Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4807
Tipo do documento: Dissertação
Title: Carboidrases associadas às altas doses de fitase em dietas para frangos de corte
Autor: Sangalli, Gabriela Glaeser 
Primeiro orientador: Eyng, Cinthia
Primeiro coorientador: Nunes, Ricardo Vianna
Primeiro membro da banca: Nunes, Ricardo Vianna
Segundo membro da banca: Broch, Jomara
Terceiro membro da banca: Pozza, Paulo Cesar
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar superdoses de fitase associada às carboidrases em dietas com redução nutricional sobre o desempenho, rendimento de carcaça e cortes, peso relativo dos órgãos do trato gastrointestinal, morfometria intestinal, viscosidade da digesta, pH do conteúdo intestinal e cecal, qualidade de cama, parâmetros ósseos e sanguíneos de frangos de corte. Para tanto, foram utilizados 1.540 pintos de corte, machos, de um dia de idade, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos, 14 repetições com 22 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram em: controle positivo (CP): ração a base de milho e farelo de soja com inclusão de farinha de carne e farinha de vísceras sem enzimas; controle negativo (CN): ração CP com redução de 100 kcal, 0,15% P, 0,12% Ca, 4% AA e 5% Na; ração CN + carboidrase + fitase (1000, 1500 e 2000 FTU kg-1). Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey (P<0,05). As aves que receberam inclusão dietética de enzimas apresentaram ganho de peso (GP) e conversão alimentar (CA) semelhante ao grupo CP no período inicial (1 a 7 dias). De 1 a 21 dias, as aves que receberam enzimas apresentaram maior GP e melhor CA quando comparadas ao grupo CN. Para o período total (1 a 42 dias) as aves que receberam ração com os diferentes níveis de enzima apresentaram CA semelhante às aves do CP e CN. Aos 21 dias, as aves do tratamento CN apresentaram maior peso relativo de pâncreas em relação aos demais tratamentos e maior peso relativo do intestino delgado em relação às aves que receberam suplementação enzimática. Para o pH cecal, aos 21 dias, as aves do CN apresentaram menor valor quando comparadas as aves dos tratamentos com 1500 e 2000 FTU. Aos 42 dias, as aves do CP apresentam menor pH cecal em relação as aves dos tratamentos com 1000 e 1500 FTU. Aves que receberam CN apresentaram menor teor de amônia na cama aos 42 dias em relação aos demais tratamentos. A inclusão de carboidrase associada a diferentes níveis de fitase não alterou os demais parâmetros avaliados. Para os parâmetros ósseos aos 21 e 42 dias não houve diferença (P>0,05) entre os tratamentos quanto à resistência a ruptura, índice de seedor, densidade e placa de crescimento. Para matéria mineral e teores de cálcio e fósforo dos ossos da tíbia aos 21 e 42 dias de idade, não houve diferença (P>0,05) entre os tratamentos. Sobre os parâmetros sanguíneos aos 21 dias, as concentrações de Ca e P no sangue foram maiores nas aves que receberam 1000 FTU kg-1. Para triglicerídeos as aves da dieta CN e 1000 FTU kg-1 apresentaram maiores concentrações. Para fosfatase alcalina aves que receberam dieta com 1500 FTU kg-1 apresentaram menor concentração ao comparar com o CP. Na glicose e proteína total não se constatou diferença (P>0,05). Aos 42 dias, a concentração de Ca, P e PT foi maior nas aves que receberam a dieta CP. Para glicose, a maior concentração foi nas aves que receberam 2000 FTU kg-1 em comparação aos que receberam 1000 FTU kg-1. Para triglicerídeos a concentração foi menor nas aves que receberam 1000 e 1500 FTU kg-1. Para fosfatase alcalina não houve diferença (P>0,05). A utilização de fitase associada às carboidrases em dietas com redução nutricional manteve o desempenho das aves na fase pré-inicial. Na fase de crescimento o desempenho dessas aves foi superior ao tratamento CN, não se equiparando ao CP. A adição de carboidrases associada a 1000 FTU kg-1 de fitase proporcionou aumento sérico de cálcio, fósforo e proteína total das aves aos 21 dias. Aos 42 dias a aves da dieta CP apresentaram maiores níveis de cálcio e fósforo e a inclusão de enzimas reduziu estes teores, porém, os parâmetros ósseos não foram alterados.
