Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.unioeste.br/handle/tede/669
Tipo do documento: Dissertação
Title: Avaliação da implementação do programa rede mãe paranaense em três regionais de saúde
Other Titles: Evaluation of the implementation process of the Rede Mãe Paranaense in three ealth regional
Autor: Frank, Bruna Regina Bratti 
Primeiro orientador: Toso, Beatriz Rosana Gonçalves de Oliveira
Primeiro coorientador: Viera, Cláudia Silveira
Segundo coorientador: Guimarães, Ana Tereza Bittencourt
Primeiro membro da banca: Rizzotto, Maria Lucia Frizon
Segundo membro da banca: Tacla, Mauren Teresa Grubisich Mendes
Resumo: Introdução: No campo das políticas públicas faz-se importante avaliar a implantação de programas que visam a qualificação dos serviços em saúde, em especial à população materno-infantil. Em 2012, o Paraná implantou o Programa Rede Mãe Paranaense (PRMP), tendo em vista a humanização e assistência dessa população e o definiu como prioritário nas ações em saúde. Objetivos: O objetivo geral foi avaliar o desempenho dos domínios (consultas, estratificação de risco, prevenção materna, gestão e seguimento da criança após o nascimento) na 9ª, 10ª e 17ª Regionais de Saúde no período pré (2010 e 2011) e pós (2012 e 2013) implantação do PRMP, e como objetivos específicos: desenvolver instrumento de avaliação de processo e resultados de implementação para o PRMP; estabelecer Índice Avaliativo (IA) para avaliação do PRMP; identificar o desempenho dos domínios antes e depois da implantação do PRMP por Regional de Saúde e comparar o desempenho de cada domínio entre as três regionais nos períodos pré e pós implantação do PRMP. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa avaliativa, com abordagem quantitativa, realizada em três Regionais de Saúde do Estado do Paraná (9ª Regional de Foz do Iguaçu; 10ª Regional de Cascavel e 17ª Regional de Londrina) no período Pré (2010 e 2011) e Pós (2012 e 2013) implantação do PRMP. Coleta de dados documental, a partir dos sistemas de informação em saúde, a saber: Sistema de Informação de Nascidos Vivos (SINASC), Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), Sistema de Acompanhamento do Programa de Humanização no Pré-Natal e Nascimento (SISPRENATAL), Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) e Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), por meio de formulário elaborado e validado pela equipe de pesquisa, com posterior tabulação e análise estatística para identificar o IA (em escala de 0 a 100 considerou-se ideal o Índice igual ou superior a 70) dos domínios avaliados, sendo eles: consultas, prevenção materna, risco, gestão e seguimento, e discussão alicerçada na literatura acerca da temática em questão. Análise estatística dos dados, apresentados em dois artigos de resultados. Resultados: A pesquisa permitiu a construção e validação (alfa de Cronbach de 0,839) de instrumento avaliativo que se demonstrou útil para avaliação do PRMP, bem como de outros programas públicos de saúde materno-infantil. Os domínios que apresentaram maior influência da implantação do programa foram Consultas e Prevenção Materna, ainda que seus escores após a implantação tenham permanecido abaixo do preconizado, e Gestão, sendo que os demais domínios pouco oscilaram ao longo dos quatro anos de estudo. Ainda, a 10ª RS foi a que apresentou melhor IA após a implantação do programa (IA de 76,85 em 2013), seguida da 17ª (IA de 73,31), sendo que a 9ª não atingiu valores adequados após a implantação do programa (IA de 58,07). Conclusão: Espera-se, primeiramente, que o instrumento de pesquisa criado e validado possa ser replicado para avaliação de outras regionais de saúde do estado, bem como de outros programas de saúde materno-infantis. No que se refere aos resultados da avaliação do PRMP, observa-se uma falha no registro das informações em saúde, que acabam comprometendo a avaliação da qualidade da assistência prestada. Faz-se importante lembrar que o processo de implantação do Programa é incipiente e necessita de ajustes estruturais e de implementação, a exemplo do processo de qualificação dos profissionais, da contratualização das instituições, do fluxo dentro da rede, em busca de melhorar a qualidade da atenção prestada às mulheres e crianças, tendo em vista o alcance das metas propostas pelo programa em todo o Paraná.
Abstract: Introduction: In the field of public policies it's important to evaluate the implantation of programs that aim the qualification of the health services, specially to the maternal-child population. In 2012, Paraná State implemented the program Rede Mãe Paranaense (RMP), in order of the humanization and support of this population and defined it as a priority in health actions. Objectives: The overall objective was to evaluate the performance of the domains (consultation, risk stratification, maternal prevention, management and child follow-up after childbirth), in 9th, 10th and 17th Health Regions in the period pre (2010 and 2011) and post (2012 and 2013) implantation of RMP, and as specific objectives: develop an instrument to evaluate the process and the results of the implementation to the RMP; to set an Evaluative Index to the evaluation of RMP; to identify the domains performance before and after the implantation of RMP for Health Region and compare the performance of each domain betweein three regions in the pre and post implantation periods of PRMP.Methodology: Evaluative research, with quantitative approach, realized in three Health Regions of the Parana State (9th Region of Foz do Iguaçu, 10th Region of Cascavel and 17th Region of Londrina) in the period pre (2010 and 2011) and post (2012 and 2013) implantation of the RMP. Documental data collection, as from the systems of health information, namely: Information System of Childbirth (SINASC), Mortality Information System (SIM), Monitoring System of the Humanization of Prenatal and Childbirth Care (SISPRENATAL), Information System of the National Immunization Program (SI-PNI) and Department of Health System Hardware (DATASUS), through form developed and validated by the research team, with subsequent tabulation and analysys to identify the Evaluation Index (in a scale of 0 to 100 it considered ideal an Index equal or superior to 70) of the domains to be evalueted, being them: consultation, maternal prevention, risk, management and child follow-up, and discussion with the literature about the present theme. Statistical data analysys, presented in two results articles. Results: The research allowed the construction and validation (Cronbach s alfa of 0.839) of the evaluative instrument that has demonstrated useful to the evaluation of the RMP, as well as other Public Programs of Maternal and Child Health. The domains that showed most influence in the implantation of the program was Consultation and Maternal Prevention, even though their scores after the implantation remained below the recommended, and Management, and the remaining domains little oscillated through the four years of study. Still, the 10th showed the best Evaluative Index after the implantation of the Program (76.85 in 2013), followed by the 17th, and the 9th didn t reach adequate values after the implantation of program (58.07). Conclusion: It s expected, first, that research instrument developed and validated can be replicated for evaluation of others Health Regions, as well as other maternal and child health programs. With regard the evaluation results of RMP, there is a fault in the registry of health information, which end up compromising the assessment of care quality. It is important to remember that implantation process of the Program is incipient and needs structural and implementation adjustments for exemple in the health professional qualification process, institucional contracts, netflux, to improve the quality of care provided to womem and children, with a view to achieving the goals proposed by the program throughout Parana State.
Keywords: Atenção Primária à Saúde
Redes de Atenção à Saúde
Saúde da mulher
Saúde da Criança
Políticas Públicas.
Primary Health Care, Health Care Networks, Women s Health, Children s Health, Public Policy.
CNPq areas: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: BR
Publisher: Universidade Estadual do Oeste do Parana
Sigla da instituição: UNIOESTE
Departamento: Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde
Program: Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Biociências e Saúde
Citation: FRANK, Bruna Regina Bratti. Evaluation of the implementation process of the Rede Mãe Paranaense in three ealth regional. 2016. 210 f. Dissertação (Mestrado em Biologia, processo saúde-doença e políticas da saúde) - Universidade Estadual do Oeste do Parana, Cascavel, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede.unioeste.br:8080/tede/handle/tede/669
Issue Date: 20-Nov-2016
Appears in Collections:Mestrado em Biociências e Saúde (CVL)

Files in This Item:
File SizeFormat 
BrunaFrank.pdf3.37 MBAdobe PDFView/Open Preview


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.