Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4417
Tipo do documento: Dissertação
Title: Caracterização físico-química e fúngica das silagens de milho utilizadas na alimentação de bovinos leiteiros na microrregião Oeste do Paraná
Autor: Fornari, Josias Luis 
Primeiro orientador: Zambom, Maximiliane Alavarse
Primeiro coorientador: Neres, Marcela Abbado
Primeiro membro da banca: Zambom, Maximiliane Alavarse
Segundo membro da banca: Nath, Caroline Daiane
Terceiro membro da banca: Jobim, Clóves Cabreira
Resumo: A diversificação dos sistemas de produção leiteiros (SPL) é representada por características distintas que acabam dificultado a padronização dos sistemas de produção. No caso da nutrição não é diferente, porém por questões climáticas e da própria tecnificação dos sistemas de produção o uso de alimentos volumosos conservados vem sendo uma realidade cada vez mais presente na nutrição dos bovinos leiteiros. O estudo teve por finalidade fazer uma caracterização físico-químico e fúngica as silagens de milho utilizadas na alimentação de bovinos leiteiros nos municípios de Marechal Cândido Rondon, Mercedes, Quatro Pontes e Toledo esses que fazem parte da microregião Oeste do Paraná. Inicialmente efetuou-se aplicados questionários guias semiestruturados para levantamento de características de produtivas e manejos produtivos em 190 sistemas de produção leiteiros. A partir destes resultados foram empregadas técnicas de formação de clusters. Foram definidos 4 grupos homogêneos e distintos. Dos quatro grupos foram sorteadas porcentagens representativas de cada grupo para coleta e avaliação das silagens, totalizando 63 sistemas de produção leiteiros, destes somente 45 SPL forneciam silagem aos animais no período das coletas. As coletas de material foram realizadas no painel do silo juntamente com um questionário sobre características do armazenamento das silagens como tempo que ficou fechado, tipos de vedação e uso de inoculante. Análises físicas como densidade, temperatura, dimensões, tamanho de partícula foram realizados “in locu”, já para análises químicas e fúngicas o material foi coletado e analisado em laboratório. As variáveis bromatológicas foram utilizadas para uma nova análise de clusters separando os SPL em 6 grupos homogêneos e distintos. Observou-se no presente estudo que 96% dos SPL utilizam alimento conservado na alimentação animal juntamente com problemas de confecção como a vedação do material onde muitos produtores fazem a vedação superior somente, mesmo com armazenamento do material feito no solo diretamente. As temperaturas dos painéis do silo ficaram muito superiores às temperaturas ambientes simbolizando possíveis desenvolvimentos de microrganismos na silagem. Para ambas as silagens a densidade ficou abaixo do recomendado demonstrando falha na compactação do material ensilado. Observou-se que a maioria produtores da região não fazem planejamento forrageiro realizando a abertura do silo antes do período mínimo para fermentação adequada para silagem. O tamanho de partícula observado para dois grupos ficou dentro do esperado exceto para a partículas maiores que 19mm. A respeito da presença de fungos nas silagens foram detectados fungos do gênero Aspergilus, Cladosporium, Fusarium, Penicilium, Phoma, Pithomyces, Rhizopus e leveduras. O desenvolvimento de fungos de todos os gêneros foi observado nos grupos um e três sendo que a quantidade de fungos por extratos foi aleatória para todos os grupos. Foram observadas correlações positivas entre determinados gêneros de fungos com temperatura, pH, tamanho de partícula maior que 19mm, matéria mineral, FDN e FDA. A qualidade das silagens de milho produzidas na região Oeste do Paraná podem ser melhoradas com maiores investimentos na confecção das mesmas, como material de vedação, tempo de compactação, regulagem do maquinário de corte e avaliação do ponto de corte.
Abstract: The diversification of dairy production systems (SPL) is characterized by distinct characteristics that make it difficult to standardize production systems. In the case of nutrition it is not different, but due to climatic issues and the very technification of the production systems, the use of preserved bulky foods has been an increasingly present reality in the nutrition of dairy cattle. The purpose of this study was to characterize the corn silages used to feed dairy cattle in the municipalities of Marechal Cândido Rondon, Mercedes, Quatro Pontes and Toledo, which are part of the western microregion of Paraná. Initially, semi-structured guide questionnaires were applied to survey productive characteristics and productive management in 190 dairy production systems. From these results clusters formation techniques were employed. Four homogeneous and distinct groups were defined. From the four groups, representative percentages of each group were selected for collection and evaluation of the silages, totaling 63 dairy production systems, of which only 45 SPL provided silage to the animals during the collection period. The material collections were carried out in the silo panel along with a questionnaire about silage storage characteristics such as time closed, types of fence and inoculant use. Physical analyzes such as density, temperature, dimensions, particle size were carried out "in locu", already for chemical and fungal analyzes the material was collected and analyzed in the laboratory. The bromatological variables were used for a new analysis of clusters separating the SPL in 6 homogeneous and distinct groups. It was observed in the present study that 96% of the SPL use food conserved in animal feed along with problems of confection as the sealing of the material where many producers make the superior seal only, even with storage of the material made in the ground directly. The temperatures of the silo panels were much higher than the ambient temperatures, symbolizing the possible development of microorganisms in the silage. For both silages the density was below the recommended one, demonstrating failure in the compaction of the ensiled material. It was observed that most producers in the region do no forage planning by opening the silo before the minimum period for proper silage fermentation. The particle size observed for two groups was within expected range except for particles larger than 19mm. Concerning the presence of fungi in the silages were detected fungi of the genus Aspergilus, Cladosporium, Fusarium, Penicilium, Phoma, Pithomyces, Rhizopus and yeasts. The development of fungi of all genera was observed in groups one and three and the amount of fungi per extracts was random for all groups. Positive correlations were observed between certain genotypes of fungi with temperature, pH, particle size greater than 19 mm, mineral matter, NDF and FDA. The quality of maize silages produced in the western region of Paraná can be improved with greater investments in their preparation, such as sealing material, compaction time, regulation of the cutting machinery and evaluation of the cutting point.
Keywords: Conservação de forragens
Confecção
Sistema de produção leiteiro
Zea mays
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: FORNARI, Josias Luis. Caracterização físico-química e fúngica das silagens de milho utilizadas na alimentação de bovinos leiteiros na microrregião Oeste do Paraná. 2019. 90 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4417
Issue Date: 29-Mar-2019
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Josias_Fornari_2019.pdf1.09 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons