Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/801
Tipo do documento: Dissertação
Title: Velocidade de decomposição da fitomassa do crambe em Latossolo argiloso sob sistemas de manejo
Other Titles: Rate of decomposition of crambe phytomass on oxisol under soil management practices
Autor: Martins, Marcos Felipe Leal 
Primeiro orientador: Secco, Deonir
Primeiro coorientador: Zanão Júnior, Luiz Antônio
Primeiro membro da banca: Tokura, Luciene Kazue
Segundo membro da banca: Hojo, Ronaldo Hissayuki
Resumo: O objetivo do presente trabalho foi avaliar a velocidade de decomposição da palha em cobertura da espécie do crambe em diferentes usos e manejos do solo com base no sistema plantio direto. Buscou-se aproximar da prática adotada pelos produtores rurais da região oeste paranaense. O experimento foi conduzido na área experimental do Instituto Agronômico do Paraná - IAPAR, pólo regional de Santa Tereza do Oeste, Paraná, Brasil. Os tratamentos foram constituídos de quatro sistemas de manejo do solo, sendo estes: Sistema Plantio Direto Tradicional - SPDT -, Sistema Plantio Direto Escarificado - SPDE -, Sistema Plantio Direto Gessado - SPDG -, e Sistema Plantio Direto com Qualidade - SPDQ. Os tratamentos foram distribuídos de modo inteiramente casualizados em parcelas subdivididas no tempo com quinze macro-parcelas de 20 m x 25 m. As avaliações no tempo ocorreram aos 0 (zero), 7, 15, 30, 60, 90 e 120 dias após colheita do crambe. A determinação da decomposição seguiu-se de forma quantitativa, por meio da análise da taxa de decomposição dos resíduos culturais com o uso de litter bags . A perda média de fitomassa da cultura do crambe foi significativamente diferente (p>0,05) principalmente para o manejo SPDE e SDPG, a qual tiveram reduções respectivamente de 0,63 % dia-1 e 0,71 % dia-1. Para o tempo de meia vida o maior tempo constatado foi no sistema tratamento que continha como manejo o consórcio composto de Aveia preta cabocla + Tremoço branco, com 66 dias, já o menor tempo de meia vida foi observado para o sistema SPDE, com 45 dias. O sistema de manejo influenciou no tempo de meia-vida dos resíduos reduzindo em até 21 dias.
Abstract: The aim of this study is to evaluate the rate of decomposition of straw on crambe cover crop based on no-tillage system under different soil management practices and usages. We attempt to approach the practice adopted by farmers in the western region of Paraná. The experiment was conducted in the experimental area of the Agronomic Institute of Paraná - IAPAR, regional center of Santa Tereza do Oeste, Paraná, Brazil. The experiment consisted of four soil management practices: Traditional Tillage System - SPDT - Scarified Tillage System - SPDE - Gypsum Agricultural Tillage System - SPDG - and Tillage System with Quality - SPDQ. The treatments were distributed in randomized order on portions subdivided on time with fifteen macro-plots of 20 m x 25 m. The assessments took place on 0 (zero), 7, 15, 30, 60, 90, and 120 days after the harvest of crambe. Decomposition was determined quantitatively by the analysis of the rate of decomposition of crop residues using litterbags. The average loss of phytomass of crambe crop was significantly different (p>0,05), specially for SPDE and SDPG, which had reduction of around 0,63% day-1 and 0,71% day-1, respectively. The longest half-life period was observed on system SPDQ-12, with 66 days. The shortest half-life period was observed on system SPDE, with 45 days.
Keywords: Crambe abyssinica
Matéria orgânica
Litter bags
Tempo de meia vida
Crambe abyssinica
Organic matter
Litterbags
Half-life
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Agroenergia
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Energia na Agricultura
Citation: MARTINS, Marcos Felipe Leal. Rate of decomposition of crambe phytomass on oxisol under soil management practices. 2016. 53 f. Dissertação (Mestrado em Agroenergia) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/801
Issue Date: 26-Feb-2016
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia de Energia na Agricultura (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
_Marcos_F_Martins.pdf1.2 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.