Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4081
Tipo do documento: Dissertação
Title: Controle de Meloidogyne incognita em genótipos de tomateiro com extrato de semente de abacate
Autor: Kosmann, Carla Rosane 
Primeiro orientador: Stangarlin, José Renato
Primeiro coorientador: Kuhn, Odair José
Primeiro membro da banca: Kuhn, Odair José
Segundo membro da banca: Portz, Roberto Luis
Terceiro membro da banca: Stangarlin, José Renato
Resumo: Os nematoides das galhas são patógenos de grande importância econômica para várias culturas, como o tomateiro, por promoverem redução da produtividade. Métodos de controle com a utilização de extratos vegetais vem ganhando ênfase por apresentarem compostos nematicidas e indutores de resistência. O objetivo deste trabalho foi avaliar o controle de Meloidogyne incognita em tomateiros suscetível e resistente, tratados com extratos de sementes de abacate (Persea americana Mill.), veiculado em hidrogel. Para a obtenção do extrato, sementes de abacate foram cortadas e deixadas em metanol por 24 h, e passadas por duas filtragens à vácuo. A solução obtida foi roto-evaporada e ressuspensa em água destilada contendo Tween 80 (0,6%), obtendo-se as concentrações de 100, 200, 400, 800 e 1.000 mg L-1 dos extratos de coloração vermelha (EV) e marrom (EM). O tratamento controle foi representado por água destilada + Tween 80 (0,6%). Foram avaliadas a eclosão de juvenis de segundo estádio (J2) e a motilidade e mortalidade de J2. A partir dos resultados in vitro, selecionou-se a concentração mais eficiente no controle do nematoide, incorporando-a em hidrogel, que foi posteriormente seco em estufa. Após, diferentes doses deste material (0; 0,1; 0,25; 0,5; 0,75 e 1,0 g cova-1) foram adicionadas às covas realizadas para o transplante dos tomateiros. Três dias após o transplante ocorreu a inoculação com 2.067 ovos e J2 de M. incognita. Após 30 dias da inoculação foram avaliados: teor relativo de clorofila (índice SPAD), volume total de raiz, número de galhas e de massas de ovos, viabilidade das massas de ovos, número de ovos e J2 por sistema radicular e por 100 cm3 de solo. Com os dados obtidos deste ensaio em casa de vegetação, um novo experimento foi realizado, a partir da dose que proporcionou o melhor controle do nematoide. Esta foi então adicionada às covas contendo diferentes concentrações do extrato (0, 1.000, 2.000, 4.000, 6.000, e 8.000 mg L-1) no hidrogel. Passados 30 dias da inoculação com 2.184 ovos e J2 de M. incognita, foram realizadas as mesmas avaliações descritas anteriormente. Para os ensaios in vitro, o aumento da concentração dos extratos promoveu uma diminuição dos J2 eclodidos, sendo a concentração de 1.000 mg L-1 do EV, a mais efetiva nesta redução. Quanto à motilidade e mortalidade de J2, estas não foram afetados pelas diferentes concentrações dos extratos. In vivo, referente ao primeiro ensaio, a dose de 1,0 g cova-1 proporcionou maior redução deste fitonematoide em plantas suscetíveis, sendo, portanto, a escolhida para a incorporação nas covas dos tomateiros do segundo ensaio. Neste, a concentração de 8.000 mg L-1 foi a que proporcionou o controle mais eficaz de M. incognita.
Abstract: The root-knot nematodes are pathogens of great economic importance for many craps, as tomato, for promoting a reduction in crop productivity. Thus, control methods are required and the use of plant extracts is gaining emphasis due their compounds with nematicide and resistance induction properties. The objective of this work was evaluate the control of Meloidogyne incognita in susceptible and resistant tomato plants treated with avocado seed extract (Persea americana Mill.) incorporated into the hydrogel. To obtain the extract, avocado seeds were cut and left in methanol for 24 h and passed through two vacuum filtering. The obtained solution was evaporated on a rotary evaporator and resuspended in distilled water containing Tween 80 (0.6%) to give concentrations of 100, 200, 400, 800 and 1.000 mg L-1 of red color (RE) and brown color (BE) extract. The control treatment was distilled water + Tween 80 (0.6%). Hatching of juvenile second stage (J2) and motility and mortality of J2 were evaluated. From the in vitro results, we selected the most efficient concentration in controlling nematode, incorporating the hydrogel and dried in an oven. Then, this material at different doses (0; 0.1; 0.25; 0.5; 0.75 and 1.0 g pit1) were added to the soil before the transplantation of the tomato. Three days after transplanting was made the inoculation with 2.067 eggs and J2 of M. incognita. Thirty days after inoculation were evaluated: relative chlorophyll content (SPAD index), total volume of root, number of galls and eggs mass, viability of the egg mass, number of eggs and J2 per root and 100 cm3 of soil. With the data obtained from this test in a greenhouse, a new experiment was carried out from the dose that provided the best control of the nematode. This was then added to extract pits containing different concentrations (0, 1.000, 2.000, 4.000, 6.000, and 8.000 mg L-1) in the hydrogel. After 30 days of inoculation with 2.184 eggs and J2 of M. incognita, there were the same described above ratings. For in vitro assays, the extracts promoted a reduction of J2 hatched, with the concentration of 1.000 mg L-1 of RE, the most effective in this reduction. The mobility and mortality of J2 were not affected by different concentrations of the extracts. In vivo, referring to the first assay, the dose of 1.0 g pit-1 controlled the nematode in susceptible plants, and therefore was chosen for use in the second assay. In this latter, the concentration of 8.000 mg L-1 was the most effective to control M. incognita.
Keywords: Controle alternativo
Hidrogel
Motilidade
Mortalidade
Nematoide das galhas
Persea americana
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: KOSMANN, Carla Rosane. Controle de Meloidogyne incognita em genótipos de tomateiro com extrato de semente de abacate. 2016. 34 f. Dissertação ( Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4081
Issue Date: 24-Feb-2016
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carla_Kosmann_2016772.13 kBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons