Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/674
Tipo do documento: Dissertação
Title: Qualidade de vida, ansiedade e depressão em pacientes renais crônicos em tratamento conservador
Other Titles: Quality of life, anxiety and depression in patients chronic renal in conservative treatment
Autor: Barbosa, Halana Batistel 
Primeiro orientador: Peres, Luis Alberto Batista
Primeiro membro da banca: Delfino, Vinicius Daher Alvares
Segundo membro da banca: Balbo, Sandra Lucinei
Resumo: Introdução: A doença renal crônica (DRC) apresenta alto impacto na saúde para os pacientes e para os serviços de saúde em todo o mundo e vem sendo considerada um importante problema de saúde pública. Os portadores de uma doença crônica ainda que o tratamento não seja invasivo tem que se adaptar as mudanças que esta acarreta, e que podem interferir na qualidade de vida (QV) e também nos níveis de ansiedade e depressão, dependendo da forma como são incluídas e aceitas no cotidiano. Objetivos: Avaliar os níveis de QV, ansiedade e depressão em pacientes portadores de DRC em tratamento conservador; investigar as características clínicas, sociodemográficas, laboratoriais e aspectos sobre o conhecimento da doença e seu tratamento de pacientes portadores de DRC em tratamento conservador e correlacioná-los com os níveis de QV, ansiedade e depressão; comparar os dados demográficos, clínicos e laboratoriais dos pacientes em função de ter ou não ansiedade e de ter ou não depressão; comparar os domínios de QV em função do sexo; comparar os dados demográficos, as variáveis ansiedade, depressão e QV conforme estadiamento da DRC em dois grupos. Metodologia: Estudo de abordagem quantitativa, descritivo, exploratório e observacional, de corte transversal, realizado no Ambulatório do Curso de Medicina na especialidade de Nefrologia do Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP). Foi utilizado questionário previamente elaborado para levantamento do perfil sociodemográfico e clínico da população estudada, o instrumento SF-36 (Medical Outcomes Study 36 - Item Short-Form Health Survey) para análise da QV e o instrumento HADS (Hospital Anxiety and Depression Scale) para avaliação da ansiedade e depressão. Para análise dos dados utilizou-se o programa estatístico R (Core Team, 2013), foram realizados os testes de Shapiro-Wilk, qui-quadrado, Exato de Fisher e t-Student, de acordo com a natureza das variáveis. O teste de correlação de Spearman foi realizado para correlacionar ansiedade, depressão e QV. Foi considerado nível de significância de 5%. Resultados: Foram avaliados 132 pacientes com idade média de 65,0 ± 14,0 anos, predominando o sexo masculino (55,3%) e a raça branca (83,3%). Os pacientes apresentaram tempo de acompanhamento médio de 56,4 ± 87,0 meses. Hipertensão arterial e diabete mellitus foram as principais comorbidades encontradas. Observamos pouco conhecimento sobre a doença. A ansiedade foi observada em 26,5% e a depressão em 37,1% dos pacientes. Foram observados baixos domínios 'limitação por aspectos físicos' e 'estado geral de saúde' na avaliação da QV. Houve correlação positiva entre ansiedade e depressão. Conclusão: Observamos prevalência elevada de ansiedade e depressão, bem como, baixa qualidade de vida na população estudada.
Abstract: Introduction: The chronic kidney disease (CKD) presents high impact in health for patients and for the health services all over the world and it has been considered one important problem of public health. The carriers of a chronic disease, even if the treatment is non-invasive, they have to adapt themselves to the changes that this disease entails, and can interfere with the quality of life (QL) and also the anxiety and depression levels, depending on how they are included and accepted daily. Objectives: To evaluate the QL levels, anxiety and depression in patients carriers of CKD in conservative treatment; To investigate the clinic, sociodemographic, laboratory characteristics and aspects from the disease knowledge and its treatment of patients carriers of CKD in conservative treatment and correlate with the levels of QL, anxiety and depression; to compare; the demographic, clinic and laboratory data from patients in order to whether have or not anxiety and whether have or not depression; to compare the domains of QL in relation to sex; to compare the demographic data, the anxiety, depression and QL variables as CKD staging in two groups. Methodology: Study of quantitative approach, descriptive, exploratory and observational, cross-sectional, performed at the Medical School Clinic in the Nephrology specialty of Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP). It was used a previously elaborated questionnaire for the sociodemographic and clinical profile of the population studied, the instrument SF-36 (Medical Outcomes Study 36 Item Short-Form Health Survey) for analysis of QL and the instrument HADS (Hospital Anxiety and Depression Scale) to evaluate the anxiety and depression. For data analysis it was used the statistical program R (Core Team, 2013), the tests applied were Shapiro-Wilk, chisquare, Fisher s exact and t-Student, according to the nature of the variables. The correlation test of Spearman was used to correlate anxiety, depression and quality of life. It was considered the significance level of 5%. Results: 132 patients were evaluated with mean age of 65,0± 14,0 years old, with predominance of male patients (55,3%) and white race (83,3%). The patients presented a time of followup average of 56,4 ± 87,0 months. Hypertension and diabetes mellitus were the main comorbidities founded. We observed little knowledge about the disease. Anxiety was observed in 26,5% and depression in 37,1% of the patients. Low fields 'limitations due to physical aspects' and 'general health' in the assessment of QL were observed. There was positive correlation between anxiety and depression. Conclusion: We observed high prevalence of anxiety and depression, such as, low QL in the studied population
Keywords: Insuficiência renal crônica
Qualidade de vida
Ansiedade
Depressão
Renal insufficiency chronic
Quality of life
Anxiety
Depression
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biociências e Saúde
Citation: BARBOSA, Halana Batistel. Quality of life, anxiety and depression in patients chronic renal in conservative treatment. 2016. 124 f. Dissertação (Mestrado em Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/674
Issue Date: 26-Feb-2016
Appears in Collections:Mestrado em Biociências e Saúde (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
HAL_ANA.pdf3.05 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.