Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/646
Tipo do documento: Dissertação
Title: Atributos da Atenção Primária à Saúde da Criança: avaliação sob a ótica dos cuidadores
Other Titles: Attributes of primary health care for children: review from the perspective of caregivers
Autor: Araujo, Juliane Pagliari 
Primeiro orientador: Viera, Cláudia Silveira
Resumo: Introdução: A Atenção Primária à Saúde (APS) é uma estratégia de organização e reorganização do sistema de saúde, bem como da mudança na prática clínico-assistencial, constituindo-se no primeiro nível de atenção. Segundo o referencial teórico postulado por Starfield, a APS é caracterizada por atributos essenciais: acesso de primeiro contato, longitudinalidade, integralidade e coordenação da atenção; e atributos derivados: orientação familiar, orientação comunitária e competência cultural, os quais devem estar presentes nos serviços de saúde para que realmente este esteja orientado para a APS. A partir da avaliação da presença e extensão dos atributos essenciais e derivados à APS, têmse elementos consistentes para identificar as fragilidades do sistema e orientar a organização dos serviços de saúde na produção do cuidado, em específico neste estudo, ao grupo populacional de zero a 12 anos incompletos. Objetivo: Avaliar o grau de orientação da atenção primária à saúde da criança em relação à extensão dos atributos da APS. Metodologia: Trata-se de um estudo quantitativo, do tipo avaliativo. Foram realizadas 548 entrevistas com cuidadores de crianças menores de 12 anos atendidas nas 24 unidades de saúde da área urbana do município de Cascavel- PR. As entrevistas foram conduzidas por instrumento próprio denominado Instrumento de Avaliação da Atenção Primária - PCATool - Brasil versão criança, bem como, por um instrumento formulado pelo grupo de pesquisa, com relação aos aspectos socioeconômicos das famílias. A coleta de dados ocorreu nos meses de outubro de 2012 e fevereiro de 2013. Os dados foram digitados em um banco de dados criado no programa Excel 2010, com dupla entrada e conferência dos dados para maior confiabilidade, posteriormente enviados para o software SPSS 17.0, sendo calculado a média, erro padrão, mínima e máxima. As amostras descritivas foram apresentadas por frequências absolutas e relativas. Para obter o escore essencial da APS, foi calculada a média geral dos atributos e dividido pelo número de atributos. Para comparação da presença e extensão dos atributos utilizou-se como ponto de corte os valores de escores &#8805;6,6, definidos como elevados e valores <6,6 considerados baixos/insatisfatórios. Resultados: Os dados analisados demonstraram que os serviços básicos de saúde pública do município de Cascavel-PR, não apresentam orientação para a APS, pois os atributos essenciais e derivados não foram reconhecidos em sua extensão e totalidade pelos cuidadores das crianças que utilizam esses serviços. O escore geral da APS foi 6,3, demonstrando a não orientação da APS para a atenção primária à criança, contribuindo para a não resolutividade da assistência prestada. O atributo acesso de primeiro contato obteve escore médio satisfatório no processo do cuidado utilização (8,6), porém, relativo à estrutura do cuidado acessibilidade- o escore 5,5 aponta fragilidade nesse atributo. O baixo escore da estrutura implica em dificuldades de acesso das crianças aos serviços, bem como, deficiência de estrutura organizacional e recursos humanos para uma assistência integral e de qualidade voltada à saúde infantil. A longitudinalidade também apresentou baixo escore (6,1), apontando dificuldade de interação entre os serviços e as famílias das crianças ao longo do tempo, o qual implica em um cuidado fragmentado e pouco resolutivo. Na avaliação da integralidade da atenção, os serviços disponíveis e os serviços prestados apresentaram escores médios insatisfatórios (6,0 e 6,1 respectivamente). Nesse sentido, tem-se a necessidade de ampliação dos serviços ofertados pela atenção primária para que o cuidado à criança possa ser resolutivo nesse ponto da atenção. Dos atributos essenciais, o único a apresentar escores satisfatórios na estrutura (7,4) e no processo (6,9) do cuidado referiu-se à coordenação da atenção. Os atributos derivados orientação familiar (4,4) e orientação comunitária (5,1) apresentaram escores aquém do considerado satisfatório, não integrando a família e a comunidade no cuidado à criança. Considerações: Percebe-se a dificuldade de orientação para a APS nos serviços de saúde avaliados pela falta de total extensão dos atributos da APS no cuidado, fortalecendo a cultura de assistência curativa e centrada no indivíduo. Salienta-se a necessidade de ampliação da rede de Estratégia Saúde da Família no município, alterando o processo de cuidado e o modelo assistencial, assim como a adoção de um sistema integrado de serviços de saúde. O fortalecimento da APS pode resultar em melhores condições de saúde da população infantil, tendendo à redução da morbimortalidade por causas evitáveis
Abstract: Introduction: The Primary Health Care (PHC) is a strategy of organization and reorganization of the health system as well as the change in clinical care practice, constituting the first level of care. According to the theory postulated by Starfield, PHC is characterized by essential attributes: first contact access, longitudinality, comprehensiveness, and coordination of care, and derived attributes: family counseling, community orientation and cultural competence, which must be present in the service health so that this is really oriented PHC. From the evaluation of the presence and extent of the essential attributes and derived the PHC, have become consistent elements to identify the weaknesses of the system and guide the organization of health care services in production, specifically in this study, the population group zero to 12 years old. Objective: To evaluate the degree of orientation of the primary health care of the child in relation to the extension of the attributes of PHC. Methodology: This is a quantitative study, the evaluative. 548 interviews with caregivers of children younger than 12 years who were treated in 24 health units in the urban area of the city of Cascavel - PR were performed. The interviews were conducted by special act called Assessment Tool Primary - PCATool - Brazil child version , as well as by an instrument made by the research group, in relation to socioeconomic families. Data collection occurred from October 2012 and February 2013. Data were entered into a database created in Excel 2010 program, with double entry and checking of data for greater reliability, then sent to the software SPSS 17.0, the mean, standard error, minimum and maximum being calculated. Descriptive samples were presented as absolute and relative frequencies. For the bulk of the PHC score, the overall average of the attributes was calculated and divided by the number of attributes. For comparison of the presence and extent of attributes was used as cutoff values &#8805; 6.6 scores, defined as high and values < 6.6 were considered low/unsatisfactory. Results: The data showed that the basic public health services of the city of Cascavel - PR, does not have guidance for PHC because the essential attributes and derivatives were not recognized in their full extent and caregivers of children using these services. The overall score of APS was 6,3, demonstrating the lack of guidance PHC for primary care to the child, not contributing to solving the healthcare provided. The access attribute of first contact had satisfactory mean score in the care process - using (8,6), however, on the structure of care - accessibility - score 5.5 points fragility in this attribute. The low score of the structure implies difficulties in children access to services, as well as deficiency of organizational structure and human resources for comprehensive care and quality focused on child health. The longitudinality also showed low score (6,1), indicating the difficulty of interaction between services and families of children over time, which implies a fragmented and poorly resolutive care. In the evaluation of integrated care services available and services produced unsatisfactory average scores (6,0 and 6,1 respectively). In this sense, there is a need to expand the services offered by the primary care for the child care may be resolving this point of attention. Essential attributes, the one to submit satisfactory scores on the structure (7,4) and the process (6,9) care referred to the coordination of care. Derived attributes - family orientation (4,4) and community orientation (5,1) had scores below the satisfactory, non integrating family and community in child care. Considerations: We can see the difficulty of guidance for PHC in health services measured by the lack of full extension of the APS attributes of care, strengthening the culture of curative care and focused on the individual. We emphasize the need for expansion of the Family Health Strategy services in the city, changing the process of care and assistance model, as well as the adoption of an integrated system of health services. Strengthening of PHC can result in better health of the child population, tending to reduce morbidity and mortality from preventable causes
Keywords: Atenção primária à saúde
Avaliação em saúde
Saúde da criança
Primary health care
Health evaluation
Child health
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biociências e Saúde
Citation: ARAUJO, Juliane Pagliari. Attributes of primary health care for children: review from the perspective of caregivers. 2014. 192 f. Dissertação (Mestrado em Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/646
Issue Date: 17-Feb-2014
Appears in Collections:Mestrado em Biociências e Saúde (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Juliane Araujo.pdf3.5 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.