Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2578
Tipo do documento: Dissertação
Title: Políticas linguísticas em um contexto transfronteiriço: representações de professores sobre o Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio - PNEM.
Other Titles: Language policy in a transboundary context: teachers representations about the covenant by National Higth School of Strengthening - PNEN
Autor: Silva, Izabel da
Primeiro orientador: Santos, Maria Elena Pires
Primeiro membro da banca: Moraes, Denise Rosana da Silva
Segundo membro da banca: Greco, Eliana Alves
Resumo: Esta pesquisa buscou investigar como o Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio PNEM se inscreve nas políticas linguísticas e educacionais e quais representações os interlocutores da pesquisa constroem, localmente, sobre essa formação continuada, em um contexto escolar transfronteiriço da cidade de Foz do Iguaçu/PR. No intuito de concretizar o objetivo proposto, procurei responder a duas perguntas de pesquisa: 1) Como as políticas linguísticas, aliadas às políticas educacionais, foram construídas historicamente no Brasil, entre estas o PNEM? e 2) Quais representações de um grupo multidisciplinar de professores e pedagogos são evidenciadas localmente, por meio de suas práticas discursivas, sobre a política de formação continuada do PNEM? A pesquisa em questão procurou realizar uma interface entre o campo teórico-metodológico da Linguística Aplicada (doravante LA) e a Educação (KLEIMAN, 1998; PENNYCOOK, 1998; BAKHTIN (VOLOCHINOV) ([1929] 2006; RAJAGOPALAN, 2006, 2013; entre outros). Dessa forma, fiz um recorte que abrangeu a Política Linguística e a Política Educacional na fundamentação teórica da pesquisa (HAMEL, 1993; CALVET, 2002; SHOHAMY, 2006, 2010; SAVIANI, 2008, 2011; JAFFE, 2009; SHIROMA et. al., 2011; MAHER, 2013; entre outros). Portanto, optei por uma metodologia de natureza qualitativa/interpretativa e de cunho etnográfico (ERICKSON, 1989; DENZIN e LINCOLN, 2006; FLICK, 2009). A dissertação foi organizada em três capítulos. No primeiro capítulo, apresentei o percurso teórico-metodológico da pesquisa; contextualizei a realidade linguístico-cultural e superdiversa da região transfronteiriça que circunscreve a cidade de Foz do Iguaçu/PR e o Colégio Estadual Ipê Roxo; bem como, a reordenação do PNEM localmente. A constituição do corpus consistiu em: notas de campo da observação participante dos encontros coletivos realizados no colégio durante o ano de 2015; os Cadernos de Formação I, II e IV da Etapa 2 do PNEM e suas respectivas Atividades de Produção Textual coletiva; e em excertos das práticas discursivas dos participantes de um Grupo Focal. O segundo capítulo tentou responder a primeira pergunta de pesquisa. Os resultados indicaram que junto à colonização do território brasileiro, também se empreendeu uma colonização linguística (MARIANI, 2004), e com ela aparecem as primeiras ações de políticas linguísticas e educacionais como os Regimentos de D. João III, a Reforma Pombalina, com a imposição da língua portuguesa por meio do Diretório do Índios, em 1757 (SOARES, 2004), ou ainda, no século XX, a repressão linguística estabelecida aos imigrantes e seus descendentes, no governo do Estado Novo; entre tantas outras. No capítulo 2, observei também, que diferentes concepções de língua(gem) estiveram subjacentes ao ensino e às políticas linguísticas de cada momento histórico, no Brasil. O terceiro capítulo procurou responder à segunda pergunta de pesquisa. A análise e interpretação dos dados evidenciou, entre outras questões, que os interlocutores apresentaram representações, às vezes, contraditórias com relação à formação continuada do PNEM. Pois ao mesmo tempo, em que pareciam assumir um posicionamento de agentes de política linguística, resistindo à política de cima para baixo (topdown) (SHOHAMY, 2006); em outros, acabavam reivindicando que a formação também fosse realizada para os professores do Ensino Fundamental II. Com efeito, percebi que a falta de debate nos encontros coletivos, impossibilitado pela reordenação do PNEM localmente, fez com que questões importantes para a realidade local, a exemplo da diversidade linguístico-cultural, fossem minimamente discutidas. Além disso, a análise dos documentos que regem o PNEM e os Cadernos de Formação, bem como, a interpretação das práticas discursivas dos interlocutores revelaram focos de atenção distintos. Por um lado, as representações dos interlocutores sobre os alunos do Colégio Estadual Ipê Roxo se mostraram, quase sempre, de forma estereotipada negativamente; com a afirmação de que a diversidade da realidade local determina a priori os problemas de aprendizagem dos educandos. Por outro lado, os documentos mostram maior preocupação com os direitos à aprendizagem do aluno, porém, não citam quais poderiam ser os direitos dos professores. Embora, os cadernos explicitem como exigência que o professor articule teoria e prática, no contexto da sala de aula, os autores da formação continuada do PNEM acabam negligenciando esta articulação em sua parte metodológica
Abstract: This research aimed to investigate how the Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio - PNEM - is inscribed in language and education policies and what representations the research partners build, locally, on this continuing education in a cross-border school context of the city of Foz do Iguaçu/PR. In order to achieve the proposed objective, I sought to answer two research questions: 1) How language policies, combined with educational policies, historically, have been built in Brazil, among them the PNEM? and 2) What representations of a multidisciplinary group of teachers and pedagogues are evidenced locally through their discursive practices, on the continuing education policy PNEM? The research in question sought to achieve an interface between the theoretical and methodological field of Applied Linguistics (hereinafter LA) and Education (KLEIMAN, 1998; PENNYCOOK, 1998; BAKHTIN (VOLOCHINOV) ([1929] 2006; RAJAGOPALAN, 2006, 2013; etc). Thus, I made a cutout covering Linguistic Policy and Educational Policy in the theoretical foundation of the research (HAMEL, 1993; CALVET, 2002; SHOHAMY, 2006, 2010; SAVIANI, 2008, 2011; JAFFE, 2009; SHIROMA et. al., 2011; MAHER, 2013; among others). So I opted for a methodology of qualitative / interpretative and ethnographic (ERICKSON, 1989; DENZIN & LINCOLN, 2006; FLICK, 2009). The dissertation was organized into three chapters. In the first chapter, I presented the theoretical and methodological approach of the research; I contextualize the linguistic and cultural reality and superdiversity the border region that circumscribes the city of Foz do Iguaçu/PR and the Colégio Estadual Ipê Roxo; as well as the reordering of PNEM locally. The constitution of the corpus consists of: field notes from participant observation of collective meetings at school, during the year 2015; the formation of books I, II and IV of Step 2 of the PNEM and their production activities collective textual; and excerpts from the discursive practices of participants in a focus group. The second chapter has attempted to answer the first research question. The results indicated that with the colonization of Brazil, also undertook a linguistic colonization (MARIANI, 2004); and with it come the first actions of linguistic and educational policies as "Regiments" of D. João III, the Pombaline Reform, with the imposition of the Portuguese language by the Diretório do Índios in 1757 (SOARES, 2008); or, in the twentieth century, the linguistic repression established to immigrants and their descendants, in the government of the Estado Novo; among many others. In Chapter 2, I noted also that different concepts of language were underlying the teaching and language policies of each historical moment in Brazil. The third chapter sought to answer the second research question. The analysis and interpretation of the data showed, among other things, that the parties had representations sometimes contradictory regarding the continuing education of PNEM. For the same time they seemed to assume a position of language policy agents, resisting the top-down policy (SHOHAMY, 2006); at other times, they end up claiming that the training was also conducted for teachers of Ensino Fundamental II. In fact, I realized that the lack of debate in collective meetings, unable by reordering the PNEM locally, made important issues to local realities, such as the linguistic and cultural diversity, were minimally discussed. Furthermore, the analysis of the documents governing the PNEM and Training books, as well as the interpretation of the discursive practices of the interlocutors revealed distinct focus of attention. On the one hand, the representations of the parties on the students of Colégio Estadual Ipê Roxo, proved almost always negatively stereotypical way; with the statement that the diversity of the local reality determines a priori the students learning problems. On the other hand, the documents show greater concern for the rights to student learning, however, did not mention what could be the rights of teachers. Although the contract clearly define as a requirement that the teacher articulates theory and practice in the context of the classroom, the authors of the continuing education of PNEM end up neglecting their methodological part.
Keywords: Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio - PNEM
políticas linguísticas
Tríplice Fronteira (Argentina, Brasil, Paraguai) - Educação
Linguagem e línguas - Ensino
Educação e Estado
National Pact for Secondary Education Strengthening
linguistic and educational policy, cross-border school context
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS:EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Letras e Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Sociedade, Cultura e Fronteiras
Campun: Foz do Iguaçu
Citation: SILVA, Izabel da. Políticas linguísticas em um contexto transfronteiriço: representações de professores sobre o Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio - PNEM. 2016. 148 f. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Foz do Iguaçu, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2578
Issue Date: 25-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras (FOZ)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Izabel_Silva_2016.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.