Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/710
Tipo do documento: Dissertação
Title: Rubiaceae do Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, Brasil
Other Titles: Rubiaceae of the Iguaçu National Park, Paraná, Brazil
Autor: Toderke, Marlene Livia 
Primeiro orientador: Temponi, Lívia Godinho
Primeiro membro da banca: Silva, Shirley Martins
Segundo membro da banca: Barbosa, Maria Regina de Vasconcellos
Resumo: O Parque Nacional do Iguaçu (ParNa Iguaçu), composto pelas formações Floresta Estacional Semidecidual e Ombrófila Mista, representa o maior fragmento de Mata Atlântica de Interior do Paraná. Este estado foi extremamente devastado ao longo dos anos e o ParNa possui aproximadamente 185 mil ha, o que corresponde a 4% da cobertura vegetal original do estado. Neste bioma, a família Rubiaceae encontra-se entre as dez maiores, em relação ao número de espécies, e também apresenta um número elevado de endemismos. Este trabalho foi dividido em dois capítulos, sendo o primeiro um inventário florístico das Rubiaceae e similaridade entre áreas do ParNa Iguaçu. Para este estudo o Parque foi dividido em três áreas: Capanema, região situada ao sul do Parque, com Floresta Estacional Semidecidual; Céu Azul, mais ao norte, com transição de Floresta Estacional Semidecidual e Ombrófila Mista, e a região de Foz do Iguaçu, ao sudoeste do Parque, com Floresta Estacional Semidecidual. As análises de similaridade evidenciaram que as áreas de Capanema e Foz do Iguaçu apresentam cerca de 80% de similaridade. No segundo capítulo foram elaboradas chaves de identificação, descrições e ilustrações, além de comentários taxonômicos, ecológicos e de distribuição geográfica para as espécies. Foram identificadas 26 espécies distribuídas em 13 gêneros, sendo Psychotria o mais diverso, com cinco espécies, seguido de Borreria, Galianthe, Manettia e Palicourea com três espécies cada, Geophila com duas espécies e os demais gêneros Coccocypselum, Coussarea, Diodia, Faramea, Hamelia, Richardia e Spermacoce com apenas uma espécie cada.
Abstract: The Iguaçu National Park (ParNa Iguaçu), with Semideciduous Forest and Araucaria Forest, represents the largest fragment of the Atlantic Forest in the interior of Parana. Has been extremely devastated over the years and the Park has approximately 185.000 ha, which equivalent to 4% of the state's original vegetation. Rubiaceae is among the ten largest families in number of species and also has a high number of endemism in the Atlantic Forest. This work was divided into two sections, the first being a floristic inventory of Rubiaceae and similarity of areas within the ParNa Iguaçu. The Park was divided into three areas for this study: Capanema, located in the south with Forest Semideciduous; Céu Azul, farther north, with transition between Semideciduous Forest and Araucaria Forest and the region of Foz do Iguaçu, southwest of the park, with Semideciduous Forest. The analysis showed that the areas of Capanema and Foz do Iguaçu have about 80% similarity. In the second chapter we present identification keys, descriptions and illustrations, as well as taxonomic and ecological comments and distribution of the species. We identified 26 species in 13 genera, Psychotria being the most diverse, with five species, followed by Borreria, Galianthe, Manettia and Palicourea with three species each, Geophila with two species, and the other genera, Coccocypselum Coussarea, Diodia, Faramea, Hamelia, Richardia and Spermacoce with only one species each.
Keywords: Flora
Mata Atlântica
Levantamento Florístico
Taxonomia
Flora
Atlantic Forest
Floristic survey
taxonomy
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Conservação e Manejo de Recursos Naturais
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Conservação e Manejo de Recursos Naturais
Citation: TODERKE, Marlene Livia. Rubiaceae of the Iguaçu National Park, Paraná, Brazil. 2015. 127 f. Dissertação (Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/710
Issue Date: 9-Jul-2015
Appears in Collections:Mestrado em Conservação e Manejo de Recursos Naturais (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Marlene Livia_ Toderke.pdf2.84 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.