Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3238
Tipo do documento: Tese
Title: Utilização de medicamentos homeopáticos como alternativa para redução da taxa de progresso da murcha bacteriana na mandioca
Autor: Martinazzo-Portz, Tatiane 
Primeiro orientador: Stangarlin, José Renato
Primeiro coorientador: Kuhn, Odair José
Segundo coorientador: Portz, Roberto Luis
Primeiro membro da banca: Kuhn, Odair José
Segundo membro da banca: Costa, Antonio Carlos Torres da
Terceiro membro da banca: Portz, Roberto Luis
Quarto membro da banca: Franzener, Gilmar
Quinto membro da banca: Stangarlin, José Renato
Resumo: A murcha bacteriana, causada pela bactéria Xanthomonas axonopodis pv. manihotis é considerada a doença mais importante e que constitui sério problema econômico para a cultura da mandioca no Brasil, uma vez que não há produtos comerciais eficientes para manejo da doença. Tendo em vista os benefícios observados para a agricultura pela aplicação da homeopatia, esta pode se tornar uma estratégia de baixo custo para os mandiocultores, pois é uma ferramenta ambientalmente correta e não residual. Assim, este trabalho objetiva avaliar a ação de preparados homeopáticos sobre a bactéria, a severidade da doença e sobre o desenvolvimento das plantas de mandioca. Os tratamentos compreenderam dois medicamentos homeopáticos (Sulphur e Silicea terra), um preparado homeopático a base de própolis, o isoterápico na forma de nosódio de X. axonopodis pv. manihotis (XAM) e solução hidro alcóolica (álcool etílico 30%) dinamizada. As dinamizações empreendidas foram 6CH, 12CH, 18CH, 24CH e 30CH. A avaliação da atividade antimicrobiana in vitro foi por antibiograma, utilizando a técnica "pour plate", e a contagem do crescimento bacteriano pela técnica "spread plate". Para as avaliações in vivo, foram utilizadas ramas de mandioca da cultivar Caiuá (Olho Junto), em dois ensaios. O primeiro ensaio foi realizado com a inoculação de bactéria anterior à aplicação dos tratamentos, a fim de obter-se ação curativa e, o segundo ensaio procedeu-se a inoculação posterior à aplicação dos tratamentos, visando ação preventiva. Os resultados foram submetidos à análise de variância pelo teste F e comparação de médias pelo teste Scott- knott, ambos com níveis de 5% de significância. Nos ensaios in vitro, os preparados homeopáticos não apresentaram inibição pelo antibiograma, no entanto, para crescimento bacteriano e contagem de colônias, os tratamentos Sulphur 12CH e 18CH, Propolis 6CH, 12CH, 18CH e 30CH, isoterápico XAM 6CH e 18CH, além de todas as dinamizações de solução hidroalcóolica 30%, causaram inibição. Para o ensaio in vivo, os tratamentos interferiram nas atividades fisiológicas das plantas, sendo a aplicação de maneira preventiva mais eficiente que o modo curativo no manejo da murcha bacteriana na mandioca. Os tratamentos Silicea terra 12CH e Sulphur 24CH, para os ensaios curativo e preventivo, respectivamente, favoreceram o desenvolvimento do patógeno, causando morte das plantas. Os tratamentos com álcool 30CH e Propolis 6CH foram eficientes na redução da severidade da doença em ambos os ensaios. De forma geral, o tratamento homeopático preventivo tende a reestabelecer a homeostasia vegetal mais eficientemente que o tratamento curativo, além de acelerar a brotação das manivas e aumentar a altura das plantas de mandioca.
Abstract: The bacterial blight of cassava, caused by the bacterium Xanthomonas axonopodis pv. manihotis, is considered the most important disease and constitutes a serious economic problem for cassava in Brazil, since there are no efficient commercial products to manage the disease. Considering the benefits observed for agriculture through the application of homeopathy, this can become a low-cost strategy for cassava producers, because it is an environmentally correct and not residual. So, this work aims to evaluate the action of homeopathic drugs on the bacterium, the severity of the disease and on the development of cassava plants. The treatments included two homeopathic drugs (Sulphur and Silicea terra), a drug homeopathic based on Propolis, the isotheraphy in the form of nosode of X. axonopodis pv. manihotis (XAM) and hydro-alcoholic solution (30% ethyl alcohol). The dynamization undertaken were 6CH, 12CH, 18CH, 24CH and 30CH. The estimate of the antimicrobial activity in vitro was by antibiogram, using the technique "pour plate", and the bacterial growth count by the “spread plate” technique. For in vivo evaluations, cassava branches of the variety Caiuá (Olho Junto), were used in two trials. The first test was carried out with the inoculation of bacteria prior to the application of the treatments, in order to obtain curative action, and the second test was carried out the inoculation after the application of the treatments, aiming at preventive action. The results were submitted to analysis of variance by the F test and comparison of means by the Scott-knott test, both with levels of 5% of significance. In the in vitro assays, the homeopathic drugs did not present inhibition by the antibiogram, however, for bacterial growth and colony count, Sulphur treatments 12CH and 18CH, Propolis 6CH, 12CH, 18CH and 30CH, isotherapic XAM 6CH and 18CH, in addition to all the dynamizations of hydroalcohol solution caused inhibition. For the in vivo assay, the treatments interfered in the physiological activities of the plants, being the preventive application more efficient than the curative mode, in the management of the bacterial blight of cassava. The treatments Silicea terra 12CH and Sulphur 24CH, for the curative and preventive trials, respectively, favored the development of the pathogen, causing death of the plants. The treatments with Alcohol 30CH and Propolis 6CH were efficient in reducing the severity of the disease in both trials. In general, preventive homeopathic treatment tends to reestablish plant homeostasis more efficiently than curative treatment, as well as to accelerate sprout budding and increase the height of cassava plants.
Keywords: Homeopatia
Indução de resistência
Manihot esculenta
Xanthomonas axonopodis pv. manihotis
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: MARTINAZZO-PORTZ,Tatiane . Utilização de medicamentos homeopáticos como alternativa para redução da taxa de progresso da murcha bacteriana na mandioca. 2017. 87 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3238
Issue Date: 24-Feb-2017
Appears in Collections:Doutorado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tatiane_M_Portz_20173.51 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons