Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/1020
Tipo do documento: Dissertação
Title: Dificuldades relatadas por professores do ensino fundamental na implementação de ações de educação sexual
Other Titles: Difficulties related for teachers of primary school on introducing sex education
Autor: Meneghetti, Vanize 
Primeiro orientador: Moura, Cynthia Borges de
Primeiro membro da banca: Grossi, Renata
Segundo membro da banca: Zilly, Adriana
Resumo: A educação sexual está inclusa nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) elaborados pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) o qual propõe que ao ministrar-se a educação sexual se busque informar e problematizar as questões referentes à sexualidade a partir da vivência, das crenças e dos valores do educando, com o objetivo de ampliar informações e levantar questionamentos sobre as escolhas mais adequadas. Para alcançar esse objetivo, é necessário que o professor esteja preparado para abordar esse assunto com os seus alunos. Diante do exposto, o objetivo desse trabalho foi realizar um levantamento a respeito das crenças, atitudes e dificuldades dos professores do 5º ano do Ensino Fundamental I de escolas municipais de Foz do Iguaçu frente ao início da abordagem da educação sexual na escola, através da aplicação de um questionário semiestruturado a 81 professores de 50 escolas. Os resultados demonstraram que a maioria dos professores acreditam ser boa as informações que possuem sobre sexualidade e acreditam que a educação sexual na escola produz mudanças positivas nas atitudes dos alunos. As atividades que realizavam com maior frequência em sala de aula são fazer com que os alunos vissem a sexualidade como algo natural, e ler livros, revistas para aumentar o seu conhecimento sobre sexualidade. Quanto às dificuldades nas ações de educação sexual no 5º ano, os professores sentem maior capacidade e conforto na abordagem de assuntos relacionados aos aspectos biológicos da educação sexual. Sendo os assuntos: "sexo oral", "sexo anal", "masturbação", "prazer sexual e orgasmo" os citados pelos professores como menos importantes, que se sentem menos capazes de abordar e os que geram maior desconforto ao ministrar em sala de aula. Os educadores também apontaram como os maiores desafios enfrentados a falta de material adequado, a insegurança diante os alunos e o despreparo na abordagem da temática.
Abstract: The sex education is included in the National Curriculum Parameters (PCN) issued by the Ministry of Education and Culture which proposes that while teaching sex education seeks to inform and discuss the sexuality-related issues from the experience, beliefs and student values, with the aim of expanding information and raise questions about the most appropriate choices. To achieve this goal, it is necessary that the teacher be prepared to address this issue with their students. Given the above, the objective of this study was to conduct a survey about the beliefs, attitudes and difficulties of teachers of the 5th year of elementary school of public schools front of the beginning of approach to sexual education at school. To evaluate their actions on this subject we applied a questionnaire to 81 teachers of municipal schools in Foz do Iguaçu. The results showed most teachers believe to be "good" with the information they have about sexuality and believe that sex education in school produces positive changes in attitudes. The activities performed more frequently in the classroom are to make students saw sexuality as something natural, read books, magazines to increase their knowledge about sexuality. Regarding the difficulties teachers feel increased capacity and comfort in the questions related to the biological aspects of sex education, and the issue "oral sex", "anal sex", "masturbation" and "sexual pleasure and orgasm cited by teachers as less important, they feel less able to address and generating greater discomfort to teach in the classroom. The teachers also pointed out as the biggest challenges facing the lack of suitable material, insecurity on the students and the lack of preparation in the thematic approach.
Keywords: educação em saúde
escola
saúde coletiva
educação sexual
health education
school
collective health
CNPq areas: CIENCIAS HUMANAS:EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Centro de Educação, Letras e Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Ensino
Citation: MENEGHETTI, Vanize. Dificuldades relatadas por professores do ensino fundamental na implementação de ações de educação sexual. 2016. 82 f. Dissertação (Mestrado em Ciências, Linguagens, Tecnologias e Cultura) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Foz do Iguaçu, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/1020
Issue Date: 14-Mar-2016
Appears in Collections:Mestrado em Ensino (FOZ)

Files in This Item:
File SizeFormat 
Vanize_Meneghetti_2016.pdf4.57 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.