Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3752
Tipo do documento: Dissertação
Title: Resíduo seco de fecularia associado à carboidrases na alimentação de frangos de corte
Autor: Silva, Idiana Mara da 
Primeiro orientador: Nunes, Ricardo Vianna
Primeiro coorientador: Eyng, Cinthia
Primeiro membro da banca: Eyng, Cinthia
Segundo membro da banca: Souza, Cleverson de
Terceiro membro da banca: Takahashi, Sabrina Endo
Resumo: A realização deste estudo teve como objetivo avaliar o resíduo seco de fecularia (RSF) e sua inclusão associada ou não à suplementação de enzimas carboidrases sobre a produção de frangos de corte nas fases de crescimento e terminação. No experimento I, foi realizado um ensaio de metabolismo utilizando 144 aves dos 22 aos 32 dias de idade. Foi utilizado um esquema fatorial 2x4 mais uma ração referência (RR), a qual ração referência sem adição de RSF e quatro tratamentos experimentais com níveis crescentes de inclusão do RSF (10; 20; 30 e 40%) e a suplementação ou não com um blend enzimático de carboidrases. O RSF foi submetido à análises bromatológicas e as excretas também foram e submetidas à análises bromatólogicas para determinação da EMA, EMAn, CMA e CMAn. No experimento II, foi realizado um ensaio de desempenho utilizando 950 frangos de corte de 21 a 42 dias de idade, em esquema fatorial 2x5 constituído de cinco tratamentos experimentais com níveis crescentes de inclusão do RSF (0; 2,5; 5,0; 7,5; e 10%) e a suplementação ou não com um blend enzimático de carboidrases. Aos 42 dias de idade, foi avaliado o desempenho, perfíl bioquímico, rendimento de carcaça, corte e órgãos e avaliação da qualidade da carne. Como resultados, a composição encontrada para o RSF no experimento I, na matéria natural, foi de 89,86% de MS, 0,98% de PB, 3519 kcal kg-1 de EB, 0,19% de EE, 27% de FDN, 19,5% de FDA, 0,33% de cálcio, 0,43% de fósforo, 0,46% de potássio e 0,12% de magnésio. A análise de variância não demonstrou interação entre a adição de carboidrases e a inclusão de níveis crescentes de RSF para os valores energéticos e os coeficientes de metabolizabilidade, entretanto, a inclusão de enzimas, independente dos níveis de RSF proporcionou aumento significativo nos valores de EMA e EMAn. Houve efeito quadrático para os níveis crescentes de inclusão do RSF, resultando em um maior valor de EMA e CMA ao nível estimado de 35,47% e para EMAn e CMAn ao nível estimado de 35,86% de inclusão do RSF. Para as variáveis determinadas no experimento II, para o desempenho foi constatada interação entre os níveis de inclusão do RSF e a suplementação enzimática para a CA. As aves que receberam dietas isentas de carboidrases apresentaram piora linear da CA conforme aumento dos níveis de inclusão e as aves que receberam suplementação enzimática mantiveram a CA. Houve interação entre os níveis de inclusão do RSF e a adição de enzimas para rendimento de peito. Observou-se redução linear do peso relativo da moela à medida que houve aumento dos níveis de inclusão, e, oposto à isso, observou-se aumento linear do peso relativo do intestino delgado e efeito da enzima sobre este parâmetro. O perfil sanguíneo teve resultados significativos para Creatinina e GamaGT. A variável de coloração “b*” da carne do peito e pés das aves, apresentou redução linear conforme aumento dos níveis de inclusão do RSF. Para qualidade de carne, a capacidade de retenção de água se comportou de forma quadrática conforme o aumento dos níveis de inclusão do RSF. Para as demais variáveis não foi constatada diferença significativa. Conclui-se que os maiores níveis de EMA e EMAn foram encontrados para o nível de inclusão médio do RSF de 35%, que a suplementação enzimática pode promover aumento desses parâmetros em até 12% em dietas para frangos de corte na fase de crescimento e que o RSF pode ser utilizado nas dieta de frangos de corte até o nível avaliado de 10% desde que suplementados com carboidrases para manutenção da conversão alimentar.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the dry residue of cassava (DRC) and its inclusion, associated or not to the carbohydrase enzyme supplementation, on the production of broilers in the growth and finishing phases. In experiment I, a metabolism assay was performed using 144 birds from 22 to 32 days of age. Was used a 2x4 + RR factorial scheme, consisting of one reference diet without addition of RSF and four experimental treatments with increasing inclusion levels of DRC (10; 20, 30 and 40%) and the suplementation or not with an enzymatic blend of carbohydrases. The DRC was submitted to bromatological analysis and excreta were also submitted to bromatological analysis for the determination of AME, AMEn, CAME and CAMEn. In experiment II, a performance test was performed using 950 broiler chickens from 21 to 42 days, in a 2x5 factorial scheme consisting of five experimental treatments with increasing inclusion levels of DRC (0; 2,5; 5,0; 7 , 5, and 10%) and the supplementation or not with an enzymatic blend of carbohydrases. At 42 days of age, the performance, biochemical profile, carcass yield, cut and organs and evaluation of meat quality were evaluated. As a result, the composition found for DRC in experiment I in the natural material was 89.86% DM, 0.98% CP, 3519 kcal kg -1 GE, 0.19% EE, 27% of NDF, 19.5% of ADF, 0.33% of calcium, 0.43% of phosphorus, 0.46% of potassium and 0.12% of magnesium. The analysis of variance showed no interaction between the addition of carbohydrases and the inclusion of increasing levels of DRC for the energetic values and the metabolizability coefficients, however, the inclusion of enzymes independent of the DRC levels provided a significant increase in the AME and AMEn. There was a quadratic effect for the increasing levels of inclusion of DRC, resulting in a higher value of AME and CAME at the estimated level of 35.47% and for AME and CAME at the estimated level of 35.86% inclusion of DRC. For the variables determined in experiment II, interaction between levels of inclusion of DRC and enzymatic supplementation for feed conversion (FC) was observed for the performance variables. Birds receiving carbohydrate-free diets presented a linear decrease of FC with the increased inclusion levels and birds that was supplemented with carbohydrates maintained the FC. There was interaction between DRC inclusion levels and the addition of enzymes to breast yield. A linear reduction in the relative weight of the gizzard was observed as there was an increase in inclusion levels, and a linear increase in the relative weight of the small intestine and the enzyme effect on this parameter were observed. The blood profile had significant results for Creatinine and GammaGT. The "b *" coloration variable of the breast meat and poultry feet presented a linear reduction as the DRC inclusion levels increased. For meat quality, the water retention capacity behaved in a quadratic manner as the DRC inclusion levels increased. For the other variables, no significant difference was found. It was concluded that the highest levels of AME and AMEn were found for the mean inclusion level of the DRC of 35% and that enzymatic supplementation could promote increase of these parameters by up to 12% in broiler diets in the growth phase and that DRC can be used in the diet of broiler chickens up to the 10% level, provided that they are supplemented with carbohydrases to maintain the feed conversion of broiler chickens in the growth and finishing phase.
Keywords: Aves
Coproduto
Enzimas exógenas
Polissacarídeos não amiláceos
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: SILVA, Idiana Mara da. Resíduo seco de fecularia associado à carboidrases na alimentação de frangos de corte. 2018. 51 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3752
Issue Date: 1-Mar-2018
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Idiana_Silva_20181.18 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons