Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/2223
Tipo do documento: Dissertação
Title: Análise do ambiente institucional e organizacional da logística de exportações de grãos das cooperativas do Oeste do Paraná
Other Titles: Analysis of the institutional and organizational environment of the logistics of exports of grains of the West of Paraná cooperatives
Autor: Aguilar, Cristian Jair Paredes 
Primeiro orientador: Shikida, Pery Francisco Assis
Primeiro coorientador: Lobo, Débora da Silva
Primeiro membro da banca: Jr., Weimar Freire da Rocha
Segundo membro da banca: Souza, Ricardo Oliveira de
Resumo: O Paraná é o segundo maior produtor de grãos das commodities soja e milho do Brasil. Este cenário está relacionado à importância que o cooperativismo agropecuário possui no estado e que é muito forte na mesorregião Oeste. Destarte, as cooperativas têm papel determinante na modernização e avanços na produção, armazenamento, comercialização e transformação dos produtos das cadeias produtivas, que, além de grãos, inclui suínos, frango e bovinocultura leiteira. Diante da importância das cooperativas no agronegócio nessa mesorregião, esta pesquisa busca analisar qual a influência do ambiente institucional e organizacional da logística na exportação de grãos das cooperativas do Oeste do Paraná, utilizando-se do approach teórico do ambiente institucional e organizacional construído por Farina et al. (1997). O trabalho tem caráter exploratório e descritivo, utilizando-se de pesquisa sobre a literatura afim, técnicas de observação e entrevistas com os agentes envolvidos nas distintas rotas de exportação de grãos. Como corolário, na rota de exportação via Porto de Paranaguá, a pesquisa apontou que as falhas institucionais nas concessões geraram grandes gargalos no transporte rodoviário e ferroviário até o porto. O desequilíbrio nos contratos de pedágio, causadas por mudanças contratuais, retiraram os investimentos previstos na BR-277 e elevaram tarifas de pedágio para o agronegócio. Na ferrovia também há gargalos devido falhas institucionais, referentes à falta de exigência de obras nos contratos de concessão, como adequação da bitola métrica e correções de curvas sinuosas, que aumentam o tempo de transporte pela ferrovia. Como o modal hidroviário é o menos utilizado no transporte de grãos da região, o trabalho também analisou o potencial dinamizador que a Hidrovia Paraná-Paraguai (HPP) pode trazer para a competitividade da cadeia. Para tanto, realizou-se uma caracterização dos elementos institucionais e organizacionais envolvidos na exploração da HPP pelo Paraguai. Os resultados obtidos na rota de exportação de grãos pela HPP mostraram que restrições institucionais, como a proibição de circulação de transgênicos no Paraná, fizeram as organizações paraguaias fomentarem o desenvolvimento da alternativa hidroviária. Assim, os investimentos do setor privado na hidrovia tornaram o Paraguai competitivo nas exportações de grãos, com uma destacada infraestrutura logística hidroviária e integração comercial com outros países do Mercosul. Observando os elementos e oportunidades presentes na rota de exportação de grãos via Paranaguá e na rota paraguaia de exportação pela HPP, é possível observar oportunidades para a mesorregião Oeste do Paraná no modal hidroviário. Em Foz do Iguaçu já existe um terminal fluvial com acesso à Hidrovia Paraná-Paraguai e uma empresa de navegação, ambas criadas pela iniciativa privada da região. Havendo apoio para o desenvolvimento da HPP, sejam pelas cooperativas e/ou somado a outras organizações do Oeste e até de regiões vizinhas, a criação de um canal de comércio pela HPP pode ser uma opção para exportação (grãos e outros produtos) e importação que amplia a oferta de serviços logísticos para as demandas da região. Tal alternativa logística ampliará a concorrência com os modais rodoviário e ferroviário disponíveis e atualmente usados, gerando competição nos preços de transportes que tendem a diminuir os custos logísticos.
Abstract: The State of Parana is the second largest producer of grain commodities soybean and corn in Brazil. This scenario is related to strong and important presence of agricultural cooperativism in the western mesoregion. Thus, the cooperatives have major role in the modernization and advances in production, storage, marketing and processing of the productive chain products, which in addition to grains, include swine, chicken and dairy cattle. Given the importance of cooperatives in agribusiness in this mesoregion, this research aims at analyzing the influence of the institutional and organizational environment of logistics in the competitiveness of the grains of the western Parana cooperatives, using the theoretical approach of the institutional and organizational environment built by Farina et al. (1997). This master's thesis has exploratory and descriptive nature, using research of related literature, observation techniques and interviews with the agents involved in the different grain export routes. As a corollary, in the export route by the Port of Paranaga, the survey indicated that institutional failures in concessions generated major bottlenecks in road and rail transport to the port. The imbalance in the toll contracts, due to contractual changes, withdrawn the investments planned for the BR-277 road and increased toll rates for agribusiness. There are bottlenecks also in railroads due to institutional failures, referring to the lack of demand for works in the concession agreements, such as the adequation of the meter gauge and corrections in sinuous curves, which increase the transport time by the railway. As the waterway modal is the least used to transport grains in the region, the study also analyzed the potential driving force that the Parana-Paraguay Waterway (PPW) can bring to the competitiveness of the chain. Therefore, it was held the characterization of institutional and organizational elements involved in the operation of PPW by Paraguay. The results obtained in the grain export route by PPW showed that institutional constraints such as prohibition of transgenetics circulation in Parana, led the Paraguayan organizations to encourage the waterway alternative. Thus, the private sector investments in the waterway made Paraguay competitive in grain exports, with an outstanding waterway logistics infrastructure and trade integration with other Mercosur countries. Looking at the elements and opportunities present in the grains export route through Paranagua and the Paraguayan export route through PPW (Parana-Paraguay Waterway), it is possible to identify opportunities for Parana west mesoregion in the waterway modal. In Foz do Iguaçu there is al-ready a river terminal with access to the Parana-Paraguay Waterway and a shipping company, both created by the private sector in the region. If there is support for the development of PPW (Parana-Paraguay Waterway), whether by cooperatives and/or added to other western organizations and even from neighboring regions, the creation of a trade channel through the PPW may be an option for export (grains and other products) and importations that will extend the supply of logistics services for the region demands. Such alternative in logistics will increase competition with the road and rail modal available and currently used, generating competition in transport prices with the tendency to reduce logistics costs.
Keywords: Economia institucional
Exportação
Logistica
Produtos agrícolas
Cooperativas agrícolas
Instituições
Organizações
Transporte
Soja e milho
Mesorregião
Institutions
Oganizations
Transport
Soybeans and corn
Mesoregion
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::CRESCIMENTO, FLUTUACOES E PLANEJAMENTO ECONOMICO::CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO ECONOMICO
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Desenvolvimento regional e do Agronegócio
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Regional e Agronegócio
Citation: AGUILAR, Cristian Jair Paredes. Analysis of the institutional and organizational environment of the logistics of exports of grains of the West of Paraná cooperatives. 2016. 99 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento regional e do Agronegócio) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Toledo, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/2223
Issue Date: 26-Aug-2016
Appears in Collections:Mestrado em Desenvolvimento Regional e Agronegócio (TOL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cristian J P Aguilar.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.