Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3193
Tipo do documento: Tese
Title: Características agronômicas e teor de óleo de diferentes genótipos de canola semeados em diferentes épocas e densidades
Autor: Melgarejo Arrúa, Milciades Ariel 
Primeiro orientador: Duarte Júnior, José Barbosa
Primeiro membro da banca: Tomm, Gilberto Omar
Segundo membro da banca: Costa, Antonio Carlos Torres da
Terceiro membro da banca: Tsutsumi, Cláudio Yuji
Quarto membro da banca: Portz, Roberto Luis
Quinto membro da banca: Duarte Júnior, José Barbosa
Resumo: A canola (Brassica napus L. var. oleífera) quando cultivada em diferentes espaçamentos entre fileiras e/ou espaçamento entre as plantas pode favorecer a uniformidade de maturação e aumentar a produtividade. Outro aspecto importante na cultura é a definição da época adequada de semeadura, que é de grande importância para viabilizar o pleno crescimento, desenvolvimento e produtividade. Com o objetivo de gerar informações para embasar a escolha de híbridos de canola mais adaptados as melhores épocas de semeadura e as melhores populações de plantas, foram instalados três experimentos, nas quais foram avaliadas as características agronômicas e o teor de óleo dos grãos. Os experimentos foram conduzidos na área experimental da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) em Marechal Cândido Rondon-PR, nos anos de 2013, 2014 e 2015. No primeiro experimento foi utilizado o hibrido de canola Hyola 61, semeado em diferentes espaçamentos entre as linhas e densidades de plantas. O delineamento experimental utilizado foi blocos ao acaso, em arranjo de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas, foram utilizados espaçamentos entre fileiras (17, 34, 51 e 68 cm) e nas subparcelas as densidades de plantas (15, 30, 45 e 60 plantas por m2). No segundo experimento foram avaliados os genótipos de canola Hyola 401, Hyola 76, Hyola 61, Hyola 433, Hyola 50, Hyola 571CL, Hyola 575CL, Hyola 474CL, Hyola 555TT, Hyola 656TT, Hyola 559TT, W8006 e H92002, utilizando delineamento experimental de blocos ao acaso, com quatro repetições. As parcelas foram compostas por quatro fileiras espaçadas em 0,45 m, com 5 m de comprimento, semeadas no dia 8 de maio de 2015. Já no terceiro experimento foram avaliados cinco genótipos de canola e duas datas de semeadura. Foi utilizado delineamento experimental em blocos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas (2x5), com quatro repetições, sendo duas épocas de semeadura: 28/04 e 28/05 de 2014, e 20/04 e 20/05 de 2015 e cinco genótipos de canola: Hyola 76, Hyola 433, Hyola 61, Hyola 571 e Hyola 411. As parcelas foram compostas por seis fileiras espaçadas em 0,45 m com 5 m de comprimento. Com relação ao experimento com diferentes espaçamentos entre linhas e densidades de plantas, no ano 2013, o número médio de síliquas por planta foi de 203 unidades, a massa de mil grãos foi de 3,8 gramas e a produtividade média de 1290 kg ha-1. Foi observada interação significativa (p < 0,05) entre o espaçamento e a densidade, para a variável altura de plantas e número de grãos por síliquas. No ano 2013 foram obtidas a media de 203 síliquas por plantas. Já ano 2014, o número médio de síliquas foi de 126 unidades, a produtividade média foi de 899 kg ha-1. Foi observada interação significativa (p < 0,05) entre o espaçamento e a densidade para a variável massa de mil grãos e teor de óleo. Com relação ao experimento com 13 genótipos, foi observada diferenças significativas com relação ao ciclo (p ≤ 0,05) onde o genótipo Hyola 401, Hyola 50, Hyola 565TT e Hyola 559TT demostraram o ciclo mais curto com 129 dias e da massa de mil grãos na qual os genótipos Hyola 76, Hyola 571CL, Hyola 575CL, Hyola 474CL, Hyola 559TT, W8006 e H92002 obtiveram o maior valor. Não foram observadas diferenças significativas nas demais variáveis. A média do rendimento de grãos dos genótipos testados foi de 1518 kg ha-1 e a média de teor de óleo de grãos foram de 42,45 %. As características agronômicas e os teores de óleo não foram influenciados pelos genótipos testados. No experimento com 5 genótipos de canola, no ano de 2014, as semeaduras feitas em 28/05 obtiveram 31% a mais de produtividade, o Hyola 411 obteve o rendimento médio de 1.367 kg ha-1 de grãos de canola, sendo 25% superiores à média dos demais híbridos estudados. Já em 2015, o estudo com os mesmos materiais não evidenciou diferenças significativas de rendimento de grãos. Diferente ao encontrado para a produtividade de grãos entre híbridos, na safra 2015, não se detectou diferença significativa entre a semeadura em 20/04 ou 20/05. O teor médio de óleo nos grãos foi de 39% e também não se detectaram diferenças significativas entre híbridos e época de semeadura.
