Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3883
Tipo do documento: Dissertação
Title: Germinação e mobilização de açucares e proteinas soluveis em sementes de Aspidosperma polyneuron Mull. Arg. submetidas ao estresse hidrico
Other Titles: Germination and mobilization of soluble sugars and proteins in Aspidosperma polyneuron seeds subjected to water stress
Autor: Rodrigues, Guilherme de Almeida Garcia 
Primeiro orientador: Fortes, Andréa Maria Teixeira
Primeiro coorientador: Corsato, Jaqueline Malagutti
Primeiro membro da banca: Fortes, Andréa Maria Teixeira
Segundo membro da banca: Silva , Shirley Martins
Terceiro membro da banca: Bortolini, Michele Fernanda
Resumo: A Aspidosperma polyneuron Müll. Arg. é uma espécie clímax nativa da Mata Atlântica e característica da Floresta Estacional Semidecidual, que está na lista de espécies ameaçadas de extinção e que é indicada para recuperação de áreas degradadas. Visando a produção de mudas de espécies florestais nativas em viveiros, que apresentem potencial para recuperação de áreas degradadas, o risco de extinção que a espécie se encontra e às mudanças climáticas que tem alterado as condições ambientais, o objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento germinativo e a degradação de açúcares solúveis totais e redutores, sacarose e proteínas solúveis nas sementes de A. polyneuron sob estresse hídrico, acompanhando a germinação e a degradação de substâncias durante o período germinativo. As variáveis analisadas para a germinação foram a porcentagem, tempo médio, índice de velocidade, frequência relativa e sincronização, enquanto para a degradação foram determinadas as alterações na quantidade de açúcares solúveis totais, açúcares redutores, sacarose, albuminas, globulinas, prolaminas e glutelinas na semente total. Os testes foram realizados em placas de Petri com três folhas de papel “germitest”, embebidas em soluções de peg 6000 em diferentes potenciais osmóticos (-0,2, -0,4, -0,6, -0,8, -1,0, -1,2 e -1,4 MPa), além de água destilada para o potencial 0,0, sendo preparadas quatro repetições de 15 sementes. Para as análises de degradação, foi utilizado 0,1 g por amostra. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial simples para a germinação, e duplo para a degradação. Na etapa de germinação, verificamos que na medida em que o potencial osmótico se tornou mais negativo, houve redução da porcentagem de germinação das sementes, sendo nula a partir de -0,8 MPa. A velocidade de germinação também foi progressivamente reduzida, levando ao aumento do tempo médio de germinação. Enquanto as sementes em nível 0,0 MPa iniciaram sua germinação no sétimo dia, aquelas expostas à -0,2 MPa levaram nove dias. Já nos potenciais de -0,4 e -0,6 MPa as sementes começaram a germinar em 12 e 14 dias, respectivamente. Na etapa de degradação, observou-se que as proteínas solúveis foram degradadas mais rapidamente em sementes submetidas à potenciais mais negativos, enquanto os açúcares solúveis totais foram degradados mais lentamente conforme o potencial hídrico diminuiu. Além disso, os açúcares solúveis totais representaram a maior parte das reservas estudadas, sendo que as glutelinas foram as proteínas mais abundantes nas sementes da espécie. A. polyneuron pode ser considerada sensível ao déficit hídrico, recomenda-se que sua produção por viveiros seja realizada em regime hídrico constante, mesmo quando se busca uma maior uniformidade na germinação.
Abstract: Aspidosperma polyneuron Müll. Arg. is a clímax species, native from Atlantic Forest and characteristic of the Stational Semideciduous Forest that is present in the list of endangered species, being indicated for reforestation of degraded areas. With the aim of producing seedlings in nurseries, this study evaluates the germination behavior and the degradation of total soluble and reducing sugars, sucrose and soluble proteins in Aspidosperma polyneuron seeds under water stress, monitoring the alterations in sugar and protein contents during germination period. The analyzed variables for germination were percentage, mean time, speed index, relative frequency and synchrony, while for degradation were determined the content alterations in quantity of total soluble sugars, reducing sugar, sucrose, albumins, globulins, prolamins and glutelins in the seed intact. The tests were conducted in Petri dishes, using three “Germitest” paper sheets, imbibed with PEG 6000 solutions in different osmotic potentials (-0.2, -0.4, -0.6, -0.8, -1.0, -1.2 e -1.4 MPa) and distilled water to represent the potential of 0.0. Four replicates of 15 seeds were prepared. For degradation analysis, 100 mg fresh mass of each sample was used. The experiment was conducted in completely randomized design, in simple factorial scheme for germination and double factorial scheme (5 collecting periods x 8 osmotic potentials) for degradation. In germination analysis, we verified that as the osmotic potential became more negative, there was a reduction in seed germination percentage, being it null from -0.8 MPa. The germination speed index was also progressively reduced, leading to the increase of germination mean time. While seeds in 0.0 MPa initiated their germination on the seventh day, the seeds exposed to -0.2 took nine days. In - 0.4 and -0.6 MPa, seeds started to germinate in 12 and 14 days, respectively. In degradation analysis, it was observed that soluble proteins were degraded faster in seeds subjected to more negative potentials, while total soluble sugars were degraded slower in lower hydric potentials. Total soluble sugars represent most part of the studied reserves, and glutelin was the most abundant protein in the species seed. A. polyneuron can be considered sensitive to water deficit. Therefore, we recommend that its production by nurseries are conducted under constant water regime, even when high germination uniformity is desired.
Keywords: Déficit hídrico
Espécie nativa
Peroba rosa
Reservas da semente
Water deficit
Native species
Pink peroba
Seed reserves
CNPq areas: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Conservação e Manejo de Recursos Naturais
Campun: Cascavel
Citation: RODRIGUES, Guilherme de Almeida Garcia. Germinação e mobilização de açucares e proteínas solúveis em sementes de Aspidosperma polyneuron Mull. Arg. submetidas ao estresse hidrico. 2018. 50 f. Dissertação (Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Conservação e Manejo de Recursos Naturais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3883
Issue Date: 16-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Guilherme_Rodrigues2018.pdf979.2 kBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons