Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3025
Tipo do documento: Dissertação
Title: Mercado de trabalho formal na região sul do Brasil: análise das desigualdades salariais entre homens e mulheres
Other Titles: The formal work market in the southern region of Brazil: analysis of wage inequalities between men and women
Autor: Mattei, Taíse Fátima 
Primeiro orientador: Bezerra, Fernanda Mendes
Primeiro membro da banca: Bezerra, Fernanda Mendes
Segundo membro da banca: Moraes, Marcelo Lopes de
Terceiro membro da banca: Maia, Katy
Resumo: O Brasil é marcado por elevadas desigualdades sociais e econômicas, tanto entre regiões como entre as pessoas. No mercado de trabalho tais desigualdades também se verificam, principalmente com relação a cargos e salários entre homens e mulheres. Algumas teorias podem ser usadas para explicação dessas desigualdades salariais, dentre elas, pode-se citar a teoria do capital humano, da segmentação e da discriminação. Dessa forma, esse estudo partirá dessas teorias para tentar explicar as desigualdades salariais nos estados da Região Sul do Brasil, os quais estão entre os mais desenvolvidos, e também apresentam significativas desigualdades salariais, sendo, portanto, importante conhecer suas particularidades para tentar minimizar as diferenças existentes. Partindo da ideia que existem diferenças salariais entre homens e mulheres, o objetivo desta pesquisa é explicar as diferenças salariais existentes no mercado de trabalho de cada estado da Região Sul do Brasil nos anos 2000, 2007 e 2014, e também nos setores econômicos dos estados, com base nas teorias que buscam explicar as desigualdades salariais. Para esta finalidade, serão estimadas equações Mincerianas de salários e utilizado o método de decomposição de rendimentos de Oaxaca-Blinder, que servirá para decompor as diferenças salariais em aspectos observáveis e não observáveis. Os dados utilizados na pesquisa são provenientes da RAIS – Relação Anual de Informações Sociais, desenvolvido pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Essa pesquisa se torna relevante à medida que a identificação das características do mercado de trabalho, e o conhecimento das causas das diferenças salariais, têm importantes implicações para a eficácia das políticas públicas. Além disso, dadas as elevadas desigualdades sociais do Brasil, analisar os determinantes das diferenças salariais se torna relevante para o estudo da realidade brasileira. Os principais resultados revelaram que as diferenças salariais, em termos percentuais, entre homens e mulheres, diminuíram no período analisado nos três estados. No mesmo sentido, a discriminação salarial contra as mulheres também diminuiu no período, sendo, no entanto, o principal componente a explicar as diferenças salariais entre homens e mulheres em todos os estados. Além disso, percebeu-se que, no mercado de trabalho e na análise intrassetorial dos três estados, as variáveis de segmentação contribuíram muito pouco para a explicação das diferenças salariais, já as variáveis de capital humano, muitas vezes, contribuíam para reduzir as diferenças, sendo estas explicadas, quase que totalmente, pela discriminação contra a mulher. Dessa forma, sugere-se a necessidade de que se desenvolvam políticas voltadas ao combate da discriminação no mercado de trabalho, buscando assim diminuir as desigualdades salariais
Abstract: Brazil is marked by high social and economic inequalities, as well between regions as between people. In the formal work market such inequalities also turn out, mainly with relation the jobs and salaries between men and women. Some theories can be used for explanation these wage inequalities, among them, for example the theory of human capital, segmentation and discrimination. That way, this essay will leave these theories to try to explain the wage inequalities in the Southern region states of Brazil, that are between the most developed, and also present significant wage inequalities, therefore, being important to know its characteristics to try to minimize the differences existing. Starting from the idea that there are wage inequalities with men and women, the objective of essay is to explain the wage inequalities existing in the formal work market in each state of Southern region of Brazil in 2000, 2007 and 2014, and also in the economic sectors of the states, based on theories that seek to explain the wage inequalities. For this purpose, Mincer equations will be estimated using Blinder-Oaxaca decomposition technique, that will suit to decompose the wage inequalities in observable and unobservable aspects. The data used in the research are from RAIS- Annual Relation of Social Informations, developed by the Ministry of Labor and Employement. This research is relevant as the identification of characteristics of formal work market, and the knowledge of causes of wage inequalities have important implications for the effectiveness of public policies. Moreover, given the high social inequalities in Brazil, analyze the determinants of wage inequalities is relevant for the essay of Brazilian reality. The main results revealed that wage inequalities with men and women decreased in the period analyzed in the three states. Similarly, the wage discrimination against the women also decreased in the period, however, the main component to explain the wage inequalities with men and women in all states. In addition, it was noted that in work market and intrasectoral analysis of the three states, the segmentation variables contributed very little to explain wage inequalities, but the human capital variable, often contributed to reduce the differences, these being explained almost entirely by discrimination against women. Thus, it is suggested the need to develop policies aimed at combating discrimination in the work market, thus seeking to reduce wage inequalities.
Keywords: Capital humano
Discriminação
Região Sul
Segmentação
Setores de atividades econômicas
Human capital
Descrimination
Southern region
Segmentation
Sectors of economic activities
CNPq areas: ECONOMIA DOS RECURSOS HUMANOS::MERCADO DE TRABALHO; POLITICA DO GOVERNO
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Program: Programa de Pós-Graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional
Campun: Francisco Beltrão
Citation: MATTEI, Taíse Fátima. Mercado de trabalho formal na região sul do Brasil: análise das desigualdades salariais entre homens e mulheres. 2016. 147 f. Dissertação (Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Francisco Beltrão, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3025
Issue Date: 28-Oct-2016
Appears in Collections:Mestrado em Gestão e Desenvolvimento Regional (FBE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Taise F. Mattei 2016.pdf3.3 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons