Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3591
Tipo do documento: Dissertação
Title: A Influência do significado do dinheiro na atitude ao endividamento dos acadêmicos dos cursos de administração, do sudoeste do Paraná
Other Titles: The influence of the meaning of money in attitude to indebtedness of academics in graduation courses of administration, of southwest of Paraná
Autor: Buffon, Gabriela 
Primeiro orientador: Mello, Gilmar Ribeiro de
Primeiro membro da banca: Mello, Gilmar Ribeiro de
Segundo membro da banca: Coltre, Sandra Maria
Terceiro membro da banca: Minghini, Luciano
Resumo: Esta pesquisa consiste em verificar os fatores determinantes na atitude ao endividamento dos acadêmicos, dos primeiros e quartos anos, dos cursos de administração no Sudoeste do Paraná, no ano de 2017. Foram abordados no referencial teórico os conceitos das finanças comportamentais e endividamento os quais são essenciais para compreensão do conceito de significado do dinheiro. Para identificar o perfil dos acadêmicos utilizou-se da técnica de análise de clusters e estatística descritiva, para verificar o significado do dinheiro, a atitude ao endividamento e sua influência, utilizou-se a análise fatorial e regressão linear múltipla, respectivamente. Por fim, o teste de Wilcoxon, foi utilizado para verificar as diferenças na atitude ao endividamento. A amostra foi composta por 561 acadêmicos, sendo 341 ingressantes e 220 concluintes. Após realizar os testes foi possível averiguar que o perfil dos acadêmicos dos primeiros anos foi formado por dois clusters, o primeiro cluster retrata que os acadêmicos são mais velhos, possuem dívidas e estas estão em atraso, a principal dívida está relacionada ao cartão de crédito. A formação do cluster dois engloba acadêmicos mais jovens, os quais não possuem dívidas e a maioria não utiliza cartão de crédito. O perfil dos acadêmicos dos quartos anos, também foi formado por dois clusters. O primeiro deles foi composto por acadêmicos mais novos, que não possuem filhos, gastam grande parte da sua renda consigo e não possuem dívidas. O segundo cluster é formado por acadêmicos mais velhos, os quais possuem filhos e dependentes, gastam a maioria da sua renda com a casa, mais da metade possuem algum tipo de dívida, sendo a principal financiamento de bens imóveis. Com relação ao significado do dinheiro para os acadêmicos dos primeiros anos foram obtidos dez fatores, na Escala do Significado do Dinheiro (ESD): poder; conflito; felicidade; cultura; espiritualidade; neurose; desapego; sofrimento; interesse e estabilidade, e para a Escala de Atitude ao Endividamento foram obtidos dois fatores: preferência de pagamento e domínio. Para os acadêmicos dos quartos anos, foram extraídos sete fatores para a ESD: conflito; poder; felicidade; falsidade; cultura; espiritualidade e desapego, e para a Escala da Atitude ao Endividamento foram obtidos dois fatores: preferência de pagamento e domínio. A influência do significado do dinheiro na Preferência de Pagamento obteve os seguintes fatores significativos, para os acadêmicos dos primeiros anos: Sofrimento, Cultura e Felicidade, sendo que Cultura influenciou negativamente. Para o fator Domínio foi verificado Conflito e Espiritualidade com influência positiva. Já para os acadêmicos dos quartos anos, houve apenas uma variável que influenciou o fator Preferência de Pagamento, que foi a Espiritualidade, com influência positiva. Para o fator Domínio, as variáveis que o influenciaram foram Falsidade, Conflito e Felicidade, com influência positiva. Com relação às diferenças na atitude ao endividamento entre os acadêmicos dos primeiros e dos quartos anos, identificou-se que não há diferença, ou seja, as atitudes dos acadêmicos dos primeiros anos tenderão a serem as mesmas quando estes estiverem no quarto ano. Ressalta-se assim, a importância da educação financeira desde os anos iniciais da educação formal dos indivíduos. Em suma, acredita-se que o dinheiro possui significados, que vão muito além da troca, possuindo valores culturais e sociais.
Abstract: This research consists on verifying the defining factors in attitude to indebtedness in academics, of first and fourth years, of administration courses of southwest of Paraná, in the year 2017. In the theoretical background was covered the concepts of behavioral finance and indebtedness, which are essential to comprehension of meaning of money concept. It was utilized the technic of cluster analyses and descriptive statistics to identify the academics profiles, and was used factor analyses and multiple linear regression, to verify the meaning of money, and the attitude to indebtedness and its influence, respectively. Finally, it was utilized the Wilcoxon test to verify the differences in the attitude to indebtedness. The sample was composed by 561 academics, in which 341 are entering students and 220 are senior students. After the tests, it was possible to determine that the first year academics profile was formed by two clusters, the first cluster depicts older academics, which have debts and those were delayed, and the main debt was related to the credit card. The second cluster formation covered younger academics, which do not have debts and mostly don’t use credit card. The fourth year academics profile also was formed by two clusters. The first of them was composed by younger academics, which don’t have children, spend a large part of the income with personal spending and don’t have debts. The second cluster was formed by older academics, which have children and dependents, dedicate a large part of the budget to householding spending, more than half have some sort of debts, in which the main debt was the real state financing. In the Meaning of Money Scale (MMS) were obtained ten factors for the first year academics: power; conflict; happiness; culture; spirituality; neurosis; detachment; suffering; interest and stability. In relation to Attitude to Indebtedness Scale, were obtained two factors: payment preference and domain. The meaning of money influence on Payment Preference, for the first year academics, obtained the following significant factors: Suffering, Culture and Happiness, where Culture had negative influence. And for Domain, were found Conflict and Spirituality with positive influence. As for the fourth year academics, only one variable had influence on Payment Preference factor, which was Spirituality, with positive influence. The Domain factor was determined by Falsity, Conflict and Happiness variables, with positive influence. Were not identified difference between the first and fourth years academics in relation to the attitude to indebtedness, in other words, the first year academics attitudes will be the same when they reach the fourth year. It is highlighted the importance of financial education since the initial years of the formal education. In short, it is believed that money have meanings, which goes far beyond the exchange, having cultural and social values.
Keywords: Endividamento
Significado do Dinheiro
Administração
Indebtedness
Meaning of Money
Administration Course
CNPq areas: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Program: Programa de Pós-Graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional
Campun: Francisco Beltrão
Citation: BUFFON, Gabriela. A Influência do significado do dinheiro na atitude ao endividamento dos acadêmicos dos cursos de administração, do sudoeste do Paraná. 2018. 106 f. Dissertação (Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Francisco Beltrão, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3591
Issue Date: 21-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional (FBE)



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons