Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4058
Tipo do documento: Dissertação
Title: Atributos do solo e palhada remanescente de forrageiras de inverno submetidas a diferentes manejos em sistema de integração lavoura-pecuária
Autor: Vengen, Andressa Perini 
Primeiro orientador: Oliveira, Paulo Sérgio Rabello de
Primeiro coorientador: Lana, Maria do Carmo
Segundo coorientador: Frandoloso, Jucenei Fernando
Primeiro membro da banca: Oliveira, Paulo Sérgio Rabello de
Segundo membro da banca: Tsutsumi, Cláudio Yuji
Terceiro membro da banca: Fernandes, Dangela Maria
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da frequência de pastejo em forrageiras de inverno sob sistema de integração lavoura-pecuária sobre as propriedades químicas e físicas do solo e na dinâmica e liberação de nutrientes da palhada remanescente. O experimento foi conduzido em condições de campo, durante a safra 2016/2017 na Estação Experimental Professor Doutor Antônio Carlos dos Santos Pessoa, pertencente à Universidade Estadual do Oeste do Paraná, campus Marechal Cândido Rondon – PR, em solo classificado como LATOSSOLO VERMELHO Eutroférrico de textura muito argilosa. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, em esquema de faixas, com três repetições. As parcelas foram formadas pela combinação das faixas A e B. As faixas A compreenderam as espécies forrageiras testadas, constituídas por aveia preta BRS 139, aveia preta IPR 61, aveia branca IPR Esmeralda, Triticale 111 TPolo e o consórcio de Triticale 111 TPolo com aveia branca IPR Esmeralda. Já nas faixas B, transversais às faixas A, foram alocados os manejos: sem pastejo, um pastejo e dois pastejos. Foram avaliados os teores de nitrogênio total, carbono orgânico total, matéria orgânica, macroporosidade, microporosidade, porosidade total e densidade, após a colheita da soja cultivada em sucessão. Também foram avaliadas a produtividade da matéria seca das forrageiras e a liberação dos nutrientes C, N, P, K da palhada residual. As plantas forrageiras utilizadas para pastejo resultam em diferentes teores de nitrogênio total e matéria orgânica no solo quando submetidos a um pastejo, onde o solo cultivado com Triticale 111 TPolo superior à aveia Iapar 61 para ambos os atributos. Os maiores teores de nitrogênio total, carbono orgânico total, matéria orgânica e relação C/N foram observados na camada superficial, independente do manejo empregado. A macroporosidade do solo foi alterada em função das cultivares e das camadas do solo. Na camada 0-0,05 m, o consórcio da aveia Esmeralda e Triticale 111 TPolo resultaram em menor volume de macroporos. A microporosidade e porosidade total foram inferiores nas camadas de 0,05-0,10 m e 0,10-0,20 m nas áreas cultivadas com Triticale 111 TPolo sob dois pastejos. A menor densidade do solo foi encontrada na camada superficial, independente do manejo ou da planta forrageira utilizada, que indica a ausência de compactação pelo pisoteio animal. A aveia IPR Esmeralda apresentou a maior produtividade de matéria seca remanescente quando não pastejada, enquanto que o Triticale 111 TPolo obteve as maiores médias quando submetido a um pastejo. A quantidade N, P e K liberados da matéria seca remanescente, independente do manejo adotado, apresentaram decréscimo ao longo do tempo. O potássio foi o nutriente que apresentou liberação mais acelerada. As forrageiras de inverno, quando submetidas a dois pastejos, reduzem a quantidade e aumentam o tempo de meia-vida dos nutrientes. Aos 120 dias após a dessecação das forrageiras, o tratamento composto pela aveia IPR Esmeralda sob um pastejo apresentou menor quantidade de matéria seca, C, N, P e K (21%, 20%, 19%, 17%, e 1%, respectivamente) no material remanescente. O Triticale 111 TPolo sob mesmo manejo apresentou 16%, 15%, 12%, 6% e 2% para as respectivas variáveis. O Triticale 111 TPolo, quanto submetido a um pastejo é mais eficiente na ciclagem de nutrientes, disponibilizando 197, 38 e 231 kg ha-1 de N, P e K, respectivamente. No SILP as espécies forrageiras conseguem ciclar os nutrientes e disponibilizar para as culturas em sucessão, o que reduz os custos com fertilizantes e contribui com o uso racional e sustentabilidade do sistema.
Abstract: The objective of this work was to evaluate the effect of grazing frequency on winter forage under a system of crop-livestock integration on the chemical and physical properties of the soil and on the dynamics and release of nutrients from the remaining straw. The experiment was carried out under field conditions, during the 2016/2017 harvest at the Experimental Station Professor Antônio Carlos dos Santos Pessoa, belonging to the State University of the West of Paraná, Campus Marechal Cândido Rondon - PR, in soil classified as LATOSOLO VERMELHO Eutroferric de very clayey texture. The experimental design was a randomized complete block design with three replicates. The plots were formed by the combination of the A and B bands. The A ranges comprised the forage species tested, consisting of black oats BRS 139, black oats IPR 61, white oats IPR Esmeralda, Triticale 111 TPolo and the consortium of Triticale 111 TPolo with oats white Emerald IPR. In the B bands, transversal to the bands A, were allocated the management: without grazing, one grazing and two grazing. The levels of total nitrogen, total organic carbon, organic matter, macroporosity, microporosity, total porosity and density were evaluated after harvesting the soybean cultivated in succession. The dry matter yield of the forages and the release of nutrients C, N, P, K from the residual straw were also evaluated. The forage plants used for grazing resulted in different levels of total nitrogen and organic matter in the soil when submitted to grazing, where the soil cultivated with Triticale 111 TPolo superior to the Iapar 61 oats for both attributes. The highest levels of total nitrogen, total organic carbon, organic matter and C / N ratio were observed in the superficial layer, regardless of the management used. The macroporosity of the soil was altered according to the cultivars and the soil layers. In the 0-0.05 m layer, the consortium of Esmeralda and Triticale 111 TPolo oats resulted in a lower volume of macropores. The microporosity and total porosity were lower in the layers of 0.05-0.10 m and 0.10-0.20 m in the areas cultivated with Triticale 111 TPolo under two grazing. The lowest soil density was found in the superficial layer, regardless of the management or the forage plant used, which indicates the absence of compaction by animal trampling. The IPR Esmeralda oat showed the highest productivity of dry matter remaining when not grazed, whereas Triticale 111 TPolo obtained the highest averages when submitted to grazing. The amount N, P and K released from the remaining dry matter, regardless of the adopted management, decreased over time. Potassium was the nutrient that presented the most accelerated release. The winter forages, when submitted to two grazing, reduce the amount and increase the half-life of the nutrients. At 120 days after foraging desiccation, the treatment of the IPR Esmeralda oat under grazing presented lower dry matter, C, N, P and K (21%, 20%, 19%, 17%, and 1% respectively) in the remaining material. Triticale 111 TPolo under the same management presented 16%, 15%, 12%, 6% and 2% for the respective variables. Triticale 111 TPolo, when subjected to grazing, is more efficient in nutrient cycling, providing 197, 38 and 231 kg ha-1 of N, P and K, respectively. In SILP, forage species are able to cycle the nutrients and make it available to crops in succession, which reduces fertilizer costs and contributes to the rational use and sustainability of the system.
Keywords: Matéria orgânica
Porosidade total
Ciclagem de nutrientes
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: VENGEN, Andressa Perini. Atributos do solo e palhada remanescente de forrageiras de inverno submetidas a diferentes manejos em sistema de integração lavoura-pecuária. 2018. 81 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/4058
Issue Date: 31-Aug-2018
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andressa_Vengen_20181.46 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons