Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2774
Tipo do documento: Dissertação
Title: Qualidade do ajuste de modelos geoestatísticos utilizados na agricultura de precisão
Autor: Faraco, Mario Antonio 
Primeiro orientador: Opazo, Miguel Angel Uribe
Primeiro membro da banca: Guedes, Terezinha Aparecida
Segundo membro da banca: Boas, Marcio Antonio Vilas
Terceiro membro da banca: Souza, Eduardo Godoy de
Resumo: Pesquisas sobre a variabilidade espacial dos atributos do solo que influenciam a produtividade são de suma importância para o desenvolvimento de novas tecnologias que beneficiam a agricultura. Para verificar a variabilidade desses atributos utilizou-se a geoestatística que disponibiliza técnicas para a obtenção de informações a respeito dessa variabilidade. Os processos de análise de dados utilizam métodos que incluem algoritmos de otimização para escolha de um modelo geoestatístico e a estimação dos parâmetros desse modelo. Foram estudados os atributos do solo: resistência do solo à penetração, densidade do solo, umidade do solo e a variável produtividade da soja. Este trabalho tem por objetivo descrever os comportamentos espaciais de dados empíricos e simulados e construir modelos de variabilidade espacial para os atributos em estudo com o objetivo principal de avaliar a qualidade dos ajustes segundo os Critérios de Akaike, Filliben, Jackknifing e Validação Cruzada. A pesquisa foi desenvolvida na região Oeste do Paraná, em uma área de 57 há, cujo solo típico é o Latossolo Vermelho Distrófico e foi utilizada uma malha com 100 parcelas georeferenciadas. Para a análise da estrutura de dependência espacial foram utilizados emivariogramas experimentais gerados a partir dos dados amostrais. Em seguida, ajustaram-se modelos teóricos aos emivariogramas experimentais e aplicaram-se as técnicas de avaliação dos ajustes aos modelos geoestatísticos. Em conseqüência, analisaram-se os resultados dos diversos métodos estudados, compararando-se os resultados obtidos e concluindo-se pela validação cruzada como o melhor critério de ajuste.
Abstract: Researches about the spatial variability of the soil attributes that influence the productivity are highly important for the development of new technologies that benefits the agriculture. To verify the variability of these attributes we used the geostatistic that offers techniques to the obtainment of information concerning this variability. The processes of data analysis use methods that include optimization algorithms to the choice a geostatistic model and the estimation of that model parameters. We studied the following soil attributes: soil resistance to penetration, soil density, soil humidity and the soybean s productivity variable. This paper has as its purpose to describe the spatial behavior of empiric and simulated data and to build models of spatial variability to the attributes in study with the main purpose of evaluating the quality of the adjustments according to the Criterions of Akaike, Filliben, Jackknifing and Cross Validation. The research was developed in the West Parana region, in a area of 54 ha where the typical soil of the region is the Red Distrofic Latosoil and a net with a 100 georeferred parcels was utilized. To the structure analyze of spatial dependency we used experimental semivariograms generated from sample data set. Afterward those theoretical models were adjusted to the experimental semivariograms and techniques of evaluation of the adjustments were applied to the geoestatistic models. Consequently, the results of the several methods studied were analyzed and the gotten results were compared, concluding for the cross validation as the best adjustment criterion.
Keywords: Geoestatística
estimadores
validação do ajuste
Geostatistcs
estimators
adjustment validation
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Engenharia
Program: Programa de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Engenharia Agrícola
Citation: FARACO, Mario Antonio. Qualidade do ajuste de modelos geoestatísticos utilizados na agricultura de precisão. 2006. 135 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2774
Issue Date: 3-May-2006
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mario Antonio Faraco.pdf2.28 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.