Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3716
Tipo do documento: Dissertação
Title: Efeito da escarificação mecânica e biológica nas propriedades físicas de um latossolo e produtividade da soja em sucessão
Autor: Francziskowski, Marcio André 
Primeiro orientador: Seidel, Edleusa Pereira
Primeiro coorientador: Fey, Emerson
Primeiro membro da banca: Seidel, Edleusa Pereira
Segundo membro da banca: Fey, Emerson
Terceiro membro da banca: Rosset, Jean Sérgio
Resumo: Os solos argilosos da região Oeste do Paraná são suscetíveis a compactação devido a sua textura e estrutura que favorecem a reconsolidação do solo após intervenções externas. Aliado a adoção de modelos agrícolas inadequados ou insustentáveis, a compactação e a degradação do solo são visíveis e requerem a adoção urgentes de práticas corretivas. Assim, o objetivo deste trabalho consistiu em avaliar métodos de descompactação do solo, escarificação mecânica e biológica, nas propriedades físicas do solo e também avaliar o efeito destas práticas sobre a cultura da soja cultivada em sucessão. O experimento foi conduzido na Estação Experimental da Universidade Estadual do Oeste do Paraná, localizada em Entre Rios do Oeste, em delineamento de blocos casualizados, com arranjo em parcelas subdivididas com quatro repetições. As parcelas principais foram caracterizadas pelo plantio direto e pelo preparo reduzido do solo, manejo realizado com escarificador de hastes. Nas subparcelas foram cultivadas diferentes espécies vegetais com o intuito de serem utilizadas como plantas de cobertura, sendo o cultivo do trigo, consórcio de ervilha forrageira com aveia preta, consórcio de aveia preta com nabo forrageiro. Após 120 dias da semeadura, ocasião que as plantas de cobertura foram manejadas, foram avaliados a porosidade e densidade do solo, agregação e estabilidade de agregados, e a resistência do solo a penetração. Posteriormente, a cultura da soja foi implantada e conduzida na área experimental, e quando finalizou seu ciclo, avaliou-se o rendimento de grãos desta cultura e novamente as propriedades físicas do solo. Os resultados demostraram que a prática da escarificação mecânica do solo para mitigação da compactação teve efeito residual curto, levando a reconsolidação da estrutura do solo após nove meses da operação, com exceção da diminuição da resistência do solo a penetração. Com o cultivo das plantas de cobertura, foi possível observar efeitos positivos sobre as propriedades físicas do solo, como redução da densidade e incremento da porosidade de aeração, o que possibilita o uso destas plantas num manejo de descompactação aliado ao uso de métodos mecânicos. As práticas de escarificação mecânica e biológica não alteraram o rendimento de grãos da cultura da soja cultiva em sucessão.
Abstract: The clay soils of western Paraná are susceptible to compaction for having a texture and a structure that favor soil reconsolidation after external interventions. Coupled with the adoption of unsuitable or unsustainable agricultural models, soil compaction and degradation are visible and require urgent adoption of corrective practices. Thus, the objective of this research was to assess methods for soil decompaction, as well as mechanical and biological scarification, and to assess the effect of these practices on soil physical properties and soybean crops in succession. The experiment was conducted at State University of Western Paraná’s Experimental Station, located in Entre Rios do Oeste, in a randomized block design, with subdivided plots and four replications. The main plots were characterized by no-tillage and reduced tillage farming, which was performed with a chisel plow. In the subplots, different plant species were cultivated to be used as cover crops – wheat, forage pea consortium with black oats, black oats consortium with forage turnip. After 120 days of sowing, when the cover plants were handled, soil porosity and density, aggregation and aggregate stability, and soil penetration resistance were assessed. Subsequently, the soybean crop was implanted and managed in the experimental area and, at the end of its cycle, the grain yield of the crop was assessed, and so was the physical properties of the soil again. Results showed that mechanical soil scarification for compaction mitigation had a short residual effect, leading to the reconsolidation of the soil structure after nine months of operation, except for reduction of soil penetration resistance. With the cultivation of cover crops, it was possible to observe positive effects on the physical properties of the soil, such as reduced density and increased aeration porosity, which allows the use of these plants in decompaction together with mechanical methods. Mechanical and biological scarification practices did not change the grain yield of the soybean crop in succession.
Keywords: Compactação do solo
Escarificador de hastes
Manejo de descompactação do solo
Plantas de cobertura
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: FRANCZISKOWSKI, Marcio André. Efeito da escarificação mecânica e biológica nas propriedades físicas de um latossolo e produtividade da soja em sucessão. 2018. 45 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3716
Issue Date: 23-Feb-2018
Appears in Collections:Mestrado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marcio_Francziskowski_2018973.83 kBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons