Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2451
Tipo do documento: Dissertação
Title: II mulino Del Po: entre a história e a ficção na escritura de Bacchelli
Other Titles: The Mill On The Po: the History and the fiction in the Bacchelli s writing
Autor: Tasca, Odete da Glória Oliveira 
Primeiro orientador: Fiuza, Adriana Aparecida de Figueiredo
Primeiro coorientador: Cruz, Antonio Donizeti da
Primeiro membro da banca: Fleck, Gilmei Franscisco
Segundo membro da banca: Fioruci, Wellington Ricardo
Resumo: RESUMO: Este trabalho apresenta uma leitura da trilogia Il mulino del Po (1957), de Riccardo Bacchelli, obra que retrata a complexa história de uma família de moleiros, vista em três gerações sucessivas, abrangendo um século de história: o período que vai desde a derrota de Napoleão na Rússia (1812) até a Primeira Guerra Mundial (1918). Retrata o banditismo e os primeiros conflitos sociais que se deram no contexto da luta pelo Ressurgimento e Unificação da Itália. Na perspectiva dos estudos comparados, a partir das reflexões de Coutinho e Carvalhal (1994), Georg Lukács (2011), Celia Fernández Prieto (2003), entre outros, estabelecese um confronto entre os três romances que compõem a trilogia bacchelliana, a fim de comparar o discurso da ficção com o discurso da história, para verificar como a história da Itália dialoga com a ficção no romance. É objetivo também dessa pesquisa, a partir de fragmentos do romance, analisar a poeticidade do discurso literário na releitura da história, verificando de que modo aquele ficcionaliza a história oficial e mostra como as massas populares começam a se dar conta de que elas são o motor da história. Ao tratar da história da constituição da Itália, a obra também retrata a busca por uma identidade nacional neste contexto. Percebese, portanto, que Bacchelli trata os eventos históricos a partir de uma linguagem polissêmica e metafórica, dando ênfase também à questão do discurso religioso, fazendo com que o leitor perceba, além do episódio histórico, uma visão religiosa na narrativa, originada de tradições e lendas populares. Após algumas análises sobre a relação das personagens com as adversidades da vida, percebese que os seres humanos, na visão de Bacchelli, como seres temporais e históricos, estão sujeitos ao fluxo da história e à sua força irresistível, mas ao mesmo tempo, por meio da matéria que a história lhes oferece, eles têm que construir suas vidas e confrontarse com seus destinos eternos, dos quais também são responsáveis. Temse, portanto, uma representação da vida humana entre os acontecimentos materiais da existência e o sentido que se coloca para além da história.
Abstract: ABSTRACT: This article presents an analysis of the trilogy The Mill on the Po (1957), by Riccardo Bacchelli, a piece of work that portrays the complex story of a family of millers, which is seen in three successive generations. The novels include events of a whole century of history: from the period of Napoleon s defeat in Russia (1812) until the First World War (1918), and it depicts the banditry and the first social conflicts that occurred in the context of the struggle for Resurgence and Unification of Italy. In the perspective of the comparative studies and based upon reflections of writers such as Coutinho and Carvalhal (1994), Georg Lukacs (2011), Celia Fernández Prieto (2003), among others, a confrontation between the three novels that form the Bacchellian trilogy is established to compare the discourse of fiction with the discourse of History. This is done to acknowledge how the History of Italy dialogues with the fiction presented in the novel. It is also the objective of this research,through the use of some specific fragments of the novel, to analyze the poetic literary discourse in the rereading of the story, making sure the way the first one fictionalizes the official story and toshow how the popular masses begin to realize that they are the engine history. About the history of Italy s constitution, the novel also portrays the search for a national identity in this context. We notice, therefore, how Bacchelli s writing poeticizes the History through the use of a polysemic and metaphorical language, emphasizing also the question of religious discourse, making the reader notice, beyond the historical episode, a religious vision in the narrative, originated from popular traditions and legends. After some analysis of the characters relationship through life adversities, it is possible to comprehend that the human beings in Bacchelli s vision are temporal and historical beings. They are subjects of the flow of History and its irresistible force, but at the same time, through the matter that the History offers them, they have to build up their lives and confront their eternal destiny, for what they are also responsible. There is, consequently, a representation of human life in Bacchelli s writing between the material events of the human existence and the direction that is set beyond History
Keywords: Literatura e História
Romance histórico clássico italiano
O Moinho do Pó
Riccardo Bacchelli
Literature and History
Italian Classic Historical Novel
The Mill on the Po
Riccardo Bacchelli
CNPq areas: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Linguagem e Sociedade
Program: Programa de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Letras
Citation: TASCA, Odete da Glória Oliveira. The Mill On The Po: the History and the fiction in the Bacchelli s writing. 2016. 138 f. Dissertação (Mestrado em Linguagem e Sociedade) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2451
Issue Date: 14-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Letras (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Odete_tasca.pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.