Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3209
Tipo do documento: Dissertação
Title: Contextualismo social na prática: a interpretação da teoria política de Bento Espinosa feita por Ellen Meiksins Wood
Other Titles: Social contextualism in practice: the interpretation of the political theory of Bento Espinosa made by Ellen Meiksins Wood
Autor: Cardoso, Juliane Cristina Helanski 
Primeiro orientador: Silva, Vânia Sandeléia Vaz da
Primeiro membro da banca: Silva, Vânia Sandeléia da
Segundo membro da banca: Costa, Jean Gabriel Castro da
Terceiro membro da banca: Neres, Geraldo Magella
Quarto membro da banca: Dombrowski, Osmir
Resumo: O retorno a teoria democrática de Bento Espinosa pelos marxistas Antonio Negri e Marilena Chauí tem levantado muitas polêmicas. Ellen Wood, que também é marxista, discorda totalmente das conclusões que Negri e Chauí chegaram ao afirmar que a teoria democrática de Espinosa é revolucionária e emancipatória. Ellen Wood acredita que a teoria democrática de Espinosa era, de fato, uma teoria republicana oligárquica que na prática correspondia aos interesses políticos e sociais das elites comerciais holandesas. Como explicar interpretações tão divergentes e até mesmo contraditórias feitas por intelectuais de uma mesma orientação política (todos assumidamente marxistas)? O mais curioso é que as conclusões de Ellen Wood se aproximam mais da leitura que o neoconservador Leo Strauss fez de Espinosa, por vias metodológicas e com um viés político bem diferente, que o levou a concluir que a teoria democrática de Bento Espinosa se trata de uma democracia liberal de origem religiosa. Acreditamos que a resposta pode ser buscada na análise do modo como cada um deles considerou a relação entre as ideias políticas e o contexto social. Neste sentido, o objetivo central deste trabalho é discutir os pressupostos metodológicos do contextualismo social desenvolvido por Neal Wood a partir da “renovação” do materialismo histórico marxiano e a aplicação feita por Ellen Wood na interpretação da teoria política de Bento Espinosa.
Abstract: The return to democratic theory of Benedict Espinosa by the Marxists Antonio Negri and Marilena Chauí has raised many controversies. Ellen Meiksins Wood, who is also a Marxist, strongly disagrees with the conclusions that Negri and Chauí arrived at by stating that Spinoza's democratic theory is revolutionary and emancipatory. Ellen Wood believes that Spinoza's democratic theory was, in fact, an oligarchic republican theory that in practice corresponded to the political and social interests of the Dutch trading elites. How can we explain such divergent and even contradictory interpretations by intellectuals of the same political orientation (all of them admittedly Marxist)? What is more curious is that Ellen Wood's conclusions are closer to the neoconservative Leo Strauss's reading of Spinoza, by methodological means and with a very different political bias, which led him to conclude that Bento Espinosa's democratic theory is about A liberal democracy of religious origin. We believe that the answer can be search in the analysis of how each of them considered the relationship between political ideas and the social context. In this sense, the main objective of this paper is to discuss the methodological assumptions of Neal Wood's social contextualism based on the "renewal" of Marxian historical materialism and the application made by Ellen Wood in the interpretation of Bento Espinosa's political theory.
Keywords: Metodologia
Teoria política
Contextualismo social
Ellen Wood
Bento Espinosa
Methodology
Political theory
Social contextualism
CNPq areas: CIENCIA POLITICA::TEORIA POLITICA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Humanas e Sociais
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Campun: Toledo
Citation: CARDOSO, Juliane Cristina Helanski. Contextualismo social na prática: a interpretação da teoria política de Bento Espinosa feita por Ellen Meiksins Wood. 2017. 160 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3209
Issue Date: 19-Sep-2017
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais (TOL)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliane_Helanski_2017.pdf1.43 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.