Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3482
Tipo do documento: Dissertação
Title: A distribuição funcional do fitoplâncton prediz a variabilidade ambiental entre dois rios subtropicais
Other Titles: Functional phytoplankton distribution predict the environmental variability between two subtropical rivers
Autor: Aquino, Camila Akemy Nabeshima 
Primeiro orientador: Bueno , Norma Catarina
Primeiro coorientador: Sébastien , Nyamien Yahaut
Primeiro membro da banca: Bueno , Norma Catarina
Segundo membro da banca: Guimarães , Ana Tereza Bittencourt
Terceiro membro da banca: Jati , Susicley
Resumo: A diversidade dos traços fitoplanctônicos fornece um poderoso recurso para abordar as questões da 13 ecologia e pode ser adotada para simplificar e prever a estrutura da comunidade, em função dos múltiplos 14 filtros ambientais que operam nos diferentes ecossistemas. Assim, avaliamos a resposta dos grupos 15 funcionais fitoplanctônicos de dois rios subtropicais em escala temporal, identificando os principais filtros 16 ambientais associados à presença dos diferentes grupos e seus traços funcionais durante um ciclo sazonal. 17 Com a análise multivariada, encontramos uma dissimilaridade ambiental prevista pela presença de 18 diferentes grupos funcionais nos rios. Foram registrados seis GFs: J (clorofíceas clorococcales), M 19 (cianobactérias coloniais), N (desmídias), W1 (euglenofíceas), X2 (clorofíceas unicelulares flageladas) e 20 F (clorofíceas coloniais flageladas). Os GFs J, M e N eram exclusivos do primeiro rio, enquanto X2 e F 21 eram exclusivos do segundo rio. GF W1 foi registrado em ambos os rios, no entanto, a maior contribuição 22 ocorreu no segundo rio. Assim, os GFs refletiram a dissimilaridade ambiental, principalmente relacionada 23 às condições de fluxo de água, condutividade, disponibilidade de luz e profundidade dos ambientes. Em 24 vista dos resultados obtidos, o agrupamento funcional considerado uma ferramenta relevante na ecologia 25 do fitoplâncton, oferece um meio prático para investigar a relação entre o fitoplâncton e o funcionamento 26 do ecossistema e consequentemente pode auxiliar na tomada de decisões para a gestão e conservação da 27 biodiversidade em ambientes lótico
Abstract: Phytoplankton traits diversity provides a powerful means to addressing ecology’s questions, and can be 43 adopted to simplify and predict the community structure, in function of the multiples environmental filters 44 that operate in the different ecosystems. Thus, we evaluated the response of phytoplankton functional 45 groups of two subtropical rivers in a temporal scale, identifying the main environmental filters associated 46 with the presence of the different groups and their functional traits during a seasonal cycle. Using 47 multivariate analysis, we found an environmental dissimilarity predicted by the presence of different 48 functional groups in the rivers. Six GFs were recorded: J (chlorophyceans chlorococcales), M (colonial 49 cyanobacteria), N (desmids), W1 (euglenophyceans), X2 (flagellated unicellular chlorophyceans) and F 50 (flagellated colonial chlorophyceans). The GFs J, M and N were exclusive to the first river, while X2 and 51 F were exclusive to the second river. GF W1 was recorded in both rivers, however, its greatest 52 contribution occurred to the second river. Thus, the GFs reflected the environmental dissimilarity, mainly 53 related to the conditions of water flux, conductivity, light availability and depth of the environments. In 54 view of the obtained results, the functional grouping considered a relevant tool in phytoplankton ecology, 55 offers a practical means to investigating the relation between phytoplankton and ecosystem functioning, 56 and consequently can assist in decision-making for the management and conservation of the biodiversity 57 in lotic environments
Keywords: Filtro ambiental
Dinâmica funcional
Ecossistema lótico
Algas planctônicas
Grupos funcionais de Reynolds
Environmental filtering
Functional dynamics
Lotic ecosystem
Planktonic algae
Reynolds`s functional groups
CNPq areas: CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Conservação e Manejo de Recursos Naturais
Campun: Cascavel
Citation: AQUINO, Camila Akemy Nabeshima. A distribuição funcional do fitoplâncton prediz a variabilidade ambiental entre dois rios subtropicais. 2017. 65 f. Dissertação( Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3482
Issue Date: 31-Mar-2017
Appears in Collections:Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Camila _Aquino2017.pdfTexto completo3.69 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons