera
Uso do solo
Mata Atlântica
DbRDA-parcial
CNPq areas: CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Conservação e Manejo de Recursos Naturais
Campun: Cascavel
Citation: PRASNIEWSKI, Victor Mateus. Species turnover drives grasshopper’s community across different landscapes configuration. 2020. 31 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Conservação e Manejo de Recursos Naturais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/5015
Issue Date: 28-Feb-2020
Appears in Collections:Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Victor_Prasniewski2020.pdf4.27 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons