Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4727
Tipo do documento: Tese
Title: A pré-reflexividade do personagem na ficção sartriana
Other Titles: The pre-reflexivity of the character in Sartre fiction
Autor: Santos, Tiago Soares dos 
Primeiro orientador: Silva, Claudinei Aparecido de Freitas da
Primeiro membro da banca: Silva, Claudinei Aparecido de Freitas da
Segundo membro da banca: Carrasco, Alexandre de Oliveira Torres
Terceiro membro da banca: Perius, Cristiano
Quarto membro da banca: Souza, Thana Mara de
Quinto membro da banca: Silva, Franklin Leopoldo e
Resumo: Com base na produção intelectual de Jean-Paul Sartre, nas obras filosóficas "Transcendência do Ego", "O Ser e o Nada: ensaio de uma ontologia Fenomenológica", "Que é Literatura?", "Esboço para uma Teoria das Emoções", "Imaginação e Imaginário" e nas obras literárias "A Náusea", "As Moscas" e "Idade da Razão", o texto doutoral busca explicar a relação dialógica entre filosofia e literatura, em especial, no que tange à transição do modo irrefletido ao reflexivo da consciência. A pesquisa visa, então, analisar os aspectos conceituais que envolvem temas candentes, como as ideias de liberdade, de angústia, de responsabilidade e de engajamento, isso numa perspectiva radicalmente sartriana, bem como circunscrever certa aplicação desses conceitos à luz da experiência vivida dos personagens ficcionalmente criados. O desenvolvimento desse objetivo, portanto, percorre, nos dois primeiros capítulos, a explicitação filosófica da noção de pré-reflexividade distinta. Trata-se, portanto, da noção de reflexão que predomina uma longa tradição filosófica até chegar, por exemplo, ao idealismo fenomenológico husserliano. Daí decorre a importância capital da análise sartriana em torno da noção de cogito pré-reflexivo. Já, nos dois últimos capítulos, a análise já se concentra na reconstituição dos personagens e das obras ficcionais de Sartre em que se discutem suas imbricações com a filosofia. Os resultados da pesquisa corroboram a hipótese inicial de que a literatura é o meio mais próximo do humano, justamente por retratá-lo em sua individualidade, enquanto a filosofia, por sua vez, se distancia, a fim de acercar-se mais da universalidade. A tese, então, conclui corroborando a hipótese inicial de que a noção de pré-reflexividade opera não só como um elemento central a fim de se compreender o sentido último da noção sartriana de reflexão, mas como pano de fundo desde onde emerge o personagem criado na produção ficcional do próprio Sartre.
Abstract: The work aims to explorer, via Jean Paul Sartre philosophical and fictional, in philosophical oeuvres The Transcendence of the Ego, Being and Nothingness: An Essay on Phenomenological Ontology, What is literature? Sketch for a Theory of the Emotions, The Imagination and the Imaginary. Also, in literary oeuvres Nausea, The Flies and The Age of Reason. The dialogical relation between philosophy and literature, especially, in the transition from thoughtless to reflexive of the consciousness. Then, the research intends to analyze the conceptual aspects which involve burning issues like the freedom, distress, responsibility and engagement ideas in a radically Sartre’s perspective as well as, to circumscribe a certain application of these concepts according to the lived experience of the fictional characters. The development of this goal, therefore, covers in the first two chapters, the philosophical exemplification of the distinct pre-reflexivity notion, so the reflection notion which predominates a long philosophical tradition, until, for instance, Husserl’s phenomenological idealism. Consequently, it derives the capital importance of Sartre’s analysis on the Cogito pre-reflexive notion. Yet, in the last two chapters, the analysis will concentrate in the reconstitution of the characters and Sartre’s fictional oeuvres, in which they will talk about their overlaps with the philosophy. The research results will corroborate the initial hypothesis which the literature is the closest means to the human, just by portraying him in his individuality, while the philosophy, in turn, distances in order to approach more the universality. So, the thesis concludes supporting the initial hypothesis of the pre-reflexivity notion operates not only like a central element to understand the ultimate meaning of the Sartre’s reflection notion, but, as a background of this where arises the character created in the fictional production of Sartre himself.
Keywords: Sartre
Filosofia
Literatura
Cogito pré-reflexivo
Reflexão
Sartre
Philosophy
Literature
Pre-reflexive Cogito
Reflection.
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Humanas e Sociais
Program: Programa de Pós-Graduação em Filosofia
Campun: Toledo
Citation: SANTOS, Tiago Soares dos. A pré-reflexividade do personagem na ficção sartriana. 2019. 186 f. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4727
Issue Date: 1-Oct-2019
Appears in Collections:Doutorado em Filosofia (TOL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tiago_Santos_2019.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.