Abstract: The aim of this study was to evaluate phytase overdoses associated with carbohydrates in diets with nutritional reduction on performance, carcass and cut yields, relative weight of organs of the gastrointestinal tract, intestinal morphometry, digestion viscosity, pH of intestinal and cecal contents, quality of bedding, bone and blood parameters of broilers. For this purpose, 1,540 male day-old broiler chicks were used, distributed in a completely randomized design with five treatments, 14 repetitions with 22 birds per experimental unit. The treatments consisted of: positive control (CP): ration based on corn and soybean meal with the inclusion of meat meal and offal meal without enzymes; negative control (CN): CP diet with a reduction of 100 kcal, 0.15% P, 0.12% Ca, 4% AA and 5% Na; CN feed + carbohydrase + phytase (1000, 1500 and 2000 FTU kg-1). The data obtained were subjected to analysis of variance and the means compared by the Tukey test (P <0.05). The birds that received dietary inclusion of enzymes showed weight gain (GP) and feed conversion (CA) similar to the CP group in the initial period (1 to 7 days). From 1 to 21 days, the birds that received enzymes showed higher GP and better CA when compared to the CN group. For the total period (1 to 42 days) the birds that received feed with the different levels of enzyme showed similar CA to the birds of CP and CN. At 21 days, the birds in the CN treatment showed a higher relative weight of the pancreas in relation to the other treatments and a higher relative weight of the small intestine in relation to the birds that received enzymatic supplementation. For the cecal pH, at 21 days, the birds of the CN showed lower value when compared to the birds of the treatments with 1500 and 2000 FTU. At 42 days, the birds of the CP have lower pH cecal in relation to the birds of the treatments with 1000 and 1500 FTU. Birds that received CN had lower ammonia content in bed at 42 days compared to other treatments. The inclusion of carbohydrase associated with different levels of phytase did not change the other parameters evaluated. For bone parameters at 21 and 42 days, there was no difference (P> 0.05) between treatments regarding rupture resistance, seeder index, density and growth plate. For mineral matter and calcium and phosphorus contents of the tibial bones at 21 and 42 days of age, there was no difference (P> 0.05) between treatments. Regarding blood parameters at 21 days, the concentrations of Ca and P in the blood were higher in birds that received 1000 FTU kg-1. For triglycerides, birds of the CN diet and 1000 FTU kg-1 showed higher concentrations. For alkaline phosphatase birds that received a diet with 1500 FTU kg-1 showed lower concentration when compared to CP. Glucose and total protein showed no difference (P> 0.05). At 42 days, the concentration of Ca, P and PT was higher in birds that received the CP diet. For glucose, the highest concentration was in birds that received 2000 FTU kg-1 compared to those that received 1000 FTU kg-1. For triglycerides the concentration was lower in birds that received 1000 and 1500 FTU kg-1. There was no difference for alkaline phosphatase (P> 0.05). The use of phytase associated with carbohydrases in diets with nutritional reduction maintained the birds' performance in the pre- initial phase. In the growth phase, the performance of these birds was superior to the CN treatment, not equaling the CP. The addition of carbohydrases associated with 1000 FTU kg-1 phytase provided an increase in serum calcium, phosphorus and total protein of the birds at 21 days. At 42 days, birds on the CP diet showed higher levels of calcium and phosphorus and the inclusion of enzymes reduced these levels, however, the bone parameters were not changed.
Keywords: Xilanase
Fitato
Saúde intestinal
Características ósseas
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: SANGALLI, Gabriela Glaeser. Carboidrases associadas às altas doses de fitase em dietas para frangos de corte. 2019. 63 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4807
Issue Date: 13-Dec-2019
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriela_Sangalli_2019.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons