Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3739
Tipo do documento: Dissertação
Title: Extratos aquosos de diferentes culturas e herbicida glifosato sobre a eclosão, desenvolvimento embrionário e controle de Meloidogyne javanica em soja
Autor: Rinaldi, Luanna Karoline 
Primeiro orientador: Duarte Júnior, José Barbosa
Primeiro coorientador: Stangarlin, José Renato
Primeiro membro da banca: Duarte Júnior, José Barbosa
Segundo membro da banca: Stangarlin, José Renato
Terceiro membro da banca: Portz, Roberto Luis
Resumo: Os nematoides do gênero Meloidogyne são responsáveis por significativas perdas na produção agrícola, inclusive na cultura da soja. Para amenizar estas perdas, a busca por medidas de controle tem sido estimulada, como o uso de extratos vegetais com potencial para induzir resistência em plantas, que, apesar do avanço nos trabalhos com fungos e bactérias, ainda é pouco pesquisado para o controle de nematoides. Plantas daninhas também constituem fator limitante para a produtividade, e a aplicação de herbicidas para o seu controle pode afetar a população de nematoides. Foram realizados dois ensaios, um em laboratório (in vitro) e outro em casa de vegetação (in vivo). In vitro objetivou-se avaliar o efeito dos extratos aquosos foliares e radiculares de Brassica napus L. (canola), Crotalaria juncea L. (crotalária), Brachiaria decumbes L. (braquiária), Helianthus annus L. (girassol), Triticum aestivum L. (trigo) e Lupinus albus L. (tremoço), associados ou não a aplicação do glifosato, sobre uma suspensão contendo ovos e juvenis (J2) de Meloidogyne javanica, utilizando água como testemunha. Já o segundo ensaio objetivou avaliar o efeito da pulverização dos extratos aquosos foliares e radiculares das mesmas espécies citadas anteriormente, associados ou não a aplicação do glifosato, em soja inoculada com M. javanica. Os ensaios foram conduzidos sob delineamento inteiramente casualisado (DIC) com quatro repetições, num esquema fatorial 7 x 2, sendo seis extratos aquosos e a testemunha, com e sem glifosato, totalizando 14 tratamentos, os quais foram divididos em duas partes, experimento I: extratos aquosos provenientes da parte aérea das espécies vegetais citadas e experimento II: extratos da parte radicular das mesmas. Para o ensaio in vitro, em placas de Petri foram colocadas com 9 mL dos extratos e mais uma suspensão com 900 ovos/J2 de M. javanica, para os tratamentos com herbicida, adicionou-se 0,72 mL i.a. de glifosato. Após 15 dias foram avaliadas a eclosão e o desenvolvimento embrionário. A aplicação do glifosato influenciou as variáveis analisadas, inibindo em 100% a eclosão e retardando o desenvolvimento embrionário. Dentre os extratos avaliados, o extrato de trigo (Triticum aestivum L.) inibiu 100% a eclosão. Para o ensaio in vivo, plantas de soja foram induzidas a resistência pela pulverização na parte aérea de 20 mL dos extratos (para os tratamentos com herbicida adicionou-se 0,72 mL i.a. de glifosato sobre as plantas), e após sete dias foi inoculada uma suspensão de 1.400 ovos de M. javanica por planta. Aos 60 dias, avaliou-se a altura, a massa fresca da parte radicular, o número de vagens, de massa de ovos, de galhas, de ovos e J2 e o fator de reprodução (FR) de M. javanica. A presença do glifosato influenciou principalmente na altura diminuindo em 20% para os tratamentos com extratos foliares e 25% para extratos radiculares. No experimento com extratos foliares o extrato de crotalária (Crotalaria juncea L.) teve uma maior redução no número de ovos/J2 (63%) em relação à testemunha. Todos os extratos radiculares avaliados, com e sem glifosato, reduziram em 80% entre 89% o número de ovos/J2 em relação a testemunha, respectivamente. Os FR de todos os tratamentos também foram menores em comparação a testemunha, porém, só o extrato de canola (Brassica napus L.) (0,98) teve o FR menor que 1,0, demonstrando assim, algum potencial como indutor de resistência contra M. javanica em soja.
Abstract: The nematodes of the genus Meloidogyne are responsible for significant losses in agricultural production, including in the soybean crop. To mitigate these losses, the search for control measures has been stimulated, such as the use of plant extracts with potential to induce resistance in plants. Weeds are also a limiting factor for productivity, and the application of herbicides to their control can affect the nematode population. Two trials were performed, one in the laboratory (in vitro) and the other in a greenhouse (in vivo). In vitro the aim of this study was to evaluate the effect of leaf and root extracts of Brassica napus L. (Canola), Crotalaria juncea L. (Crotalaria), Brachiaria decumbes L. (Brachiaria), Helianthus annus L. (Sunflower), Triticum aestivum L. (wheat) and Lupinus albus L. (lupine), associated or not with glyphosate application, on a suspension containing eggs and juveniles (J2) from Meloidogyne javanica, using water as a control. The second objective was to evaluate the effect of spraying of leaf and root extracts of the same species mentioned above, associated or not with the application of glyphosate, in soybean inoculated with M. javanica. The assays were conducted under a completely randomized design (DIC) with four replicates, in a 7 x 2 factorial scheme, with six aqueous extracts and the control, with and without glyphosate, which were divided into two parts, experiment I: aqueous extracts from the aerial part of the mentioned plant species and experiment II: extracts of the root part of the same. For the in vitro assay, in Petri dishes were placed with 9 mL of the extracts and one suspension with 900 eggs/J2 of M. javanica, for the treatments with herbicide, was added 0.72 mL i.a. of glyphosate. After 15 days hatching and embryonic development were evaluated. The application of glyphosate influenced the analyzed variables, inhibiting in 100% hatching and retarding the embryonic development. Among the evaluated extracts, wheat extract (Triticum aestivum L.) inhibited hatching by 100%. For the in vivo assay, soybean plants were induced to spray resistance in the 20 mL aerial (part of the extracts and for the herbicide treatments 0.72 mL of glyphosate was added to the plants), after seven days a suspension of 1,400 eggs of M. javanica per plant. At 60 days, height, fresh root mass, number of pods, egg mass, gall, eggs e J2 and M. javanica breeding factor (RF) were evaluated. The presence of glyphosate mainly influenced height decreasing by 20% for treatments with leaf extracts and 25% for root extracts. In the experiment with leaf extracts the extract of crotalaria (Crotalaria juncea L.) reduced the number of eggs/J2 (63%) in relation to the control. All evaluated root extracts, with and without glyphosate, reduced the number of eggs/J2 in relation to the control by 80% between 89%, respectively. The RF of all the treatments were also smaller in comparison to the control, but, only the canola extract (Brassica napus L.) (0.98) had the FR lower than 1.0, thus demonstrating some potential as inducer of resistance against M. javanica in soybean.
Keywords: Nematoide das galhas
Controle alternativo
Cultura da soja
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: RINALDI, Luanna Karoline. Extratos aquosos de diferentes culturas e herbicida glifosato sobre a eclosão, desenvolvimento embrionário e controle de Meloidogyne javanica em soja. 2018. 52 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3739
Issue Date: 27-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luanna_Rinaldi_2018866.33 kBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons