Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4666
Tipo do documento: Dissertação
Title: Experimentação em ciências: um olhar para a prática pedagógica na cidade de Umuarama, PR
Other Titles: Science experimentation: a look at pedagogical practice in the city of Umuarama, PR
Autor: Bertusso, Fernando Rodrigo 
Primeiro orientador: Malacarne, Vilmar
Primeiro membro da banca: Malacarne, Vilmar
Segundo membro da banca: Miquelin, Awdry Feisser
Terceiro membro da banca: Justina, Lourdes Aparecida Della
Quarto membro da banca: Soligo, Valdecir
Resumo: As aulas de Ciências geralmente são realizadas de forma teórica, o que às vezes as tornam cansativas e desinteressantes, pois a maioria dos alunos estão habituados a utilizarem diferentes recursos tecnológicos e demostram interesse no envolvimento para a realização de situações problemas. As atividades práticas, como aulas experimentais, as saídas de campo e o uso das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) são metodologias e recursos que podem contribuir de forma atraente e significativa para a eficácia no processo de ensino e aprendizagem em Ciências. O objetivo desta pesquisa foi avaliar como os professores e alunos da Rede Estadual de Ensino da cidade de Umuarama, Paraná, concebem e desenvolvem as atividades práticas nas aulas de Ciências, elencando quais os motivos que dificultam a utilização destas metodologias. Para isso, foi realizado um levantamento buscando saber quais as estratégias, recursos e espaços são utilizados nas aulas práticas e também quais os desafios para desenvolvê-las. Foi empregado a pesquisa qualitativa por meio de entrevistas semiestruturadas com os professores e pedagogos de cinco escolas. Os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental foram entrevistados por meio de questionário com questões fechadas e abertas. Os resultados das entrevistas com os alunos mostraram pouca utilização das metodologias práticas por parte dos professores. Os alunos também apontaram que estes recursos didáticos estimulam o interesse e a participação, contribuindo com uma maior compreensão dos conteúdos e melhorando a aprendizagem científica. Em contrapartida, a maioria dos professores entrevistados afirmou fazer uso desse tipo de aula, apesar de apontarem inúmeros fatores que dificultam o uso desta prática. Eles citaram que a falta de laboratorista e de material, assim como de manutenção em equipamentos laboratoriais e eletrônicos são motivos que atrapalham tal execução. Ainda, foram citadas que razões como: excesso de alunos, indisciplina e a própria formação acadêmica e continuada deficitária, dificultam e causam insegurança na execução das aulas práticas. Os professores indicaram que na maioria das vezes costumam utilizar essas aulas após as explicações teóricas, demostrando uma tentativa de comprovar a teoria a partir da prática. Em relação as aulas de campo os professores indicaram que preferencialmente as fazem nas dependências da escola, citando que aspectos como contratação de transporte, autorizações e agendamentos dificultam as saídas para espaços externos à escola. Já a respeito das TDIC, foram apontados que a falta de estrutura física e de qualificação são alguns dos fatores limitantes para o uso. Os professores apontaram que a utilização das TDIC, a experimentação e aulas de campo são recursos importantes como complemento para as aulas teóricas e que seria necessária a execução de aulas práticas com maior frequência. Concluiu-se que as metodologias práticas são desejadas pelos alunos e pelos professores, porém existem fatores que limitam a execução das mesmas, apesar de serem facilitadoras no processo de ensino-aprendizagem
Abstract: Science classes are usually held in a theoretical way, which sometimes make them boring and uninteresting for students, who are usually used to taking different technological resources and show an interest in being involved in problem situations. Practical activities such as experimental classes, field trips and the use of Digital Information and Communication Technologies (TDIC – in Portuguese) are methodologies and resources that can contribute in an attractive and significant way to the effectiveness teaching and learning process in Sciences. The objective of this research was to evaluate how the teachers and students of the State Education Network of the city of Umuarama, PR, conceive and develop practical activities in science classes, verifying the reasons why they do not use these methodologies. For this, a survey was carried out to find out which strategies, resources and spaces are used in the practical classes and what the challenges are in order to develop them. Qualitative research was employed through semi-structured interviews with teachers and pedagogues from 5 schools. Students in the 9th year of Elementary School were interviewed by means of a questionnaire with closed and open questions. The results of the interviews with the students showed little use of the practical methodologies by the teachers. The students also pointed out that these didactic resources stimulate interest and participation, contributing to a greater understanding of contents and improving scientific learning. On the other hand, most teachers interviewed stated that they use this type of class, although they point out many factors that make it difficult to use this practice. They mentioned that the lack of laboratory and material, as well as maintenance in laboratory and electronic equipment are reasons that disturb such execution. It was also mentioned that reasons such as: excess of students, indiscipline and lack of academic and continuous education make it difficult and insecure in the execution of practical classes. The teachers indicated that most of the time they usually use these classes after the theoretical explanations, demonstrating an attempt to prove the theory from the practice. Regarding the field lessons, the teachers indicated that they prefer to do them in the school premises, citing that aspects such as transportation hiring, authorizations and scheduling make it difficult for students to go outside the school. Regarding the TDICs, it was pointed out that the lack of physical structure and qualification are some of the limiting factors for the use. The teachers pointed out that the use of TDICs, experimentation and field classes are important resources as a complement to the theoretical classes and that it would be necessary to perform practical classes more frequently. It was concluded that the practical methodologies are desired by students and teachers, but there are factors that limit their execution, although they are facilitators in the teaching-learning process
Keywords: Aulas práticas
Ensino Fundamental
Ensino de Ciências
Tecnologias Digitais
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Educação Matemática
Campun: Cascavel
Citation: BERTUSSO, Fernando Rodrigo. Experimentação em ciências: um olhar para a prática pedagógica na cidade de Umuarama, PR. 2019. 146 f. Mestrado em Educação em Ciências e Educação Matemática - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4666
Issue Date: 24-Apr-2019
Appears in Collections:Mestrado em Educação em Ciências e Educação Matemática (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernando Bertusso 2019.pdf3.93 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.