Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3467
Tipo do documento: Dissertação
Title: Biomarcadores histológicos em um peixe loricarideo (Ancistrus mullerae): relação entre uso antrópico do solo no entorno de riachos neotropicais e histopatologias mais severas
Other Titles: Histological biomarkers in a loricariid fish (Ancistrus mullerae): relationship between anthropic land use in surrounding neotropical streams and histopatology more severe.
Autor: Neves, Mayara Pereira 
Primeiro orientador: Delariva , Rosilene Luciana
Primeiro membro da banca: Amorim , João Paulo de Arruda
Segundo membro da banca: Ghisi, Nédia de Castilhos
Terceiro membro da banca: Kashiwaqui, Elaine Antoniassi Luiz
Resumo: Os ambientes aquáticos são ecossistemas dependentes dos vários usos e ocupação da bacia, sendo inclusive, sujeitos a contaminação por vários poluentes. Nesse contexto, o presente estudo teve como objetivo avaliar biomarcadores histopatológicos de brânquias e fígado de um cascudo, Ancistrus mullerae, a fim de testar a hipótese de que em ambientes sob intensa utilização do entorno por atividades agrícolas, ocorram histopatologias mais severas. As amostragens foram realizadas por meio da técnica de pesca elétrica, em sete riachos, na bacia do baixo Iguaçu, em agosto/2015 e fevereiro/2016. Brânquias e fígados foram processados de acordo com a rotina histológica e analisados por meio de microscopia de luz. As alterações histopatológicas observadas nos peixes dos riachos com maior porcentagem de cobertura vegetal nativa foram consideradas moderadas e indicaram o funcionamento normal do órgão (edema, hiperplasia, infiltração leucocitária). Em riachos com maior influência agrícola, foram registrados danos moderados a graves (aneurisma, vacuolização e degeneração citoplasmática, núcleo picnótico). A abundância de células de cloreto aumentou significativamente nas brânquias de A. mullerae coletados em riachos rurais. Além disso, na maioria dos riachos, as células de muco foram mais abundantes no período chuvoso. Observaram-se diferenças significativas no índice histopatológico (IH) de brânquia e fígado, onde ocorreram alterações histopatológicas graves em peixes cujos riachos apresentaram maior influência agrícola. As alterações foram mais graves no fígado do que nas brânquias, fato relacionado com seu papel fundamental na desintoxicação dos xenobióticos. Concluímos que o maior uso e ocupação do solo por atividades agrícolas causam efeitos nocivos nos peixes. Assim, o nosso trabalho fornece importantes contribuições para a conservação e manejo dos recursos naturais, pois é pioneiro em demonstrar o efeito de gradientes de influência agrícola em condições de campo em biomarcadores de espécies endêmicas.
Abstract: Aquatic environments are much more dependent on their watersheds, especially for the allochthonous input of energy, as well as subject to contamination by various stressors. In this context, this study aimed to evaluate histopathological biomarkers of liver and gills of catfish endemic, in order to test the hypothesis that in environments under intense land use by agricultural activities occur histopathological alterations more severe. Samples were collected by electrofishing technique in seven streams in the Lower Iguaçu basin quarterly from August 2015 to February 2016. Gills and livers were processed according to routine histological and examined by light microscopy. The histopathological alterations observed in fish from the streams with higher percentage of natural vegetation cover were considered modest and indicated normal functioning of the organ (edema, hyperplasia, leukocyte infiltration). In streams with higher agricultural influence, were registered moderate damage to severe (aneurysm, vacuolization and cytoplasmic degeneration, pyknotic nucleus). The abundance of chloride cells was significantly increased in the gills of A. mullerae collected in rural streams. In addition, in most streams, mucous cells were more abundant in the rainy period. Significant differences were observed in histopathological index (HI) of gill and liver where severe histopathological alterations occurred in fish whose streams exhibit greater influence agricultural. Alterations were more severe in the liver than in gills, indeed related to its key role in detoxification of xenobiotics. We conclude that the increased agricultural use with reduction of riparian forest cause harmful effects in fish. Thus, our work provides important contributions to the conservation and management of natural resources, since it is a pioneer in demonstrating the effect of gradients of agricultural influence in field conditions on biomarkers of an endemic species
Keywords: Biomonitoramento
Loricariidae
Influência agrícola
Áreas de preservação
Biomonitoring
Loricariidae
Histopathological alterations
Agricultural influence
Preservation areas
CNPq areas: CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Conservação e Manejo de Recursos Naturais
Campun: Cascavel
Citation: NEVES, Mayara Pereira. Biomarcadores histológicos em um peixe loricarideo (Ancistrus mullerae): relação entre uso antrópico do solo no entorno de riachos neotropicais e histopatologias mais severas. 2017. 53 f. Dissertação( Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Cascavel, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3467
Issue Date: 3-Oct-2017
Appears in Collections:Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais (CVL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mayara_Neves 2017.pdfTexto completo1.65 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons