Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3121
Tipo do documento: Dissertação
Title: Acesso e permanência da classe trabalhadora na universidade pública: contradições de uma conquista
Other Titles: Access and permanence of the working class in the public university: contradictions of an conquest
Autor: Poggere, Bruna Gimenes Fereirra Arroyo 
Primeiro orientador: Klein, José Alfonso
Primeiro membro da banca: Klein, José Alfonso
Segundo membro da banca: Moreira, Júlia da Silveira
Terceiro membro da banca: Dallago, Cleonilda Sabaini Thomazini
Resumo: A presente dissertação tem como objeto de estudos as contradições do acesso e permanência da classe trabalhadora na universidade pública, que originou de inquietações decorrente do trabalho profissional como assistente social na UFPR, no Setor Palotina. Dessa maneira, nosso objetivo geral aponta por analisar as contradições acerca do acesso e permanência da classe trabalhadora na universidade pública no Brasil, a partir da proposta de contrarreforma da educação superior, incitada no início do século XXI. A pesquisa teve como limitação geográfica a UFPR- Setor Palotina. Os limites históricos para fundamentar a pesquisa se deu de 2003 a 2014, a partir da gestão nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), sob o comando de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) e Dilma Rousseff (2011-2016), por serem períodos marcados pela ampliação do acesso ao ensino superior no Brasil. A pesquisa se propôs qualitativa, mas também lançamos mão de dados quantitativos, por entender que dados estatísticos podem comprovar as contradições expostas na relação capital e trabalho. Nosso banco de dados para pesquisa foi a UFPR, mais especificamente, o Setor Palotina, que foi fruto do REUNI. Para fundamentar nossa pesquisa, buscamos conhecer a relação entre capital, trabalho, Estado e o ensino superior. Identificamos que o Estado, como comitê executivo da burguesia, utiliza-se do ensino superior para qualificar a força de trabalho no atendimento às demandas do capital. Analisamos a política de ensino superior de FHC e posteriormente as gestões do PT no Brasil. Identificamos que Lula da Silva e Dilma Rousseff, optaram por uma política econômica atrelada ao desenvolvimento social, objetivando o atendimento da burguesia interna, que alguns autores chamam de "reforma" neoliberal ou neodesenvolvimentismo. Estabelecemos por analisar alguns programas que identificamos como propulsores da contrarreforma do ensino superior no Brasil neste período: PROUNI, FIES, EAD, Lei de Inovações Tecnológicas, REUNI e PNAES. Por fim, analisamos os dados de acesso e permanência dos estudantes da UFPR- Setor Palotina, à medida que foi possível identificar as contradições da expansão do REUNI. Concluímos que, a UFPR - Setor Palotina está enredada nos paradoxos do sistema capitalista, constituindo-se como exemplo singular dos mecanismos de controle e enraizamento das diretrizes políticas e econômicas para permanente hegemonia deste modo de produção, cujo único objetivo é a obtenção de lucro sobre o trabalho alienado.
Abstract: The present dissertation has as object of studies the contradictions of the access and permanence of the working class in the public university, that originated from the restlessness arising from the professional work as social worker in UFPR, in the Palotina Sector. Thus, our general objective is to analyze the contradictions about the access and permanence of the working class in the public university in Brazil, from the against reform proposal of higher education, incited at the beginning of the 21st century. The research was geographically limited to UFPR - Palotina Sector. The historical limits to support the research came from 2003 to 2014, based on the national management of the Workers' Party (PT), under the command of Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) and Dilma Rousseff (2011-2016), being periods marked by expansion access to higher education in Brazil. The research was qualitative, but we also use quantitative data, by understanding that statistical data can prove the contradictions exposed in the relation capital and work. Our database for research was UFPR, more specifically, the Palotina Sector, which was the fruit of REUNI. In order to base our research, we seek to know the relation between capital, work, State and higher education. We identified that the State, as executive committee of the bourgeoisie, uses higher education to qualify the workforce in attendance the demands of capital. We analyze the politics of higher education of FHC and posteriorly the administrations of the PT in the Brazil, we identified that Lula da Silva and Dilma Rousseff opted for an economic policy linked to social development, aiming at the attendance of the national bourgeoisie, which some authors call 'reform' neoliberal or neodevelopment. We stablish to analyze some of the programs that we identified as propellers of counterreform in higher education in Brazil during this period: PROUNI, FIES, EAD, Technological Innovations Law, REUNI and PNAES. Finally, we analyzed the access and permanence data of the students of the UFPR - Palotina Sector, as it was possible to identify the contradictions of the expansion of REUNI. We conclude that the UFPR - Palotina Sector is entangled in the paradoxes of the capitalist system, constituting as a singular example of the mechanisms of control and rooting of the political and economic guidelines for permanent hegemony of this mode of production, whose only objective is to obtain profit on the alienated work.
Keywords: UFPR
Partido dos Trabalhadores
Qualificação profissional
Universidade pública
Neoliberalismo
Political Party of Workers
Professional qualification
Public university
Neoliberalism
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Campun: Toledo
Citation: POGGERE, Bruna Gimenes Fereirra Arroyo. Acesso e permanência da classe trabalhadora na universidade pública: contradições de uma conquista. 2017. 182 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3121
Issue Date: 9-May-2017
Appears in Collections:Mestrado em Serviço Social (TOL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Bruna_G_F_A_Poggere_2017.pdf2.42 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.