Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2282
Tipo do documento: Dissertação
Title: Mulher e mercado de trabalho no início do século XXI: um estudo de caso junto ao SESC no Oeste do Paraná (2006 a 2010)
Other Titles: Women and the labor market in the begininng of XXI century: a case study of Sesc in West of Paraná (2006 a 2010)
Autor: Martini, Luciane 
Primeiro orientador: Rippel, Ricardo
Primeiro membro da banca: Lima, Jandir Ferrera de
Segundo membro da banca: Rippel, Valderice Cecília Limberger
Resumo: A participação da mulher no mercado de trabalho expandiu-se, e muito, nas ultimas décadas. Principalmente a partir do ano de 1970 essa participação gerou diversas transformações na estrutura familiar tradicional e no seu papel desempenhado tanto na família como na sociedade. Com base nesse novo cenário, o presente estudo tem por objetivo analisar as características sociais e econômicas da inserção das mulheres filiadas junto às unidades do SESC na mesorregião Oeste Paranaense, no setor terciário no período de 2006 a 2010. O Oeste Paranaense estruturou-se inicialmente pelo setor primário da economia, porém, com o impacto das transformações tecnológicas e o deslocamento da população rural para a zona urbana, os setor terciário modernizou-se para dar suporte às necessidades das novas formas da organização produtiva, desse modo a mulher foi inserida nesse setor. Através do desenvolvimento da pesquisa primária junto a uma amostra de 638 mulheres junto às quatro (4) unidades do SESC localizadas nos municípios de Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo e Marechal Cândido Rondon, observamos que a maioria das mulheres está na faixa etária compreendida entre 30 a 39 anos; que, com relação ao estado civil, a prevalência é de mulheres casadas e que a grande maioria delas possui apenas um (1) filho e, ainda, que o tamanho da unidade familiar está concentrado entre duas (2) a quatro (4) pessoas. A pesquisa revelou que o principal motivo para a inserção da mulher no mercado de trabalho està relacionado à necessidade financeira familiar. Quanto ao nível escolar dessas mulheres, podemos afirmar que o predomínio é de mulheres com ensino médio, e que um alto índice está freqüentando o ensino superior, e se acumula também a realização da dupla jornada de trabalho, ou seja, em casa e fora dele. Observou-se o grande número de mulheres chefes de família, responsáveis pela manutenção econômica da unidade familiar. Já a pesquisa secundária revelou intensas diferenças de rendimentos entre homens e mulheres nesse setor, mesmo quando desenvolvem as mesmas funções. Observa-se, por fim, que, em termos quantitativos, a prevalência maior é de empregados do sexo masculino nesse setor.
Abstract: Women's participation in the labor market has expanded heavily in the latest decades, especially since the year 1970, this participation has generated several transformations in family structure and its traditional role of both in the family and society. Based on this new scenario, this study has to analyze the social and economic characteristics of the insertion of women affiliated with the units of the SESC in meso West Paranaense in tertiary sector in the period 2006 to 2010. The West was structured Paranaense initially by primary sector, but with the impact of technological changes and the displacement of rural population to urban area, the tertiary sector has been modernized to support the needs of new forms production organization, so the woman was included in this sector. By development of primary research with a sample of 638 women from the SESC, four units located in the municipalities of Cascavel, Foz do Iguacu, Toledo and Marechal Candido Rondon, we observed that most women in this age group between 30 to 39 years, with respect to marital prevalence refers to married women and the vast majority of them have only 01 and son the size of the family unit is concentrated among 02 to 04 people. Search revealed that the main reason for women entering the labor market is related to family financial need. We can also say that the predominance of women have secondary education, and that such a high rate attending higher education, and accumulates the execution of the double shift work, or home and abroad. It was noted the large number of women heads of households, responsible for the economic family unit. Already extensive secondary research revealed differences in earnings between men and women in this sector, which develop the same functions. It was also noted that in the volume was higher among male employees in this sector.
Keywords: Trabalho feminino
Setor terciário
Características socioeconômicas
Mulheres - Emprego - Paraná, Região Oeste
Mercado de trabalho - Mulheres
Working women
The tertiary sector
Characteristycal socioeconomic
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA DOS RECURSOS HUMANOS::MERCADO DE TRABALHO; POLITICA DO GOVERNO
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Desenvolvimento regional e do Agronegócio
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Regional e Agronegócio
Citation: MARTINI, Luciane. Women and the labor market in the begininng of XXI century: a case study of Sesc in West of Paraná (2006 a 2010). 2011. 101 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento regional e do Agronegócio) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2282
Issue Date: 7-Jun-2011
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Luciane Martini.pdf678.61 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.