Abstract: Canola (Brassica napus L. var. oleifera) when grown at different spacings between rows and / or spacing between plants may favor maturation uniformity and increase productivity. Another important aspect of the crop is a definition of the adaptation period of sowing, which is of great importance to enable full growth, development and productivity. In order to generate information for the quality of a choice of canola hybrids more adapted as better sowing times and as better plant populations, three experiments were installed in which they were evaluated as agronomic characteristics and grain oil content. The experiments were conducted in the experimental area of the Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) in Marechal Cândido Rondon-PR, in the years of 2013, 2014 and 2015. In the first experiment Hyola 61 canola hybrid was sown in different spacings between As lines and plant densities in the lines. The experimental design was used for randomized blocks, in arrangement of subdivided plots, with four replications. In the plots, row spacings (17, 34, 51 and 68 cm) were used and, in the subplots, plant densities (15, 30, 45 and 60 plants per square meter) were used. There is no second experiment for the canola generators Hyola 401, Hyola 76, Hyola 61, Hyola 433, Hyola 501, Hyola 571CL, Hyola 575CL, Hyola 474CL, Hyola 555TT, Hyola 656TT, Hyola 559TT, W8006 and H92002. The experimental design was used for randomized blocks with four replicates. As the plots were composed of four rows in 0.45 m, with 5 m in length, without weekly on May 8, 2015. There is no experience of five types of canola and two dates of sowing. The experimental design was a randomized complete block design (2x5), with four replications, with two sowing dates: April 28 and May 28, 2014, and April 20 and May 20, 2015. Five genotypes of canola: Hyola 76, Hyola 433, Hyola 61, Hyola 571 and Hyola 411. As plots were composed of six binders in 0.45 m with 5 m in length. Regarding the experiment with different row spacings and plant densities, in the year 2013, the average pods size per plant was 203 units, a corn mass of 3.8 grams and a mean productivity of 1290 kg ha-1. Significant interaction (p < 0.05) between spacing and density was observed for a plant height variable and number of grams per pod. In 2013, an average of 203 siliquas per plants were obtained. As early as 2014, the average number of pods was 126 units, with an average yield of 899 kg ha-1. Significant interaction (p < 0.05) was observed between the spacing and a density for a variable mass of corn and oil content. Regarding the experiment with 13 genera, significant differences were observed regarding the cycle (p ≤ 0.05) where the genotype Hyola 401, Hyola 50, Hyola 565TT and Hyola 559TT demonstrated the shortest cycle with 129 days and the mass of thousand grains where the genotypes Hyola 76, Hyola 571CL, Hyola 575CL, Hyola 474CL, Hyola 559TT, W8006 and H92002 obtained higher value. No significant differences were observed in the other variables analyzed by the Tukey test at 5% probability. The average grain yield of the tests was 1,518 kg ha-1 and a mean oil quality content of 42.45%. As agronomic characteristics and oil contents were not influenced by genetic tests. In the experiment with 5 genotypes of canola, in 2014, as sowing done on 05/28 obtained 31% more productivity, Hyola 411 obtained the average yield of 1,367 kg ha-1 of canola grains, being 25% higher The average of the other hybrids studied. Already, in 2015 the study with the same materials did not show significant differences in grain yield. 191 From Distr. From Distr. The average oil content on the grains was 39% and also did not detect significant differences between hybrids and time of sowing.
Keywords: Brassica napus L. var oleifera
Produtividade
População
Arranjo espacial
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:AGRONOMIA
Idioma: por
País: Brasil
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: MELGAREJO ARRÚA, Milciades Ariel . Características agronômicas e teor de óleo de diferentes genótipos de canola semeados em diferentes épocas e densidades. 2016. 46 f. Tese (Doutorado em Agronomia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/
URI: http://tede.unioeste.br/handle/tede/3193
Issue Date: 29-Feb-2016
Appears in Collections:Doutorado em Agronomia (MCR)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Milciades_M_Arrúa_20161.27 MBAdobe PDFView/Open Preview


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons