Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1153
Tipo do documento: Dissertação
Title: Mobilidade e acessibilidade urbana: o ir e vir por meio do transporte público coletivo
Other Titles: Mobility and urban accessibility: the go and come through public transport of collective
Autor: Poletto, Pollyana 
Primeiro orientador: Pereira, Sílvia Regina
Primeiro membro da banca: Flavio, Luiz Carlos
Segundo membro da banca: Medeiros, Marlon Clovis
Terceiro membro da banca: Sposito, Maria Encarnação Beltrão
Resumo: Por meio dessa pesquisa buscamos verificar as condições de mobilidade e acessibilidade urbana da população da cidade de Pato Branco-PR. Em virtude disso, selecionamos para a pesquisa o meio mais democrático de deslocamento disponibilizado na cidade, o Transporte Público Coletivo (TPC). Contudo, para analisarmos as condições de mobilidade e acessibilidade urbana é necessário considerarmos primeiramente a estruturação e expansão do espaço urbano, isso porque, a área de residência do indivíduo influencia diretamente na qualidade de sua mobilidade e acessibilidade aos equipamentos urbanos. Na cidade estudada a expansão urbana ocorreu mais intensamente nas porções Sul e Sudoeste, as quais constituíram-se em áreas de residência para os segmentos de menor poder aquisitivo, estimulando posteriormente a constituição de subcentros comerciais e de serviços. A presença desses subcentros é benéfica para a sociedade como um todo, pois assim os equipamentos urbanos descentralizam-se, espalhando-se pelas diversas áreas da cidade, o que facilita o acesso da população. Entretanto, apesar da descentralização dos equipamentos urbanos, os deslocamentos até o centro ainda são muito significativos, pois é no centro que há oferta diversificada de produtos e serviços além dos preços serem mais atrativos. Dessa forma, os deslocamentos têm sido ampliados, bem como a opção pelo automóvel particular em detrimento ao transporte público. Isso ocorre devido as facilidades na aquisição de carros e motocicletas, e mais decisivamente, devido à defasagem do sistema de TPC. Essa mudança de comportamento da população (incentivada pela falta de investimento do Poder Público no setor dos transportes) tem provocado congestionamentos significativos nas vias da cidade, causando o aumento da poluição e da imobilidade da população. A fim de compreender os reais motivos de toda essa problemática, elaboramos etapas para a realização da pesquisa, utilizando referências bibliográficas diversas, a fim de embasar as análises e reflexões, realizamos trabalhos de campo para obter informações sobre o meio de transporte estudado, e para uma melhor compreensão, entrevistamos usuários e não usuários do TPC, bem como representantes do Poder Público (Instituto de Pesquisa e Planejamento de Pato Branco-IPPUPB e Departamento de Trânsito-DEPATRAN) e das empresas (Transportes Coletivos LP e Transangelo Transportes Coletivos LTDA) que ofertam esse serviço. As entrevistas foram essenciais para conhecermos as reais necessidades dos usuários e obtermos informações sobre as: condições dos veículos, estruturas dos pontos de embarque/desembarque, definição das linhas e itinerários, estabelecimento de horários, tarifa, isenções e descontos, integração, participação popular nos momentos de planejamentos desse meio de deslocamento e a previsão de ações do Poder Público e empresários para melhorar o serviço. Para finalizar, buscamos contribuir para a melhoria do TPC sugerindo proposições, as quais posteriormente serão encaminhadas ao Poder Público e às empresas, para que as mesmas possam ser levadas em consideração no momento do planejamento do espaço urbano, bem como dos meios de deslocamento utilizados pela população. Acreditamos que somente dessa forma, o direito de ir e vir poderá ser assegurado, sendo esse o fator primordial para garantir o direito à cidade, que mesmo sendo ressaltado em distintas leis, é bem pouco implementado.
Abstract: Through this research we seek to verify the conditions of urban mobility and accessibility of the population of Pato Branco-PR city. As a result, we selected for the research the most democratic means of displacement available in the city, the Collective Public Transportation (CPT). However, to analyze the conditions of urban mobility and accessibility, it is first necessary to consider the structuring and expansion of urban space, because, the individual's area of residence directly influences the quality of their mobility and access to urban facilities. In the city study, urban expansion occurred more intensely in the South and Southwest portions, which were set up in residential areas for the segments of lower purchasing power, further stimulating the establishment of sub-centers and commercial services. The presence of these sub-centers is beneficial to society as a whole, as well as urban equipment to decentralize-spreading up the various areas of the city, which facilitates the access of the population. However, despite the decentralization of urban equipment, trips to the center are still very significant, because it is the center that there is diverse range of products and services beyond the prices are more attractive. Thus, the shifts have been expanded as well as the option for private car over public transport. This is because the facilities in the purchase of cars and motorcycles, and more decisively due to the CPT system lag. This change in people's behavior (encouraged by the lack of Government investment in the transport sector) has caused significant congestion on city roads, causing increased pollution and "immobility" of the population. In order to understand the real reasons of this whole problem, we elaborated steps to the research, using many references in order to base the analyzes and reflections, we conducted fieldwork for information on the means of transport studied, and for better understanding, we interviewed users and non-users of the CPT, as well as representatives of the government (Institute for Research and Planning of Pato Branco - IPPUPB and DMV - DEPATRAN) and business (LP Transport Collective and Transangelo Transport Collective LTDA) that proffer this service. The interviews were essential to know the real needs of users and obtain information on: conditions of vehicles, buildings, points of embarkation / disembarkation, setting the lines and routes, timing, rate, exemptions and discounts, integration, popular participation in moments of this displacement means planning and forecasting of the Government's actions and businessmen to improve the service. Finally, we seek to contribute to the improvement of CPT suggesting proposals, which will then be forwarded to the Government and businesses, so that they can be taken into account at the time of the urban space planning, as well as the displacement means used bypopulation. We believe that only in this way, the right to come and go can be accomplished, which is the key factor to ensure the right to the city, that even being highlighted in separate laws is very little implemented.
Keywords: Mobilidade
Acessibilidade
Transporte público coletivo
Direito à cidade
Mobility
Accessibility
Collective public transportation
Right to the city
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centros de Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Geografia
Campun: Francisco Beltrão
Citation: POLETTO, Pollyana. Mobilidade e acessibilidade urbana: o ir e vir por meio do transporte público coletivo. 2016. 233 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Francisco Beltrão, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1153
Issue Date: 4-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Geografia (FBE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pollyana Poletto1.pdfParte 14.65 MBAdobe PDFView/Open Preview
Pollyana Poletto2.pdfParte 29.33 MBAdobe PDFView/Open Preview
Pollyana Poletto3.pdfParte 34.27 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.