Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1586
Tipo do documento: Dissertação
Title: Probióticos em rações comerciais para leitões na fase de creche
Other Titles: Digestibility of commercial diet with addition of different probiotics for piglets from 21 to 63 days of age and performance in the nursery phase
Autor: Cristofori, Eliseu Carlos 
Primeiro orientador: Oliveira, Newton Tavares Escocard de
Primeiro coorientador: Carvalho, Paulo Levi de Oliveira
Primeiro membro da banca: Eyng, Cinthia
Segundo membro da banca: Castilha, Leandro Dalcin
Resumo: Objetivou-se com este trabalho avaliar a digestibilidade, quantificação de Clostrídeos e CBT das fezes, desempenho e variáveis sanguíneas em leitões alimentados com dois probióticos diferentes. Os experimentos foram realizados no Setor de Suinocultura da Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Para a digestibilidade foram utilizados 24 suínos machos inteiros com peso vivo inicial de 18,8 ± 0,87 kg, que foram alojados individualmente em gaiolas de metabolismo, distribuídos em delineamento experimental inteiramente casualizado, constituído de três tratamentos e oito repetições por tratamento. Os tratamentos foram: ração comercial isenta de probiótico; ração comercial com adição do probiótico A e ração comercial com adição do probiótico B. Foi avaliada a digestibilidade das rações e no final do experimento foi coletado 25 gramas de fezes para análise microbiológica de Clostridium e contagem bacteriana total. Para o segundo experimento, foram utilizados 150 leitões, fêmeas e machos inteiros, mestiços, desmamados aos 21 dias de idade com peso médio inicial de 6,81 ± 0,71 kg distribuídos em delineamento experimental de blocos casualizados em arranjo fatorial 3 x 2, constituído de três dietas experimentais e dois sexos. As rações foram as mesmas do experimento 1. Foi avaliado o desempenho durante a fase de creche, dividida em fases: Pré inicial I (21 29 dias de idade); Pré inicial II (30 40 dias de idade); Inicial (41 63 dias de idade) e período total (21 63 dias de idade). Ao final de cada fase foram coletadas amostras de sangue para avaliação de cálcio, fósforo e uréia no soro. Para a digestibilidade foram encontrados resultados significativos (p<0,05) entre tratamentos para a proteína bruta digestível onde que os probióticos melhoraram a digestibilidade. Nas análises microbiológicas foi encontrado valores significativos (p<0,05) para contagem bacteriana total em que o probiótico A diminuiu a contagem. Para desempenho não foram encontradas diferenças estatísticas (P>0,05) entre tratamento em nenhuma das fases. Foi encontrado diferença estatística (P<0,05) para comparação de sexo no desempenho no período total em que os machos foram superiores as fêmeas. Na análise de cálcio sanguíneo, houve diferença estatística (P<0,05) apenas para a fase Pré inicial II, onde que os machos alimentados com o probiótico B apresentou menor valor que os demais. Na análise de fósforo sanguíneo houve diferença (P<0,05) apenas para a fase Pré inicial I, onde que os machos alimentados com A apresentou maiores valores em relação aos demais. O uso dos probióticos melhoram a digestibilidade da proteína bruta da ração e reduz a população de bactérias totais presentes nas fezes. Para desempenho os probióticos não foram eficientes, e para análise sanguínea não apresentaram correlação significativa
Abstract: The objective of this study was to evaluate the digestibility, microbiological composition of the feces, performance and blood parameters in piglets fed two different probiotics. The experiments were performed in the swine industry of the State University of Western Paraná. For digestibility assay, 24 pigs with initial weight of 18.8 ± 0.87 kg were housed individually in metabolism cages, distributed in a completely randomized experimental design consisting of three treatments and eight replicates per treatment. The treatments were: commercial diet free of probiotics; commercial diet with added probiotic Protexin and commercial diet with addition of probiotic Levucell. Digestibility of diets were evaluated and 25 grams of feces was collected for microbiological analysis of Clostridium and total bacterial count at the end of the assay. For the second experiment, 150 crossbred piglets (barrows and gilts) were used, weaned at 21 days of age with an average initial weight of 6.81 ± 0.71 kg. Animals were distributed in a randomized block in factorial arrangement 3 x 2, consisting of three experimental diets and both sexes. The diets were the same of experiment 1. We assessed performance during the nursery phase divided into phases: Pre initial I (21-29 days of age); Pre starter II (30 - 40 days of age); Initial (41-63 days of age) and total period (21 - 63 days of age). During each phase blood samples were collected for evaluation of calcium, phosphorus and urea in serum. The digestibility results were found significant (p<0.05) between treatments for digestible crude protein in which the probiotic improved digestibility. Microbiological analysis found significant differences (p<0.05) for total bacterial count of the probiotic Protexin, which decreased counting. For performance, there were no statistical differences (p>0.05) between treatment at any stage. There was a difference (p<0.05) for sex comparison in performance over the entire period in which males were higher than females. In blood calcium analysis, there was no statistical difference (p<0.05) for the Pre initial phase II, where males fed probiotic Levucell showed lower value than the others. In blood phosphorus analysis there was difference (p<0.05) for the Pre initial phase I, where males fed Protexin showed higher values than the other. The use of probiotics improve digestibility of dietary crude protein and reduces the population of total bacteria present in feces. For performance, the probiotics were not effective, and blood analysis showed no significant correlation
Keywords: Lactobacillus
Saccharomyces
Levedura
Lactobacillus
Saccharomyces
Yeast
CNPq areas: CIÊNCIAS AGRÁRIAS:ZOOTECNIA::NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ANIMAL
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Ciências Agrárias
Program: Programa de Pós-Graduação em Zootecnia
Campun: Marechal Cândido Rondon
Citation: CRISTOFORI, Eliseu Carlos. Probióticos em rações comerciais para leitões na fase de creche. 2016. 45 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Marechal Cândido Rondon, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1586
Issue Date: 31-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Zootecnia (MCR)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Eliseu_Cristofori_2016954.45 kBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.