Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4987
Tipo do documento: Dissertação
Title: Extração, caracterização e produção de biodiesel a partir do óleo da semente da planta amazônica Pachira aquática Aublet
Other Titles: Extraction, characterization and production of biodiesel from the seed oil of the amazonic plant Pachira aquatic Aublet
Autor: Matsuda, Gabriel 
Primeiro orientador: Souza, Samuel Nelson Melegari de
Primeiro coorientador: Bariccatti, Reinaldo Aparecido
Primeiro membro da banca: Souza, Samuel Nelson Melegari de
Segundo membro da banca: Siqueira, Jair Antonio Cruz
Terceiro membro da banca: Cadorin, Danielle Acco
Resumo: Os óleos e as gorduras são substâncias hidrofóbicas que podem ser originários de plantas ou de animais, formados por ésteres de triacilgliceróis, que são produtos provenientes da transesterificação. Eles se apresentam em um estado líquido e viscoso quando utilizados em ambientes de temperaturas e pressões normais. Seu processo de extração ocorre geralmente através de prensagem ou através de extração por solvente. Os óleos vegetais mais conhecidos e utilizados são os óleos de soja, algodão, dendê e de milho. A Pachira Aquatica Aublet ou munguba, castanheira-do-maranhão como é conhecida, é uma árvore utilizada para arborização de ambientes e que possui uma semente comestível muito usada pela população amazônica. Nesse sentindo, o objetivo desse trabalho foi realizar a extração e caracterização do óleo e a verificação da viabilidade da produção de ésteres metílicos do óleo de munguba. Para tanto, o óleo foi extraído por dois sistema diferentes, o Determinador de Gordura Tecnal e pelo Extrator de Gordura Marconi e a após essa etapa o óleo passou a ser analisado quanto suas características. As análises feitas para a caracterização foram quanto ao índice de saponificação (180,95 mg. KOH g-1 ), índice de peróxidos (0,994 meq.Kg-1) , índice de acidez (3,283 mg KOH-1 ), índice de refração (1,4656) e o Teor de água (2,1 %), além de ter considerado o óleo como saturado, fazendo assim, com que as moléculas tenham uma capacidade maior de ligação entre elas e em temperaturas amenas, se solidificando e se tornando uma gordura. Após a análise físico-química do óleo ocorreu o processo de produção de biodiesel, utilizando metanol, clorofórmio e ácido sulfúrico, posteriormente a caracterização de alguns parâmetros do biodiesel, a viscosidade cinemática a 40ºC (7,44 mm²/s ), o teor de água (192), massa especifica a 20ºC (901,9 Kg/m³) e os ésteres produzidos, Palmitato de Metila (64,1%), Estereato de Metila(3,9%), Oleato de Metila(12,2%), e Linoleato de Metila (8,3%). Os resultados apontaram que o sistema de extração pelo extrator da marca Tecnal, foi mais eficiente que o outro, tendo um teor de lipídios de 43,14%, e no final o teor de lipídios encontrado na munguba foi de 42,19%. Com relação ao biodiesel, o processo que ocorreu a uma temperatura de 60ºC e utilizando uma quantidade de 0,6 ml de ácido sulfúrico teve um rendimento de 89,44%. Os resultados encontrados nas análises físico-químicas mostraram que o óleo além de ser usado nas indústrias alimentícias ele pode ser utilizado para produção de biocombustíveis. Se a munguba for utilizada para a produção de biodiesel em lugares onde existem temperaturas amenas, como no sul do Brasil, ele deve ser utilizada junto com um aditivo.
Abstract: Oils and fats are hydrophobic substances that can originate from plants or animals, formed by esters of triacylglycerols, which are products from transesterification. They are presented in a liquid and viscous state when used in environments of normal temperatures and pressures. Its extraction process usually occurs through pressing or solvent extraction. The most well-known and used vegetable oils are soy, cotton, palm oil and corn oils. Pachira Aquatica Aublet or munguba, chestnut-of-maranhão as it is known, is a tree used for afforestation of environments and has an edible seed widely used by the Amazonian population. In this sense, the objective of this work was to carry out the extraction and characterization of the oil and to verify the viability of the production of methyl esters from munguba oil. For that, the oil was extracted by two different systems, the Tecnal Fat Determinator and by the Marconi Fat Extractor and after that stage the oil started to be analyzed for its characteristics. The analyzes made for the characterization were regarding the saponification index (180.95 mg. KOH g-1 ), peroxide index (0.994 meq.Kg-1 ), acidity index (3.283 mg KOH / g), refraction index (1.4656) and the water content (2.1%), besides having considered the oil as saturated doing so, with the molecules have a greater capacity of connection between them and in mild temperatures, solidifying and becoming a fat.After the physical-chemical analysis of the oil, the biodiesel production process took place, using methanol, chloroform and sulfuric acid, afterwards the characterization of some biodiesel parameters, the kinematic viscosity at 40ºC (7.44 mm² /s), the content of water (192), specific mass at 20ºC (901.9 Kg /m³) and the esters produced,Methyl Palmitate (64.1%), Methyl Stearate (3.9%), Methyl Oleate (12.2%), and Methyl Linoleate (8.3%). The results showed that the extraction system by the Tecnal brand extractor was more efficient than the other, with a lipid content of 43.14%, and in the end the lipid content found in the munguba was 42.19%. With regard to biodiesel, the process that took place at a temperature of 60ºC and using an amount of 0.6 ml of sulfuric acid had a yield of 89.44%. The results found in the physical-chemical analyzes show that the oil, besides being used in the food industries, can be used for the production of biofuels. If there is a munguba to use for the production of biodiesel in places where there are temperatures, as in Brazil, it must be used together with an additive.
Keywords: Munguba
Biodiesel
Análises físico-químicas
Munguba
Biodiesel
Physicochemical analysis
CNPq areas: CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Energia na Agricultura
Campun: Cascavel
Citation: MATSUDA, Gabriel. Extração, caracterização e produção de biodiesel a partir do óleo da semente da planta amazônica Pachira aquática Aublet. 2020. 61 f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Energia na Agricultura) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel - PR.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4987
Issue Date: 17-Mar-2020
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia de Energia na Agricultura (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriel_Matsuda2020.pdf1.38 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons