Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2426
Tipo do documento: Tese
Title: Língua(s) de fronteira: o ensino da Língua Espanhola em Guaíra, Paraná
Other Titles: Border Language(s): Spanish Language Teaching in Guaíra, Paraná
Autor: Ribeiro, Simone Beatriz Cordeiro 
Primeiro orientador: Borstel, Clarice Nadir Von
Primeiro membro da banca: Coito, Roselene de Fatima
Segundo membro da banca: Castela, Greice da Silva
Terceiro membro da banca: Damke, Ciro
Quarto membro da banca: Bottega, Rita Maria Decarli
Quinto membro da banca: Costa, Rinaldo Vitor da
Resumo: Refletir sobre as políticas e planificações linguísticas em desenvolvimento e em prática é uma tentativa de compreender como as mesmas estão sendo pensadas e executadas. Como a Política Linguística é uma área de estudos que, ao agir como condutora do interesse público e da necessidade emergente da nação, administra as ações e reflexões referentes ao campo das línguas, a elaboração de uma planificação linguística que atenda aos interesses da comunidade, além de uma necessidade é uma obrigação do poder público, uma vez que demonstra a imprescindibilidade de correlacionar esses campos com abordagens relativas aos direitos linguísticos, em virtude do cenário contemporâneo em que o ensino e a aprendizagem de Línguas se encontram, lugar que, na maioria das vezes, desconsidera a realidade local ou regional. Portanto, ao refletir a esse respeito, esta Tese propõe um estudo sobre a Língua Espanhola no município de Guaíra, Paraná, como Língua de Fronteira, objetivando identificar, problematizar e argumentar em favor de uma política e de uma planificação linguística condizentes com o contexto linguístico vivenciado por este município. Para tanto, o processo investigativo inscreve-se na Linguística Aplicada, sob o viés Crítico, sustentado em Pennycook (1998, 2006), Rajagopalan (2003), Signorini e Cavalcanti (1998), e Moita Lopes (2006, 2013), acrescidos dos estudos da Sociolinguística, Labov (1983, 1986, 2008), Tarallo (2007), entre outros, nas Políticas Linguísticas, através dos estudos de Calvet (2007 [1987]), Oliveira (2003, 2010), Pereira e Costa (2011), Savedra e Lagares (2012), Rajagopalan (2013), Nicolaides et al. (2013) e von Borstel (2013), com vistas a uma abordagem linguística e política de cunho local e regional que considere o ensino da referida Língua Estrangeira Moderna, nessa região de fronteira geográfica enunciativa com o Paraguai, e, ainda, no fator histórico da região, tanto no que se refere ao povoamento e colonização espanhola após o descobrimento da América, focando o município de Guaíra, Paraná, quanto na forte presença de espanhóis, argentinos e, principalmente, paraguaios durante a exportação da erva-mate pela Companhia Matte Larangeira. Assim sendo, para fins de análise foram realizadas 33 entrevistas semiestruturadas, desenvolvidas a partir de um roteiro de entrevista que foi aplicado por meio de uma pesquisa in loco, sustentada em reflexões e leituras de cunho qualitativo, partindo dos pressupostos estabelecidos por Flick (2004), Lüdke e André (1986), entre outros. Em função da política linguística implementada no município e que prioriza o ensino da Língua Inglesa, justificou-se e argumentou-se, com base na realidade vivenciada pelos cidadãos, a importância e a validade da inserção da Língua Espanhola no currículo educacional público do Ensino Fundamental I, anos iniciais, reforçando a relevância de uma abordagem de cunho aplicado, que envolva toda a problemática advinda da contemporaneidade, orientada não somente por teorias, mas sim por problemas, e que extrapola as fronteiras da linguagem e do sociocultural
Abstract: Reflecting on language policies and language planning in development and in practice it is an attempt to understand how they are being thought and executed. As Language Policy is a field of study that, when as the conductor of the public concern and of the emerging need of a nation, it manages the actions and reflections regarding the field of languages. The drawing up of a language planning that meets community interests is a necessity, along with the fact of being a responsibility of public authorities, since it is indispensable to correlate these fields with approaches related to linguistic rights, due to the contemporary scenario in which Language teaching and learning, most of the time, is a place where local or regional reality are being ignored. Therefore, considering this regard, this Thesis proposes to study the Spanish Language in the municipality of Guaíra - Paraná as a Border Language in order to identify, to discuss and to argue in favor of a language planning and policy compatible with the linguistic context of this municipal district. Hence, this research process indexed by Applied Linguistic, under the critical bias, supported by Pennycook (1998, 2006), Rajagopalan (2003), Signorini and Cavalcanti (1998), and Moita Lopes (2006), plus Sociolinguistic studies, Labov (1983, 1986, 2008), Tarallo (2007), and others, under Language Policies, through studies of Calvet (2007 [1987]), Oliveira (2010), Pereira and Costa (2011), Savedra and Lagares (2012), Rajagopalan (2013), Nicolaides et al. (2013) and von Borstel (2013), aiming a linguistic and political approach of local and regional nature which considers that teaching the said Modern Foreign Language, in this region of geographic border discourse of Paraguay, and, also, under the factor of historical region, as either in matters of Spanish settlement and colonization after the discovery of America, with focus on the municipal district of Guaíra, Paraná, or the strong presence of Spanish, Argentinians and, mostly, Paraguaians during the Matte Larangeira Company's export of maté. Thus, for the purpose of analysis, the applied method was in situ research using 33 semi-structured interviews, applying an script based on reflections and readings of qualitative approach, from theories by Flick (2004), Lüdke and André (1986), and others. According to the language policy applied in the above said municipal district where teaching of the English Language is a priority, this work justifies and argues, based on the context experienced by its citizens, the importance and common sense of introducing the Spanish Language in the educational curriculum of primary schools, beginning years, of the Brazilian educational system, enhancing the relevance of having an applied approach that involves the whole resulting contemporary problem, coached not only by theories but also by problems in order to understand language and sociocultural borders
Keywords: Língua(s) de Fronteira
Língua Espanhola
Políticas e Planificações Linguísticas
Direitos Linguísticos
Ensino e Aprendizagem de Línguas
Border Language(s)
Spanish Language
Language Planning and Policies
Linguistic Rights
Teaching and Learning Languages
CNPq areas: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Linguagem e Sociedade
Program: Programa de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Letras
Citation: RIBEIRO, Simone Beatriz Cordeiro. Border Language(s): Spanish Language Teaching in Guaíra, Paraná. 2015. 261 f. Tese (Doutorado em Linguagem e Sociedade) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2426
Issue Date: 20-Feb-2015
Appears in Collections:Doutorado em Letras (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
SIMONE B_ C RIBEIRO.pdf5.15 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.